...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

Sexta-feira, 17 de Dezembro, 2010
No mesmo dia em que ficou a conhecer que os polacos do Lech Poznan são o adversário dos dezasseis avos de final da Liga Europa, o Sp. Braga enfrenta hoje á noite, a partir da 20:15h com transmissão na Sporttv, a Académica. Um adversário que vem ferido no seu orgulho depois da humilhante derrota (1-5)perante o seu público, no jogo em atraso da jornada anterior frente ao Marítimo do Funchal. Porém, para os bracarenses trata-se de uma oportunidade única não só de ultrapassar o seu adversário directo, neste momento com mais um ponto na tabela classificativa, mas também para voltar ás posições cimeiras e retomar o caminho das vitórias depois de três derrotas, curiosamente em três competições diferentes: 3-1 com a U. Leiria para a Liga portuguesa, 2-0 com os ucranianos do Shaktar Donetsk no último jogo da fase de grupos da Champions League e com o Benfica (2-0) para a Taça de Portugal. Tem a voz os pupilos de Domingos Paciência que não hão-de querer perder soberana oportunidade de retomar ás vitórias e quebrar com a malapata que os tem perseguido... É também uma oportunidade de ouro de fechar da melhor maneira o ano futebolístico deste ano pois a bola só volta a rolar nos relvados em Janeiro de 2011, depois das festas de Natal e Ano Novo. Apesar de certamente ainda não poder contar om algumas pedras basilares mercê das lesões e castigos, de certo que quem se apresentar no "onze" inicial vai dar tudo por tudo para oferecer uma prenda de Natal aos seus aficionados em forma de vitória. Por isso que terminem com o pé direito este ano e comecem da mesma forma o próximo que se quer recheado de sucessos á semelhança do que aconteceu na última temporada onde conquistaram a vice liderança da Liga e lutaram pelo ceptro nacional até ao último minuto desta competição com o Benfica. Boas festas são o desejo deste blogue e que o ano de 2011 seja próspero para todos. BOAS FESTAS!
sinto-me:
música: vamos lá cambada... para a vitória
publicado por carlitos às 18:37

Não se pode dizer que o sorteio da Liga Europa para o 16/avos final foi madrasto. Se depois de dois sorteios em que a sorte nada quis com os bracarenses mas mesmo assim conseguiram passar á fase de grupos da Champions League (Celtic Glasgow e depois Sevilla que permitiu aos bracarenses fazerem história ao entrarem pela primeira vez na fase de grupos da prova máxima da UEFA), hoje as bolinhas da sorte sorriram ao clube minhoto pois atrevemo-nos a referir que entre os possiveis adversários os polacos eram os "mais apetecidos" isto teoricamente falando como é óbvio, pois agora tem que se mostrar o favoritismo que lhes é dado no papel, em campo nos 180 minutos (pelo menos) da eliminatória. Isto depois deste clube de leste ter deixado pelo clube a vechia signora, a Juventus e o Salzburgo da Áustria , tendo ficado atrás dos ingleses do Manchester City, no grupo A da LIGA EUROPA. De referir que depois desta eliminatória o vencedor terá de enfrentar o vencedor da partida entre Livepool e Sparta de Praga e aí caso sejam os ingleses os adversários é que o grau de dificuldade será outro apesar da equipa da cidade do Beatles últimamente ter participado nesta competição ao invés da C.League mas mesmo assim tem nas suas fileiras dezenas de jogadores internacionais AA pelos seus países, entre eles o ex-porista Raúl Meireles Em relação ao actual adversário, os polacos da cidade de Poznan, uma das mais importantes da Polónia, ocupa após 15 jornadas um modesto décimo lugar, correspondente a 5 vitórias 4 empates e 6 derrotas com 18 marcados e 14 golos sofridos. Costuma jogar no estádio Miejski com capacidade para 44.000 lugares e possivelmente na altura do jogo os bracarenses se livrem pelo menos do mais rigoroso inverno, visto ser em Fevereiro. Pior se fosse antes. De nome completo Kolrjowy Klub Sportowy Lech Poznan SSA, tem o azul como cor predominante do equipamento, e num plantel onde predominam os polacos, realce para a Bósnia, e Sérvia com dois jogadores representantes do clube e depois com um jogador aparece a Letónia, Croácia, Colômbia, Eslováquia, Bielorússia, Panamá e Holanda Tem como treinador o bem conhecido (enquanto jogador) José Mari Bakero). É uma ano mais novo que o grémio bracarense. Depois do sorteio o manager bracarense, Fernando Couto classificou o sorteio como óptimo atendendo ás possibilidades que o Braga podia enfrentar nesta fase da competição. Bastante díficil de enfrentar em sua casa perante um público ferveroso. Apesar de poder vir a ser complicada a passagem á eliminatória seguinte. Resta agora não sairem defraudadas as expectativas. É que nos dois anteriores sorteios em que surgiu como equipa fácil para os seus adversários, os já citados Celtic e Sevilla, conseguiu calar a europa do futebol, agora que aparece claramente como favorito, não vá o diabo tecê-las e tornar-se numa formação capaz de deitar por terra as aspiraçoes bracarenses. Acreditamos que não e podemos ir pensando como jogar perante nomes com Pepe Reina, Konchesky ou Carragher, Agger, Kyrgiakos, Steven Gerrard, Joe Cole Maxi Rodriguez ou o português Raúl Meireles ou ainda a frente de ataque composta pelas estrelas da companhia, el niño Fernando Torres, Kuyt, Jovanovic ou Lucas (dá realmente que pensar e mete respeito esta equipa). Pode ser entretanto que o seu adversário (Sparta de Praga) consiga uma gracinha e seja ele o adversário do Sp. Braga. Pelo menos teoricamente era capaz de ser muito mais acessivel e mais fácil chegar ás meias finais o que seria, a acontecer, a mais bela página da história do clube bracarense. Mas de momento baterias apontadas aos polacos, muita fé e concentração de molde a que o Axa, ultrapassado este obstáculo possa de novo observar "ao vivo" grandes nomes do futebol mundial, no caso de defrontarem - como é de esperar - o Liverpool. Eis o quadro completo dos 16/avos com a 1ª mão a 17 de Fevereiro de 2011 e a 2ª mão a 24 do mesmo mês: 1/16 de Final 1 Napoli - Villarreal 2 Rangers - Sporting 3 Sparta Praha - Liverpool 4 Anderlecht - Ajax 5 Lech Poznań - Sp. Braga 6 Besiktas - Dynamo Kyiv 7 FC Basel - Spartak Moskva 8 Young Boys - FC Zenit 9 Aris - Man. City 10 PAOK - CSKA Moskva 11 Sevilla - FC Porto 12 Rubin Kazan - Twente 13 Lille - PSV 14 Benfica - VfB Stuttgart 15 BATE - Paris SG 16 Metalist - B. Leverkusen Oitavos-de-Final W14 - W15 W6 - W9 W12 - W8 W10 - W11 W13 - W2 W16 - W1 W4 - W7 W3 - W5

sinto-me:
música: Hino do Sp. Braga
publicado por carlitos às 16:53

Quarta-feira, 15 de Dezembro, 2010
Portugal manteve-se no oitavo lugar na última lista de 2010 do “ranking” da FIFA, que fechou com a liderança da Espanha, campeã europeia e mundial de futebol, e com a subida da Alemanha ao último lugar de honra. Aliás é este o facto que merece mais realce entre os 10 primeiros A lista dos 20 primeiros merece ainda destaque a subida de 6 lugares para a selecção dos USA. 1 Espanha 1887.0 1920.0 2 Holanda 1723.0 1718.0 3 Alemanha 1485.0 1 1489.0 4 Brasil 1446.0 -1 1493.0 5 Argentina 1338.0 1353.0 6 Inglaterra 1195.0 1250.0 7 Uruguai 1152.0 1174.0 8 Portugal 1090.0 1102.0 9 Egipto 1078.0 1 1047.0 10 Croácia 1075.0 -1 1098.0 11 Grécia 1016.0 1043.0 12 Noruega 995.0 1004.0 13 Rússia 982.0 1003.0 14 Itália 965.0 995.0 15 Chile 950.0 1 929.0 16 Gana 908.0 1 903.0 17 Eslovénia 897.0 -2 958.0 18 Estados Unidos 867.0 6 847.0 18 França 867.0 3 852.0 20 Eslováquia 854.0 -2 866.0 Já no que a clubes diz respeito, os Portugueses quando ainda falta uma jornada da Liga Europa são neste momento dos mais pontuados, acontecendo já o facto de ter-mos mais pontos que em finais de muitasépoca o que por si, mostra quão brilhante tem sidi até ao momento a participação dos clubes, neste momento 4 que o serão em 2011 na conquista da L.E. Até ao momento foi a equipa do Sp. De Braga quem mais colaborou mercê não só das três vitórias conseguidas na Liga dos Campeões como de igual número de vitórias na pré eliminatória. A isto acresce mais alguns pontinhos pela passagem a fase de grupos. Aqui fica o quadro dos 10 primeiros países e seus representantes: 1 Inglaterra 2/7 16.6250 17.8750 15.0000 17.9280 10.5000 77.9280 2 Espanha 4/7 19.0000 13.8750 13.3120 17.9280 9.2140 73.3290 3 Alemanha 3/6 9.5000 13.5000 12.6870 18.0830 10.8330 64.6030 1 4 Itália 4/7 11.9280 10.2500 11.3750 15.4280 8.0000 56.9810 1 5 França 2/6 10.0000 6.9280 11.0000 15.0000 7.5830 50.5110 6 Portugal 4/5 8.0830 7.9280 6.7850 10.0000 9.4000 42.1960 3 7 Rússia 4/6 6.6250 11.2500 9.7500 6.1660 7.7500 41.5410 1 8 Ucrânia 3/6 6.5000 4.8750 16.6250 5.8000 6.4160 40.2160 1 9 Holanda 5/6 8.2140 5.0000 6.3330 9.4160 7.5000 36.4630 1 10 Turquia 1/5 6.1000 9.7500 7.0000 7.6000 4.2000 34.6500 1 Finalmente o ranking IFFHS, o ranking dos maiores clubes divulgado mensalmente pela IFFHS e reconhecido pela FIFA. Esse ranking, criado em 1991, leva em consideração os resultados de todos os clubes nos últimos 365 dias. No último dia do ano a instituição faz o fecho anual divulgando o ranking dos clubes que mais pontos ganharam em todo o ano. Portanto vamos esperar mais alguns - poucos - dias para saber a "sentença" para os clubes portugueses melhores classificados. Enquanto o último dia do ano não chega ficamos com o mais recente ranking: 1 Barcelona 301.0 1 297.0 2 Internazionale 297.0 -1 303.0 3 Bayern München 264.0 262.0 4 Estudiantes 239.0 3 233.0 5 At. Madrid 236.0 1 234.0 6 Man. United 235.0 5 210.0 6 Chelsea 235.0 -2 238.0 8 Liverpool 230.0 -3 237.0 9 Real Madrid 222.0 -1 222.0 10 Internacional 217.0 -1 221.0 11 Roma 216.0 6 200.0 12 Anderlecht 213.5 -3 221.0 13 Valencia 207.0 11 189.0 14 Cruzeiro 203.0 203.0 15 São Paulo 199.0 1 201.0 15 Libertad 199.0 202.0 17 FC Porto 198.5 -4 203.5 18 Lille 192.0 9 184.0 19 Lyon 191.0 196.0 19 Corinthians 191.0 10 179.0 ... Pos. Equipa Pontos Outubro/10 36 Benfica 175.0 2 171.5 46 Sporting 165.5 -8 171.5 53 Sp. Braga 157.5 32 132.5 200 Marítimo 91.5 3 90.0
publicado por carlitos às 13:54

Domingo, 12 de Dezembro, 2010

 

 

Com uma equipa de recurso (não, não quero fazer disto desculpa) onde metade da equipa esteve ausente, o Sp. Braga perdeu esta noite no estádio da Luz por duas bolas a zero em jogo dos 1/16 finais que esteve para ser jogado á alguns dias atrás no fim de semana da cimeira da NATO, mas que por esse facto (segurança) teve de ser jogado hoje. Uma vitória feliz pois no jogo jogado qualquer equipa podia sair vencedora tal o equilibrio patentado. Porém um golo de Saviola, aos 37 minutos num lance que já não se usa, através de um lançamento de linha lateral começou por deitar por terra o sonho de sair vencedor de Lisboa. O segundo da autoria de Pablo Aimar já em periodo de descontos ditou injustiça no placard. Um jogo cauteloso pois era a eliminar e qualquer erro podia ser fatal, como aconteceu no lance do golo de Saviola. Continua assim a malapata bracarense na casa dos encarnados com apenas uma vitória em todo o seu historial. Assim depois de 45 minutos jogados taco a taco em que sobressairam algumas exibições de jogadores do Sp.Braga mormente Sílvio, Guilherme e Artur que parece vai lutar mano a mano com Felipe mercê de mais uma exibição segura apesar dos golos sofridos, sem culpa, diga-se em abono da verdade. Objectivo falhado pelo Sp. Braga que há 12 anos não chega ao Jamor, mas como referiu Domingos equilibrio foi predominante faltou uma pontinha de sorte algumas acções do árbitro - sobretudo no segundo amarelo que não foi mostrado a Maxi Pereira e a David Luís, jogar com menos jogadores podia ser mais fácil possivelmente chegar a outro resultado. A verdade é que mesmo o encostar da mão na face do adversário costuma mandar o prevaricador para fora de jogo mas hoje não foi o caso. Foram dois lances mal ajuizados por Carlos Xistra pois foi indiscutivel o lance de D. Luís na face de Alan e mesmo a entrada por trás á margem das leis de M.Pereira devia dar segundo amarelo. Enfim mais do mesmo! O Sp. Braga revelou ainda algumas dificuldades em chegar á baliza de Júlio César mas as poucas que conseguiu criou perigo, obrigando numa delas o brasileiro a arrojar-se para evitar memso na linha de golo o tento arsenalista. Realmente a ausência de jogadores fulcrais no xadrez da equipa - apesar de, como referimos mais uma vez, os substitutos estiveram á altura, mas o perfume não é óbviamente o mesmo, fez-se sentir. Foram-se os anéis, agora vamos continuar a lutar pelo campeonato e pensar já no jogo da próxima sexta-feira, frente a um adversário este ano directo como é o caso da Académica. Das quatro competições, em abono da verdade a Champions não era objectivo chegar á final, mas pode ser que a Liga Europa traga algo de bom para as hostes bracarenses, para já continua-se a acreditar que esta equipa ainda vai dar uma (ou mais) alegria aos seus sócios, adeptos e simpatizantes. Vamos esperar pela Taça da Liga onde mediremos forças com os amigos de Guimarães num duelo sempre digno de ser visto. Creio que passado esse obstáculo e não querendo menosprezar os outros adversários, no caso P. Ferreira e Arouca a final fica mesmo ali á mão. Depois é esperar por um jogo onde o campo não esteja como de costume inclinado para um dos lados. A cereja em cima do bolo era uma final entre minhotos: um SCBraga vs Gil Vicente. Isto para além do campeonato onde ainda temos uma palavra a dizer. Nada está perdido, pois estamos a poucos pontos de distância quer do lugar que ocupamos a época passada no final, quer dos lugares eufeiros, por isso nada de lastimar o que ainda pode ser remediado com bons resultados. Mais uma vez não querendo usar qualquer tipo de desculpa - jamais o farei nestas colunas - a verdade é que o Sp. Braga é o grémio que mais jogos tem nas pernas neste momento, mas eu também não queria o contrário pois época após época com andanças habituais quer na C.League quer na L.Europa ou nas taças domésticas e Liga, o hábito há-de fazer o monge e mais cedo ou mais tarde teremos uma cultura de jogar duas vezes por semana que vai tornar as coisas mais fáceis e por isso mais fácil chegar aos troféus em jogo. Assim nascem e crescem as grandes equipas, pois mesmo as que estão habituadas a esse ritmo de dois ou mais jogos por semana nem sempre aguentam o ritmo e fazem o minimo exigivel. Por isso haja calma que atrás do tempo o tempo vem...

publicado por carlitos às 23:12

 

Foi lançado no passado dia 7 de Dezembro um livro em Braga, publicado por autores bracarenses, sobre a história do aparecimento do futebol na cidade. Sob o título“A história da ‘bola’ em Braga 1908-1947”, o livro, com autoria de João Nogueira Dias e Evandro Lopes,e prefácio de Luís Freitas Lobo, conhecido comentador de TV e neto de Celestino Lobo, um dos fundadores do Sp. Braga retrata o contexto desportivo bracarense no início do século XX, e ao mesmo tempo dá a conhecer o aparecimento dos primeiros clubes de futebol de Braga, com particular relevo para o percurso do Sporting Clube de Braga, desde a fundação até à subida à I Divisão Nacional, na época 1946/47. O livro tem ainda fotos inéditas. O lançamento deste livro como referimos aconteceu no pretérito dia 7 de Dezembro, às 16 horas, no Café Bar Zero 53, numa sessão para a comunicação social. Ainda na área literária, Karl, um nome que consta entre muitos outros do fórum do site superbraga.com teve a brilhante ideia de pegar no nome Sp. Braga e a partir dele criarem textos cujo tema pode variar desde um simples jogo que tenha ficado na memória, até um acontecimento colateral ao jogo mas que diga respeito aquele clube. Tal como se depreende das suas palavras Um livro para o Natal - Um presente para todos os fãs de Braga Se toda a gente escreveu 500 palavras sobre o melhor jogo de Braga que já vi que nós poderíamos fazer um grande livro para o Natal. Se alguém estiver interessado por favor envie um email para karlbragaceltic@hotmail.com Português, Inglês, Espanhol, Francês ou qualquer outra língua que você preferir. Se alguém tiver alguma idéia por favor me envie um e-mail A book for Christmas - A gift for every fan of Braga If everybody wrote 500 words about the greatest Braga game they ever saw we could make a great book for Christmas. If anybody is interested please send an email to karlbragaceltic@hotmail.com Portuguese, English, Spanish, French or whatever language you prefer. If anyone has any ideas please send me an email para fora de casa, boas lembranças de momentos engraçados que aconteceram, as lembranças de jogadores do passado, reunião com os jogadores dirigentes e presidentes, os problemas em jogos, grande objetivos, problemas de arbitragem, os fãs de boa distância, os fãs mal e, como muitos temas diferentes quanto possível. Fotos seria apreciada e histórias de pessoas que vivem no estrangeiro apoio Braga seria fantástico. Você não tem que ser um escritor ou ser especialmente dotado para a escrita. Você pode enviar-me que os artigos (500-750 palavras) antes do dia 15 de novembro.(alteração na data, até final de Dezembro) por isso amigos braguistas, mãos à obra!

publicado por carlitos às 20:08

Adiado para hoje, dia 12 de Dezembro, devido á realização em Lisboa, da cimeira da NATO, na data prevista para esse jogo, a Luz vai receber duas equipas com estados de espirito diferente: Se ambos veem de uma derrota na Champions, o Benfica em casa frente ao Shalke 04 por 1-2, o Sp. Braga na Ucrânia por 2-0 mas com a atenuante de estes terem lutado até ao último minuto por uma presença nos 1/16 de final da C-League e terem alcançado o 3º lugar, mas mais que isso conseguirem ser cabeças de série, ao contrário do seu opositor que apesar de igual classificação não vai sair como cabeça de série, o que pode por si trazer alguns amargos de boca para as hostes benfiquistas. Isto por si só pode trazer nuances a um jogo que se pretende vivo e jogado a bom ritmo com bons executantes e uma plateia a condizer. Ao vencedor já é conhecido o seu adversário que será o Olhanense. Os bracarenses apresentam-se com várias baixas sendo a última, Lima, cuja rutura no ligamento lateral interno do joelho esquerdo vai fazer com que pare um mês, no mínimo e por isso apareça nos relvados apenas em 2011. Mas pode-se juntar mais nomes como Felipe que apesar de operacional deverá dar o seu lugar a Artur que tem merecido a confiança de Domingos, o "xerife" Moisés esteio do centro da defesa, Miguel Garcia, Mossor´e Matheus a cumprirem castigo e Vandinho e Pauilão que se juntam aos citados Lima e Moisés. Mas nada que tire o sono aos responsáveis arsenalistas que descem até à capital com um único objectivo: continuar em prova para dessa forma tornar realidade um dos sonhos para esta época: erguer a taça de Portugal no anfi-teatro do Jamor. E para que se volte a viver o sonho de 1966 quando o Sp. Braga venceu o Setúbal com golo de Perrichon. Uma atitude competitiva acima da média por parte dos seus pupilos é o que espera o jovem treinador Domingos Paciência. Apostamos no seguinte escalonamento: Artur Sílvio Rodriguez Anibal Elderson Andrès Madrid Luís Aguiar Salino Alan Élton Paulo César
publicado por carlitos às 19:33

Terminadas as emoções da primeira participação do Sp. Braga na mais prestigiada competição da UEFA, a Champions League, o balanço é bastante positivo, com os bracarenses a conseguirem um pecúlio de 9 pontos (o Milan passou á fase seguinte com...8 pontos), 9 pontos resultantes de 3 vitórias que encheram os cofres arsenalistas com mais 2,4 milões de euros. Depois de um inicio confrangedor com duas derrotas volumosas, em Londres,no Emirates Stadium, casa do Arsenal FC, por 6-0, no Axa, com os ucranianos do S. Donetsk, por 0-3. Depois o Sp. Braga embalou para três vitórias consecutivas: em Braga com os sérvios do Partizan de Blgrado- desta vez não houve "tiroteio" do guarda-redes Stojkovic- por 2-0, na Sérvia, num ambiente infernal ao qual o Sp. de Braga já está vacinado, triunfo por 1-0 e nota das notas quiça o maior resultado europeu do Sp. Braga, vitória no Axa por duas bolas a zero perante o seu homólogo de Londres e com a equipa principal e não com reservas como muitas vezes acontece, com Matheus a ser a estrela de uma noite de estrelas ao marcar os dois golos nos últimos 10 minutos. E com o último a encher as medidas dos olheiros de clubes europeus de topo. Aliás esta participação na CL com a obtenção da terceira posição faz com que os arsenalistas sigam para a Liga Europa onde serão cabeças de série, ao contrário dos campeões nacionais, oaBenfica, que com os seus 6 pontos e igual posição atreve-se a ver atravessar-se no seu caminho uma das equipas oriundas da CL com melhor quoficiente (Ajax,Spartak Moskva...) ou então uma das equipas que ficar em 1º lugar na sua série. Já o Sp. Braga, mercê dessa posição pode calhar em sorte de igual modo equipas da Champions mas com pior quoficiente: Basel,Rubin Kazan... ou um dos segundos classificados da Taça Europa. Prémio mais que merecido para uma equipa que em pleno Verão já tinha surpreendido a Europa do futebol ao derrotar de forma convincente o Celtic de Glasgow com 3-0 no Axa e derrota tangencial na Escócia por 2-1 e com uma maior surpresa, mas só para quem não viu ou andou distraido, o todo poderoso espanhol Sevilha fresquinho na vitória da Taça do Rei e que nos anos recentes vencera por duas vezes a Taça Uefa e Supertaça Europeia. Duas vitórias, com 1-0 em Braga (Matheus, mais uma vez) e 4-3 na capital Andaluza (com magnifico haktric de Lima e um do habitué Matheus). Esperemos pela próxima semana para ver no que dá em sorte as bolinhas no Fórum do Mónaco mas de uma coisa temos já certeza; em Fevereiro continuamos a ter europa em Braga e quem sabe será á terceira que chegamos aos quartos final depois de Werder Bremen e Paris Saint-Germain terem impedido esse desiderato. Com o actual plantel e a abertura próxima do mercado de inverno para colmatar eventuais saídas ou uma ou outra posição que ainda não tenha dado tudo ou tenha gorado as expectativas e por causa das malditas lesões que teimaam em assolar o plantel vermelho e branco, é de ter esperanças em mais uma boa campanha. Verdade é que actualmente os minhotos são a equipa que maior pecúlio em pontos tem amealhado para Portugal para o ranking da UEFA o que só beneficia o futebol português que dessa forma dentro de dois anos pode (e deve) voltar a ter 3 equipas na Champions - duas com entrada directa - e três na L.Europa, em detrimento de ucranianos e russos pois os romenos já não pertencem a estas contas. Resta rezar por más prestações dos clubes de leste e por outro lado que as quatro equipas nacionais em competição façam o seu serviço, traduzido em vitórias. Parabéns a toda a estrutura bracarense a começar na equipa técnica e Direcção e a acabar nos verdadeiros obreiros desta façanha; os jogadores.

publicado por carlitos às 19:05

Sábado, 11 de Dezembro, 2010

 

Aí está o sorteio completo dos 4 grupos (acontece pela primeira vez!!!)

com as 16 equipas que no primeiro mês de 2011 vão competir por um lugar na final.

Como referimos na primeira linha do texto vai ser a primeira vez que as equipas vão estar espalhadas por 4

grupos, ao contrário do que aconteceu nas edições anteriores desta nóvel competição da Liga de clubes.

Se até o ano passado foram cabeças de grupo os três grandes, porque ficaram nos três primeiros lugares da classificação este ano tal nunca seria possivel pois o SCBraga sagrou-se vice-campeão e por isso seria um dos cabeça de série.

Só que como um dos grandes, por ter ficado fora do pódio, neste caso o Sporting, se fosse como nas edições anteriores nunca podia ser, por esse motivo, cabeça de grupo, pelo que teria, obrigatóriamente que enfrentar um dos 3 grandes, ou o SCBraga. Por esse facto seria previsivel que os sportinguistas não conseguirião tão fácilmente o primeiro lugar pelo que nas meias finais já não podia competir o que ficava mal para os cofres daq Liga. Asim, por isso. vai de aumentar os grupos em mais um e esperar que impere o sonho daqueles senhores: ver os três grandes mais um clube a lutar por um lugar na final. É por factos e tomadas de atitude deste género que não podemos estar satisfeitos nem ver seriedade neste organismo que tem pouco tempo de existência em tempo e em termos de na Direcção. Vamos esperar para ver oq ue vai acontecer para o ano se se mantém este esquema de 4 grupos (eu aposto que sim) ou se volta á velha fórmula (hummmm):

 

Vaticinou-se e comentou-se logo nas ruas que se não tivesse havido alteração podia-se esperar por um FCPorto x Benfica e um SCBraga, por exemplo com o Sporting e nesse caso não era necessáro tamanha aldrabice. Como se o povo só acompanhasse o futebol português e os seus meandros á apenas meis dezena de dias. assim como querer atirar areia para os olhos.

 Acredito piamente que se não tivessem tocado no regulameno só ficava a ganhar o futebol e a competição e até aposto que podia-o o ser financeiramente. Um exemplo? Já que o SCBraga era cabeça de grupo e por esse facto ser ele mais um (o que não aconteceria na versão três grupos, em que seria a fórmula um dos 3 grandes mais um). Mas no caso do SCBraga, clube que lhres deu cabo das contas, como priviligiado podia calhar em sorte para as meias finais um derby minhoto. Jogo capaz de trazer até ao Axa uns bons milhares de adeptos. Em comparação com outro jogo que podia ser um Sporting (como vencedor de um dos 3 grupos, pois estamos nesta hipótese)... Oliveirense. Apostam que havia maior probabilidade de haver mais assistência no Axa?

Só por este facto aqui fácilmente exemplificado é que podemos dizer que eles não souberam disfarçar, certamentec nem lhes passou pela cabeça tal facto, trataram foi de "oferecer" 3 dos 4 grupos ao triunvirato do costume.

Enfim, pose ser que lhes saia o tiro pela culatra.

Tem a palavra e oportunidade entre outros 13 concorrentes o SCBraga, dono e senhor de um lugar como cabeça dee grupo.

Paa consultar fica aqui o quadro desse sorteio da fase de grupos:

2ª Fase de Grupos

Grupo A
 EquipaJVEDGMGSP
1 PortugalBeira-Mar 0 0 0 0 0 0 0
2 PortugalFC Porto 0 0 0 0 0 0 0
3 PortugalGil Vicente 0 0 0 0 0 0 0
4 PortugalNacional 0 0 0 0 0 0 0
Grupo B
 EquipaJVEDGMGSP
1 PortugalBenfica 0 0 0 0 0 0 0
2 PortugalDesp. Aves 0 0 0 0 0 0 0
3 PortugalMarítimo 0 0 0 0 0 0 0
4 PortugalOlhanense 0 0 0 0 0 0 0
Grupo C
 EquipaJVEDGMGSP
1 PortugalP. Ferreira 0 0 0 0 0 0 0
2 PortugalSp. Braga 0 0 0 0 0 0 0
3 PortugalV. Guimarães 0 0 0 0 0 0 0
4 PortugalArouca 0 0 0 0 0 0 0
Grupo D
 EquipaJVEDGMGSP
1 PortugalSporting 0 0 0 0 0 0 0
2 PortugalNaval 0 0 0 0 0 0 0
3 PortugalPenafiel 0 0 0 0 0 0 0
4 PortugalEstoril Praia 0 0 0 0 0 0 0

 

publicado por carlitos às 17:30

 

Puseram-lhe o nome de Sporting Clube de Braga, como nome de Celestino Lobo á cabeça,

apesar de pensado e fundado sobretudo por benfiquistas e sportinguistas (daí o nome “sporting”

e o primeiro equipamento ser de cor verde). Só mais tarde com o mui iluminado Senhor Szabo

que tendo assistido a um jogo do Arsenal de Londres trouxe a ideia do equipamento vermelho

com mangas brancas cá para o burgo. No fundo acabou, mesmo não tendo sido essa a sua

ideia, por apaziguar ou para não ficarem uns a rir (sportinguistas que tinham o nome a a cor

verde de seu lado) e outros a chorar (benfiquistas, que assim desse modo passaram a ver os

jogadores do clube de indumentaria vermelha... e branca)

Fundado o clube – mais recentemente esta tematica veio a lume pela imprecisão temporal sobre

a data da sua fundação. Uns ditam o 19 de Janeiro do ano de 21 outros recuam alguns anos no

tempo e situam a nascença em 1914, Enfim, acredito que acabará por imperar o bom senso e

como estamos numa época em que tudo é possivel descobrir mesmo que se tenha de ir bem

fundo nas entranhas do arquivo distrital ou se encontre um ou outro documento que mostre a

real fundação não será um numero que vai agora marcar discordancia, antes estejam todos de

acordo para que num ou noutro caso não se trate levianamente o assunto quanto mais não seja

pela memoria de uns e outros que estiveram de corpo e alma na fundação deste grande clube.

E se o clube teve essa particularidade da cor do equipamento, da numenclatura, continua a ser

um grémio sui generis no que a sua(s) Sede(s) diz respeito, com a mesma a aparecer ao longo

dos anos em vários locais da urbe (av central, Largo S.João, Teatro Circo, Largos de

S,Francisco ou Barão S. Martnho R.S.Marcos, Rua dos Chãos, Campo da Vinha, Imaculada

Conceição ou Estádio 1º de Maio.

O mesmo aconteceu com o seu campo de jogos. Ditam textos da época que foram város os

locais escolhidos para palco dos jogos do nóvel clube da cidade. O campo das Goladas, na

freguesia de S. Victor, provavelmente próximo do actual pavilhão com o mesmo nome do

H.C.Baga, o campo do Liceu Sá de Miranda onde, segundo rezam as crónicas realizou-se o

primeiro jogo do SCB contra os lisboetas do Algés e Dafundo, Seguir-se-ia o campo do Raio que

arrastou verdadeiras multidões e depois de ultrapassada a primeira de muitas crises o campo

da Ponte cujo primeiro adversário seria o Vianense e posteriormente o 1º de Maio. Mas são

inúmeras as narrações que citam mais locais que serviram de campo de jogos do SCB. Estes

aqui citados serão os mais importantes pelas datas a que diziam respito e que conferiam

mudanças no clube.

Conforme se alterava o recinto de jogos assim se mudava a Sede e isto não aconteceu uma nem

duas vezes. Por exemplo quando o clube passou a jogar no campo da Ponte mudava-se a Sede

para a Rua de S.Marcos.

Infelizmente hoje ainda não podemos dizer que temos uma Sede de acordo com a grandeza

entretanto alcançada pelo clube. Há equipas de divisões inferiores que podem não ser tão

competitivas como o “nosso” Braguinha mas orgulham-se de ter como património um imóvel

próprio sem ter que andar de candeias ás avessas nem com a casa (a Sede, neste caso) ás

costas. É triste mas também é verdade. E se é prioritário para a ctual presidência uma

Academia que seja geradora de valores humanos e desportivos também não será descabido

colocar como “urgente” este assunto. Com tantos imóveis a cair de podre espalhados pela

cidade não era altura de, por exemplo a Britalar meter mãos a obra e transformar um qualquer

prédio que já tenha destino marcado – derrocada ou abandono - e ve-la transformada em

“casa” própria do clube que seja o orgulho dos braguistas «onde podemos visitar o museu com

os trofeus conquistados e ver a historia do clube em galerias?» No caso concreto serve bem o

provérbio em casa de ferreiro espeto de pau (A.Salvador é um dos senhores d Britalar).

Depois disto podemos fazer longas tertulias em volta deste assunto e anexar o facto de termos

dois dos mais belos estádios do pais. Um apesar de simbolo do Estado Novo, foi palco de tardes

e noites de glórias viu crescer um clube nacional e internacionalmente, o outro já deste século.

obra prima de Souto Moura e vencedor de vários prémios, pesar de não ser consensual nem do

agrado de todos que preferiam um estádio em estilo anel (finalmente pois o 1º de Maio ou 28 de

Maio se quiserem também não era completamente “fechado” por vias da maratona)

Assim, apesar de possuir dois estádios jamais a cidade teve (ou terá) um estádio digamos,

normal.

Mas isto tambem são contas de outro rosario.

Numa altura em que nos prestamos a comemorar os 90 anos – se entretanto nada de

extraordinário acontecer e antecipar no tempo o centenário - convem homenagear alguns homens

que muito deram pelo clube e se tornaram tambem eles em grandes nomes do dirigismo

desportivo. De João Oliveira- primeiro presidente - ou Durval Morais ou Manuel Esmeriz..

De Antunes Guimarães, Dr. Felicissimo Campos – um dos maiores nomes que serviu o clube -

ou Lto de Almeida ate Nuno Cunha o próprio Mesquita Machado ou João Gomes Oliveira ou

Antonio Salvador Rodrigues. Fizeram dum pequemo clube um grémio eclético hoje em dia

falado em todo o muindo sobretudo a partir da ultima década e que teve epilogo este ano com a

presença na CL.

E se escrevemos estórias á volta do nome das cores do clube de suas Sedes e dirigentes, mal

seria se não fosse mencionado o nome de alguns homens que tomaram o leme na condução dos

jogadores rumo ás vitórias. E nesse aspecto realce para Germano de Vasconcelos, Szabo, o tal

responsável pelas camisolas “á Arsenal”, Mestre Cândido de Oliveira, Mário Imbelloni, Rui

Sim-Sim, Fernando Caiado, Mário Lino, Fernando Caiado ou Juca (Júlio Sernadas), Quinito,

Humberto Coelho, Manuel José, António Oliveira, Manuel Cajuda Fernando Castro Santos,

Toni, Jesualdo Ferreira, Rogério Gonçalves, Jorge Costa, Carlos Carvalhal ou Domingos

Paciência,

A terminar os responsáveis máximos por o clube estar hoje no patamar que ocupa por direito:

Os jogadores que ao longo destes 89(?) anos pisaram os relvados dos vários palcos.

Sem querer ser injusto porque nisto de nomear A ou B pode-se esquecer até dos mais ilustres

mas cronologicamente de Alberto Augusto – primeiro internacional AA, Estêvão, Canário,

Baptista, Perrichon, .... os anos 70 e 80 responsáveis máximos pela minha paixão por este clube

e por isso mesmo posso alongar-me um pouco na lista de nomes como sejam os guardiões

Fidalgo, Valter, João (Pilas) Conhé Helder aos defesas Artur Joáo Cardoso, Mendes ou

Fernando, Dito – único jogador do clube com internacionalizações em todos os escalões-

Garcia, Guedes, os Serras Rolando Mundinho Jorge Gomes, Wando, Spencer, Nelinho, Vitor

Oliveira e Vitor Santos. os Chicos Gordo e o Faria, Canavarro até aos mais actuais Quim Rui

Coreia Ze Nuno Azevedo Toni, Odair Idalécio Artur Jorge, Nem, Sérgio, Barroso, Pedro Estrela

Karoglan ou Tony, Edmilson, Riva , Miklos Fehér ou deste século Paulo Santos, Eduardo, Jorge

Luiz, João Pereira u Evaldo, Vandinho ou Madrid, Mossoró, Meyong Zé, Limas, Alan. João

Tomás, Sílvio....

Claro que ficaram muitos por referir mas tornar-se-ia extenso mas nem por isso menos meritório,

mas o facto de um dia terem vestido a camisola do arsenal do minho nas suas mais variadas

versões so por si já atenua esta “culpa” que posso sentir por ter olvidado este ou aquele.

Fica para a história um clube intrinsecamnete ligado ás gentes desta cidade que viviu várias

crises de identidade e financeiras mas que com a carolice de uns aliada a sapiência em

administrar e vcongregar forças vivas da cidade, sempre ultrapassou os obstáculos e é hoje em

dia , á excepção de Porto Sporting e Benfica, a equipa com mais anos consecutivos de 1ª Divisão

pois outros emblemas históricos cairam em outras divisões como são caso disso o Belenenses,

Boavista ou Guimsrães-

Que seja para durar este recorde que será responsável a médio longo prazo por colocar o

SCBraga logo a seguir aos 3 chamados grandes. Aí sim, não haverá mais qualquer tipo de

dúvida sobre quem será o 4º de Portugal, desportiva, estatisticamente falando. Que a isto se

junte troféus para serem verdadeiros testemunhos dessa proeza.

E então TODOS os nomes para além dos que aqui não foram mencionados mas ligados ao

clube sentirão um orgulho capaz de transbordar os corações e sentirem o dever de missão

cumprida.

Assim seja.

Viba o Sporting Clube de Braga desde o tempo das camisolas bipartidas de verde e branco até

ao vermelho que serve de fundo ao emblema com os cinco castelos da sorte, Nossa Senhora do

Leite e as dua torres pilares que sustentam a força e carácter de um clube que conseguiu quebrar

barreiras sair da cidade e abraçar outras latitudes deste mundo.

Carlos Alberto Rodrigues

publicado por carlitos às 16:58

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
14
16

21
22
23
24

26
27
28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA
subscrever feeds