...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Sábado, 02 de Abril, 2011

O Sp. Braga alcançou esta noite o terceiro lugar, mesmo que á condição, depois da vitória alcançada frente ao Beira-Mar, em Aveiro, em jogo da 26ª jornada da Liga.

Depois deste triunfo os bracarenses somam 40 pontos mais 2 que os leões e mais… 7 que o Guimarães. Curiosamente ambas as equipas vão defrontar-se amanhã no Minho, numa partida de extrema importância para o desenrolar do campeonato ao qual o Sp. Braga estará atento às incidências do mesmo. Um empate seria certamente o resultado mais apetecido pois atrasava ambos os adversários, mas o que se pretende é que os leões não saiam vencedores dessa partida.

 Em relação ao jogo de Aveiro, mais uma vez houve apenas um sentido: o da baliza do Beira-Mar, pois a certa altura do jogo (para lá do meio da segunda parte) o Sp. Braga apresentava quase duas dezenas de remates contra apenas… dois dos aveirenses!

Domingos Paciência e seus pupilos certamente que queriam arrumar cedo a contenda atendendo sobretudo á desgastante viagem que vão fazer na próxima quinta-feira até à Ucrânia para defrontar o Dínamo de Kyiv em partida da primeira mão dos quartos-de-final da Liga Europa, no jogo mais importante dos últimos tempos para os bracarenses. A verdade é que apesar do domínio total da partida em todos os sentidos (ataques, remates, faltas ou cantos) seria o Beira-Mar a marcar contra a corrente do jogo por intermédio de Tatu que aproveitou a ausência dos centrais bracarenses… na zona central do terreno e apesar da baixa estatura conseguiu cabecear para as redes do desamparado Artur Moraes. Estavam decorridos 39 minutos e o golo para além de ter surgido na pior altura podia alterar o estado psíquico dos bracarenses para o segundo tempo. Tal não se verificou. Antes pelo contrário, ou seja, o Sporting de Braga voltou a tomar as rédeas do jogo com jogadas de perigo constante a rondar a baliza de Rui Rêgo apenas desperdiçadas pelos homens da frente, quer por Lima quer por Paulo César, que não sabiam aproveitar as assistências de mestre de Alan ou Ukra (quando este esteve em campo). Duas peças que estiveram perdulárias durante grande parte do jogo. Porém seria o segundo (P.César) a colaborar no golo do empate quando após um cruzamento no interior da área aveirense viu a bola ser desviada por Jaime para as as redes do colega Rui Rêgo traído pelo centro tenso. E não seria necessário esperar muito para ver mais um golo e novamente para o Sp. Braga, com a reviravolta no marcador através de um cruzamento de Alan na direita que encontrou o recém entrado Meyong em posição frontal á baliza para fazer de letra o segundo da equipa nesta noite. Até final ainda podia ter acontecido mais mexidas no marcador, sempre para o lado dos bracarenses, mas com uma boa gestão do tempo, jogando com o relógio a equipa da cidade dos arcebispos conseguiu levar de vencida esta partida bastante importante para os seus objectivos que foram precisamente alcançados esta noite.

 Realmente pela primeira vez os arsenalistas estão dentro do pódio depois de bem recentemente terem passado pelo sétimo e mesmo oitavo lugar. “Bastaram” quatro triunfos consecutivos para colocar a equipa Portuguesa que neste momento é merecedora dessa posição. Uma equipa que apresenta uma invejável frescura física e psíquica e que consegue de forma extraordinária o quarto triunfo consecutivo para a Liga, oitavo jogo sem perder no total das competições. Vem agora um compromisso que pode levar os Guerreiros do Minho a fazer mais uma vez história. Os próximos dias vão ser de estudo sobre o adversário ucraniano com o objectivo de darem mais uma alegria á massa adepta do clube e trazerem das terras frias da Ucrânia um resultado que os coloque em boa posição para seguir até às tão desejadas meias-finais da Liga Europa, onde pode encontrar o seu bem conhecido Benfica, caso consiga levar de vencida os holandeses do PSV Eindhoven. O Sp. Braga pode ainda a nível de I Liga conseguir mais um recorde esta época para o seu palmarés: o de maior número de golos marcados. A época passada ao atingir a marca de 48 golos conseguiam pela primeira vez o máximo de golos mas este ano esse pecúlio pode ser facilmente ultrapassado pois á falta de cinco jornadas o Sp. Braga já tem 41 marcados e a acreditar pela veia goleadora das últimas jornadas aquela marca pode ser deixada para trás. Na partida, nota de destaque para Miguel Garcia (ataca cada vez melhor), Alan (o pêndulo do costume) e Mossoró que veio dar maior frescura física e maior discernimento ao miolo do campo, sendo um dos artífices das jogadas de perigo – e Kaká que vai cada vez mais cimentando a sua posição ao lado de Paulão outro jogador que se fez adulto quando aproveitou as oportunidades com as duas mãos. Pelos vistos ao contrário de uns e outros. Mas enfim. O importante foram os três pontos que assim colocam pela primeira vez na época os bracarenses em lugar de pódio e agora que lá estão certamente não vão querer ser desalojados quando estão a entrar na recta final da competição. A ver vamos com a certeza que toda a equipa vai lutar até ao último segundo em defesa dos interesses da equipa. CAR

 

Liga
Beira Mar
Leandro Tatu - 40'
1 2
Jaime - 68' (autogolo)
Meyong - 70'
Sp. Braga
Beira Mar Sp. Braga
  • Ficha de jogo

 

 

Data: 02/04/2011
Estádio: Municipal de Aveiro
Jornada: 25ª jornada
Árbitro: Artur Soares Dias (AF Porto)
Auxiliares: Bertino Miranda e Joao Silva
4º árbitro: Augusto Costa
4x3x3   4x4x2
N.º Nome  
24 Rui Rego  
18 Pedro Moreira  
14 Jaime  
5 Hugo  
28 Renan  
13 Rui Sampaio  
20 Djamal  
9 Élio  
30 Leandro Tatu  
0 Yartey  
7 Artur  
 
N.º Nome  
1 Artur Moraes  
15 Miguel Garcia  
4 Kaká  
3 Paulão  
28 Sílvio  
30 Alan  
88 Vandinho  
45 Hugo Viana  
0 Ukra  
18 Lima  
9 Paulo César  
Suplentes
0 Ricardo Rocha  
6 Ruben Lima  
10 Sérgio Oliveira  
8 Wilson Eduardo  
11 Wang Gang  
23 André Marques  
1 Paes  
Treinador:
 
19 Meyong  
20 Elderson Echiejile  
8 Márcio Mossoró  
27 Custódio  
25 Leandro Salino  
10 Hélder Barbosa  
26 Marcos  
Treinador:
Substituições
56' Leandro Tatu substituicao Wilson Eduardo
72' Yartey substituicao Sérgio Oliveira
73' Élio substituicao Wang Gang
 
46' Vandinho substituicao Custódio
53' Ukra substituicao Márcio Mossoró
65' Hugo Viana substituicao Meyong
Disciplina
26' cartão amareloHugo
81' cartão amareloPedro Moreira
   
Golos
Ao intervalo: 1 - 0
1 - 0 40' Leandro Tatu
0 - 1 68' Jaime (autogolo)
0 - 1 70' Meyong

 

 

90' FINAL DO JOGO! Beira Mar - 1 Sp. Braga - 2. Reviravolta em dois minutos em Aveiro. O Beira-Mar saiu a ganhar para o intervalo mas um autogolo de Jaime e um golo de Meyong, de calcanhar, deram o triunfo ao conjunto de Domingos. O Sp. Braga é terceiro, à condição.
  90' Gang cruza na esquerda. A bola sai muito chegada ao primeiro poste, mas Artur não se deixa enganar e recebe com segurança.
  90' Vão jogar-se mais três minutos.
  88' Remate forte de Artur, ainda de longe. Passa ao lado.
  83' Mossoró ganha na esquerda e cruza para o segundo poste, mas a defesa aveirense evita que Meyong acabe com o jogo.
81' CARTÃO AMARELO para Pedro Moreira (Beira Mar ), por travar Lima quando este fugia pela esquerda.
  78' Gang atira por cima! Primeira acção do avançado recebendo na área um passe picado e rematando de primeira, por cima da baliza de Artur.
  76' NO POSTE!! Mais um cruzamento de Alan na direita, agora para o coração da área onde, vindo de trás, Meyong dispara forte. Rui Rego defende para o poste.
73' SUBSTITUIÇÃO Beira Mar . Sai Élio entra Wang Gang
72' SUBSTITUIÇÃO Beira Mar . Sai Yartey entra Sérgio Oliveira
70' GOOOOOOOLLLLLOOOOOOO!!! SP. BRAGA ! 1-2 por Meyong. Golaço! Novo cruzamento na direita, agora de Alan, e Meyong a deviar de calcanhar ao primeiro poste. Em dois minutos, o Sp. Braga vira o jogo!
68' AUTOGOLO! 1-1 por Jaime (Beira Mar ). Aí está o empate! Cruzamento largo na direita, Paulo César cabeceia ao segundo poste para o centro, onde aparece Jaime que não consegue cortar e acaba por introduzir a bola na própria baliza.
  66' QUE PERDIDA DE PAULO CÉSAR! Cruzamento na direita, Meyong falha o remate ao centro e a bola chega a Paulo César que estava nas suas costas. O brasileiro remata em jeito, mas por cima.
65' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Hugo Viana entra Meyong
  63' Livre de Hugo Viana, em boa posição. Sai por cima da baliza de Rui Rego.
  60' Rui Rego (Beira-Mar) defende com muita dificuldade um livre de Hugo Viana!
  58' Paulo César (Sp. Braga) por cima! Estava em excelente posição o avançado brasileiro.
56' SUBSTITUIÇÃO Beira Mar . Sai Leandro Tatu entra Wilson Eduardo
  54' Bom pontapé de Alan (Sp. Braga) para defesa segura de Rui Rego.
53' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Ukra entra Márcio Mossoró
  48' Ukra (Sp. Braga) fica a centímetros do desvio para golo!
46' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Vandinho entra Custódio
46' RECOMEÇA A PARTIDA
45' INTERVALO NA PARTIDA ENTRE Beira Mar e Sp. Braga. Um belo golo de Leandro Tatu perto do descanso dá a vantagem aos aveirenses, numa primeira parte calma para os guarda-redes.
  45' Um minuto de descontos.
  45' Que mal Yartey (Beira-Mar)! Tinha Leandro Tatu isoladíssimo na direita, mas preferiu driblar para a esquerda e a jogada nada deu!
  43' Remate de Paulo César (Sp. Braga) à entrada da área barrado por um defesa!
40' GOOOOOOOLLLLLOOOOOOO!!! BEIRA MAR ! 1-0 por Leandro Tatu. Belo lance! Artur chega à linha de fundo pela esquerda e cruza para a finalização de Tatu com a cabeça! O avançado é muito mais baixo do que os centrais minhotos, mas subiu com categoria ao andar de cima.
  39' Excelente corte de Jaime (Beira-Mar) após mais um centro de Alan.
  35' Artur Moraes (Sp. Braga) sai da baliza e agarra um passe de Élio.
  34' O Beira-Mar tenta ter mais posse de bola. Está a faltar alguma qualidade aos aveirenses no terço mais adiantado do terreno.
  29' Yartey (Beira-Mar) providencial! Alan podia criar perigo nesta jogada, após passe de Hugo Viana.
  27' Corte de Jaime (Beira-Mar) para canto, após bom centro de Alan!
26' CARTÃO AMARELO para Hugo (Beira Mar )
  25' Partida repartida, dinâmica, mas com poucas ocasiões de golo.
  20' Duas intercepções consecutivas de Kaká (Sp. Braga), a evitarem males maiores para a defesa arsenalista.
  17' Canto na esquerda e cabeceamento de Paulo César (Sp. Braga) contra o corpo de um adversário!
  15' Pedro Moreira (Beira-Mar) tenta isolar Yartey, mas a bola sai longa e morre nas mãos de Artur Moraes.
  13' Canto no lado direito do ataque do Beira-Mar, bem resolvido pela defesa minhota.
  9' Pontapé de Ukra (Sp. Braga), rasteiro e ao lado.
  5' Belo lance do Braga! Passe longo de Hugo Viana, recepção e assistência de Alan para Paulo César cruzar e Lima falhar ao segundo poste!
  3' Bom roubo de Hugo (Beira-Mar), quando Paulo César se preparava para criar perigo.
1' COMEÇA A PARTIDA ENTRE Beira Mar e Sp. Braga
  0' Aí estão as três equipas em campo. Tudo pronto para o pontapé de saída. Muitos adeptos do Sp. Braga, certamente mais de 1000.
  0' Termina o aquecimento. Grande ambiente na bancada dos adeptos afectos ao Sp. Braga.
  0' O árbitro Artur Soares Dias também já aquece. O Sp. Braga vai ter muito apoio nas bancadas. O topo sul começa a ficar pintado de vermelho.
  0' SP. BRAGA: Artur Moraes; Miguel Garcia, Kaká, Paulão e Sílvio; Alan, Vandinho, Hugo Viana e Ukra; Lima e Paulo César. Suplentes: Marcos, Elderson, Custódio, Salino, Meyong, Hélder Barbosa e Paulo César.
  0' BEIRA-MAR: Rui Rego; Pedro Moreira, Hugo, Jaime e Renan; Rui Sampaio, Djamal e Artur; Élio, Leandro Tatu e Yartey. Suplentes: Vicente Paes, Rúben Lima, Wilson Eduardo, Sérgio Oliveira, Wang Gang, André Marques e Ricardo Rocha.<br />
  0' JÁ HÁ EQUIPAS OFICIAIS!
  0' No Beira-Mar os principai ausente é Yohan Tavares, lesionado. Do lado do Sp. Braga, Rodríguez e Vinícius ficam de fora com problemas físicos.
  0' No Sp. Braga, a dúvida em redor da continuidade ou não de Domingos é o tema do momento. O técnico tem sido colocado constantemente na órbita do Sporting e terá de responder até quinta-feira à proposta de renovação que lhe foi feita por António Salvador.
  0' Na primeira-volta o Beira-Mar foi vencer a Braga por 2-3. Na altura, os aveirenses chegaram a estar a ganhar por 0-3 e os arsenalistas só marcaram na fase final do duelo.
  0' Os primeiros atletas avançam para o período de aquecimento.
  0' Os dois clubes atravessam fases muito positivas. Os homens da casa vêm de dois resultados positivos e ocupam um sólido décimo lugar, bem longe da zona de aflição. O Sp. Braga está numa série de três vitórias consecutivas e até eliminou o gigante Liverpool na Liga Europa. Os minhotos já só têm olhos para o pódio da Liga.
  0' Final de tarde muito frio em Aveiro, em contraponto com os dois anteriores dias de Verão quase perfeito. As bancadas coloridas ainda estão sem público. Relvado em bom estado.

 

COMENTÁRIOS:

 

Rui Bento, técnico do Beira-Mar, e Domingos Paciência, treinador do Sp. Braga, analisando o triunfo dos minhotos em Aveiro por 1-2, em declarações à Sport TV:

Rui Bento:

«Penso que o resultado aceita-se. Defrontámos uma boa equipa, os meus jogadores interpretaram na primeira parte o que pedi. Na segunda parte era normal o maior pendor do Braga. Faltou-nos ter bola, sair com mais precisão de trás. Não saímos bem em ligação e não tendo bola, o Braga acaba por fazer dois golos. Não haveria muito mais a fazer. »

[A tranquilidade pode ser um problema nesta altura?] «Não vejo como problema. Encontrei um grupo de bons profissionais, de gente que trabalha, séria. Sinto que estão motivados e ninguém sente mais esta derrota que eles. Vamos trabalhar até ao fim com as armas que temos.»

Domingos Paciência:

«Ao intervalo mudou, acima de tudo, a atitude e a postura da equipa, porque apesar de termos entrado bem nos primeiros 20,30 minutos, com o golo as coisas mudaram. Subimos na segunda parte e o sucesso está na entrada dos jogadores. O Mossoró, o Meyong e o Custódio entraram muito bem.»

[V. Guimarães-Sporting: está a torcer por quem?] «Estamos conscientes do que podemos fazer esta época. Vamos dormir uma noite no terceiro lugar mas gostaríamos de dormir muito mais. Temos o jogo com o Dínamo Kiev, agora, que vai ser muito difícil, depois o V. Guimarães e a equipa tem de estar na máxima força. Já andamos em 7º e 8º lugar e hoje lutamos pelo 3º lugar.»

[Sobr a continuidade ou não em Braga] «Isso é entre mim e o presidente. Já estamos falados sobre isso. No momento certo vai saber-se. Por respeito aos adeptos, porque é importante sentir que estão connosco, o mais importante é o Sp. Braga e é isso que vamos defender até ao último dia.»

 

Domingos Paciência gostou muito da qualidade levada ao jogo pelos três suplentes utilizados (Custódio, Mossoró e Meyong) na vitória em Aveiro por 1-2. O técnico voltou a manter a dúvida em relação ao seu futuro, dizendo apenas que se sente feliz em Braga porque «a equipa está a ganhar».

«Para ganhar terreno na luta pelo pódio era preciso trabalhar com organização e sem erros. A equipa sentiu o golo do Beira-Mar e notou-se alguma perda de atitude. Fizemos algumas alterações e as coisas resultaram. Os que entraram ajudaram a contornar as dificuldades e chegámos ao terceiro lugar, ainda que à condição.»

O Vandinho saiu ao intervalo. Por que motivo?

«O Vandinho vem de uma longa paragem e senti que estava com alguns problemas na ocupação de espaços. Senti-o cansado. O Custódio entrou bem, tal como o Mossoró e o Meyong. A equipa teve espírito de sacrifício e soube dar a volta ao resultado.»

Na segunda parte os adeptos gritaram muito o seu nome. Sente-se pressionado a ficar em Braga?

«Tenho sentido um carinho muito especial por parte dos adeptos. Sinto orgulho pelo trabalho que estou a fazer. Tenho vivido momentos únicos e só posso agradecer aos jogadores e aos adeptos. Sou o treinador do Braga e é normal que isso possa suceder. Não sinto pressão por ouvir o meu nome gritado nas bancadas. Temos o terceiro lugar para ganhar e uma eliminatória com o Dínamo Kiev. Só me posso sentir feliz Braga porque a equipa estar a ganhar.»

 

Meyong, autor do segundo golo bracarense na vitória em Aveiro (1-2), em declarações à Sport TV:

«Todos querem jogar, mas o Sp. Braga já provou que tem um plantel muito bom. Respeito as opções do treinador. Tento estar sempre disponível para ajudar. Tento ser profissional. Para mim é muito bom entrar e marcar. Estamos de parabéns, estamos contentes por esta vitória, marquei um golo e por isso foi perfeito.»

 

DESTAQUES:

 

Alan, exemplar em quase tudo
Cruzamento atrás de cruzamento, numa exibição sem o brilho de outras, embora carregada de generosidade e vontade. Foi, ainda assim, dos mais participativos na equipa do Sp. Braga. É raro vê-lo a jogar mal. Um bom remate para as luvas de Rui Rego na segunda parte, outro a beijar as cadeiras coloridas e uma vivacidade sem fim.

 

Hugo Viana, luta de dois mundos
Deambula perigosamente entre a genialidade desinteressada e a passividade ociosa. Capaz de um passe soberbo a 40 metros e logo a seguir de uma distracção infantil. Tem capacidade para ser o cérebro deste Sp. Braga e de regressar a breve trecho à Selecção Nacional. O estilo aparentemente desapaixonado pelo jogo não o ajuda, é verdade. Necessita rever a intensidade que emprega às suas acções. Tecnicamente é um jogador perfeito, como provou em Aveiro.

 

Meyong, calcanhar para o pódio
Grande golo de calcanhar, a decidir o destino da partida e a deixar o Sp. Braga perto do pódio. Na época mais apagada desde que chegou a Portugal, Meyong mostrou que ainda é capaz de ser útil e dar alegrias aos adeptos minhotos. Aposta feliz de Domingos Paciência ao lançar o camaronês para a avalanche final. reações In "maisfutebol"


 

Pos.EquipaPJVEDGMGS  
1 FC Porto 68 24 22 2 0 56 8 Jogos
2 Benfica 55 24 18 1 5 51 21 Jogos
3 Sp. Braga 40 25 12 4 9 41 30 Subiu 1 posições Jogos
4 Sporting 38 24 10 8 6 33 25 Desceu 1 posições Jogos
5 V. Guimarães 33 24 9 6 9 27 31 Jogos
6 P. Ferreira 33 24 8 9 7 24 30 Jogos
7 Marítimo 31 25 8 7 10 31 26 Subiu 3 posições Jogos
8 Nacional 31 24 8 7 9 21 27 Desceu 1 posições Jogos
9 U. Leiria 30 25 8 6 11 20 30 Desceu 1 posições Jogos
10 Beira-Mar 29 25 6 11 8 29 30 Desceu 1 posições Jogos
11 Olhanense 28 24 6 10 8 19 27 Jogos
12 Académica 28 25 7 7 11 30 39 Subiu 1 posições Jogos
13 Rio Ave 27 24 7 6 11 22 27 Desceu 1 posições Jogos
14 V. Setúbal 24 24 5 9 10 20 33 Jogos
15 Portimonense 19 25 4 7 14 23 41 Jogos
16 Naval 17 24 3 8 13 20 42 Jogos

 



 

 
 
 

À atenção do SCB:

No último jogo antes da recepção ao Sporting de Braga, em jogo a contar para os quartos-de-final da Liga Europa, o Dynamo Kyiv goleou o Kryvbas por 3-0.

Naquela que foi a 15ª vitória do Dynamo Kyiv em 23 jogos, Andrey Yarmolenko, Roman Eremenko e Husyev foram os marcadores de serviço.

O adversário dos bracarenses na Liga Europa mantém os 11 pontos de distância para o Shakhtar Donetsk, que também já defrontou os minhotos na Liga dos Campeões.

tags:
publicado por carlitos às 22:57

Segunda-feira, 28 de Março, 2011

 

 

 

27/03 20:15   SportTv1
Olhanense Sp. Braga
Olhanense   Sp. Braga
13' 90' (g.p.) Alan

 

O Sp. Braga encostou-se ao Sporting na luta pelo terceiro lugar da classificação, ao vencer o Olhanense, em jogo em atraso da 23ª jornada. Alan marcou os dois golos dos minhotos, que prolongaram a agonia dos algarvios, que não vencem há seis jornadas. E já não marcam um golo há quatro. Foram loucos os primeiros minutos, principalmente até o Sp. Braga colocar-se em vantagem, aos 13, por Alan. Esperada, até porque foram os minhotos que mais perto estiveram de marcar, com dois desperdícios de Lima (4), anulado por defesa de Ricardo Baptista, e Ukra (10), com um desvio de cabeça ao segundo poste, que levou a bola a passar próximo do poste direito da baliza do Olhanense, que, aos 7 minutos, também teve uma oportunidade para se colocar em vantagem, por Paulo Sérgio, num remate á entrada da área, que Artur Moraes desviou de forma exemplar para canto. Na terceira oportunidade, Alan não perdoou. Sempre mais sereno e confiante, ao Sp. Braga saía bem o futebol apoiado emanado a preceito dos pés de Vandinho e Hugo Viana, que, em ataque, libertava-se do capitão, avançando no terreno e transformando o 4x2x3x1 dos minhotos em 4x1x4x1, bem povoado no último terço, com Paulo César a encostar muitas vezes a Lima, e sempre bem apoiados por Alan e Ukra, nos extremos. E havia sempre liberdade a mais para estes dois jogadores, como foi visível na finalização do brasileiro, numa assistência do jogador emprestado pelo FC Porto. Alan, na direita, apareceu sem marcação e com todo o tempo do mundo para marcar sem dificuldade. O Olhanense fez os possíveis por responder ao melhor jogo explanado pelo adversário, mas Dady passou a primeira parte órfão no ataque, de uma equipa que ofensivamente foi sobrevivendo á custa das iniciativas de Paulo Sérgio. Que foram poucas. Em vantagem, o ego dos arsenalistas aumentou e houve um natural arrefecimento no ritmo do jogo, com reflexo na diminuição das jogadas de perigo nas duas balizas. E até foram os minhotos que mais perto estiveram de marcar, num canto (37m) evitado por Ricardo Baptista no solo e junto á base do poste esquerdo. Vira o disco e toca o mesmo No intervalo, Daúto Faquirá prescindiu de Carlos Fernandes, fazendo entrar Cadú, que foi ocupar a posição de Ismaily (que recuou para defesa-esquerdo) no meio-campo. Mas sem resultados práticos nem vislumbráveis nos primeiros minutos, de absoluto controlo visitante, que continuou a assediar a baliza de Ricardo Baptista. E com Káká a falhar boa ocasião para ampliar a vantagem (53), em nova evidência dos erros cometidos pelo Olhanense até então e que já lhe custara um golo: liberdade a mais em bolas ao segundo poste. E quando Dady, o ponta-de-lança do Olhanense faz o primeiro remate à baliza aos 64 minutos, está tudo dito sobre a ausência atacante dos algarvios até então. O que certamente também não estava a agradar a Faquirá, que pouco depois aumentou a artilharia com a entrada de Djalmir. E animou a equipa. Mas só isso e foi curto. E Djalmir até acabou o jogo como guarda-redes, por via da expulsão de Ricardo Baptista, a dois minutos do fim, quando o árbitro assinalou uma alegada falta do guardião do Olhanense sobre Lima. Alan não falhou e matou definitivamente um jogo que muito prometeu no inicio mas que viria a cair de qualidade com o escoar dos minutos.

 Assim, o resultado final espelha de uma forma fiel aquilo que se passou ao longo dos noventa minutos da partida: Desde o primeiro minuto que o SCB foi a equipa que rematou mais e mais ataques desenvolveu, por isso maior perigo conseguiu perto da baliza do guarda-redes algarvio. Artur na outra ponta do campo, apenas por uma vez (e de forma brilhante) teve de se mostrar com uma valiosa defesa. Pelo caminho ficaram mais alguns golos por marcar, nomeadamente nos primeiros quarenta e cinco minutos, mas de qualquer forma é justo o resultado e o placar.

 

 

Alan - 13'
Alan - 90' (penalty)
    Sp. Braga
Olhanense                              Sp. Braga  
Data: 27/03/2011
Estádio: Jose Arcanjo, em Olhao
Jornada: 23ª jornada
Árbitro: Elmano Santos
Auxiliares: Paulo Ramos e Nuno Roque
4º árbitro: Nuno Almeida
4x3x3   4x2x3x1
N.º Nome  
51 Ricardo Baptista  
0 Cristián Suárez  
5 Maurício  
0 André Micael  
13 Carlos Fernandes  
16 Rui Duarte  
65 Fernando Alexandre  
7 Ismaily  
19 Jorge Gonçalves  
0 Dady  
23 Paulo Sérgio  
 
N.º Nome  
1 Artur Moraes  
15 Miguel Garcia  
4 Kaká  
3 Paulão  
20 Elderson Echiejile  
88 Vandinho  
45 Hugo Viana  
0 Ukra  
30 Alan  
9 Paulo César  
18 Lima  
Suplentes
1 Bruno Veríssimo  
2 Anselmo  
0 Carvajal  
0 William Tiero  
99 Yontcha  
14 Cadu Silva  
11 Djalmir  
Treinador:
 
26 Marcos  
32 Marco Ramos  
48 Aníbal  
25 Leandro Salino  
19 Meyong  
10 Hélder Barbosa  
27 Custódio  
Treinador:
Substituições
45' Carlos Fernandes substituicao Cadu Silva
64' Paulo Sérgio substituicao Djalmir
68' André Micael substituicao William Tiero
 
68' Ukra substituicao Hélder Barbosa
86' Paulo César substituicao Leandro Salino
90' Lima substituicao Meyong
Disciplina
32' cartão amareloCristián Suárez
58' cartão amareloMaurício
67' cartão amareloRui Duarte
89' cartão amareloRicardo Baptista
 
63' catão amareloArtur Moraes
74' catão amareloElderson Echiejile
Golos
Ao intervalo: 0 - 1
0 - 1 13' Alan
0 - 1 90' Alan (penalty)

 

 

 

Domingos Paciência, treinador do Sp. Braga, depois da vitória sobre o Olhanense (2-0), no Algarve, em jogo em atraso da 23ª jornada: [É uma vitória que marca a despedida de Braga?] «Despedida? Bem, vamos apanhar agora o avião¿». [Comentário ao jogo?] «Foi evidente a nossa superioridade. Pela forma como entrámos em jogo. Tivemos um ascendente de quinze minutos, podíamos ter mais um golo nesse período, com uma situação do Ukra, e no decorrer do jogo fomos perdendo algum ascendente mas nunca o controlo. Na segunda parte, não fizemos um jogo tão conseguido, mas a equipa esteve concentrada e nunca deixou de procurar o segundo golo. Merecemos, porque tivemos mais situações de golo. O Olhanense, estou a lembrar-me de apenas um remate, do Paulo Sérgio, de resto o ascendente total é nosso, merecemos a vitória, é justo». [O terceiro lugar é o objectivo?] «A partir do momento em que tivemos a possibilidade de nos aproximar do terceiro lugar, passou a ser esse o objectivo. Quando se define objectivos, o importante é o grupo perseguir isso. Perante a actual situação e classificação, é possível acreditar que podemos alcançar o terceiro lugar e isso será fazer história. Na existência do clube, conseguimos o segundo lugar no ano passado e fazer o terceiro nesta época será fazer história. A grande intenção do grupo e da estrutura é voltar a fazer história». [Vencer aqui foi importante?] «Todos os jogos são importantes. No mês de Março, a equipa ganhou confiança, está mais alegre, mais solta. O próximo é contra o Beira-Mar, para entrar no nosso objectivo, o terceiro lugar. Foi uma vitória difícil, num campo difícil, onde só o F.C. Porto tinha ganho». [Sporting, um comentário ao desfecho das eleições?] «Neste momento, estou a trabalhar, defendo um clube com muito orgulho e estou satisfeito. Em relação ao futuro, passa por conseguir os objectivos definidos. Como profissional do futebol penso desta forma, tal como pensei em Leiria, na Académica e desde que estou em Braga. Onde vou estar no futuro, não vos posso garantir. Tenho contrato e estou a trabalhar com um grupo fantástico que me motiva e quando assim é, a honestidade leva-me a estar envolvido com estes profissionais». [Disse há tempos que se o presidente apresentasse proposta de renovação, aceitaria. Hoje diz o mesmo?] «Jogámos com o Olhanense, ganhámos o jogo e não me vou agora alongar sobre outras situações. Haverá oportunidade para falar de renovação, do futuro do Domingos¿ O presidente já disse que abordou jogadores e que depois no final se fará um balanço. Não vamos estar com as mesmas perguntas e as mesmas respostas. Há seis jogos para acabar a época, mais dois da Liga Europa e se ganharmos estes faremos uma época fantástica. O grupo está motivado para isso».

 

Miguel Garcia, lateral do Sp. Braga, depois da vitória sobre o Olhanense (2-0), no Algarve, em jogo em atraso da 23ª jornada da Liga:

«Foi uma excelente vitória da nossa equipa num jogo em que entrámos bem. O nosso segredo tem sido essas entradas fortes e não é por acaso que, em sete jogos, sofremos um ou dois golos, e é esse o caminho que temos que percorrer daqui para a frente. Faltam seis jogos e estamos a conseguir aproximarmo-nos do nosso objectivo».

[Sentiu algum prazer especial por voltar a Olhão?]
«Sim, para mim foi uma alegria enorme voltar a este estádio, estar com estes adeptos, porque foi aqui que me deram a oportunidade de voltar a jogar novamente após a lesão. Quero dar uma palavra especial á direcção do Olhanense e aos seus adeptos pelo apoio que me deram quando estive aqui e mesmo hoje durante o jogo também senti isso. É um clube que vai ficar marcada de forma positiva á minha carreira».

[O terceiro lugar está à distância de um ponto]
«É, o nosso objectivo está perto de ser alcançado, estamos a lutar jogo a jogo para isso e hoje demos um passo muito importante».

[Este é o melhor Braga da época?]
«Temos consciência que estamos a atravessar um bom momento e esperamos continuar, é só com vitórias que se consegue isso. Importante é continuar a não se sofrer golos, não falo só da defesa, mas também do meio-campo e do ataque, que também tem ajudado bastante nesse aspecto. O nosso lema é não sofrer golos porque um marcamos quase de certeza».

[Porque é que sofriam tantos e agora não?]
«Não há nenhuma explicação, talvez as marcações estejam melhores. E a entreajuda e a atitude são factores muito importantes para esse feito».

[Liga Europa, objectivos?]
«É ultrapassar o Dinamo de Kiev e a partir daí logo se verá. Sabemos que é possível pois já conseguimos vitórias contra adversários teoricamente mais fortes do que nós. O Dinamo Kiev está perfeitamente ao nosso alcance».

 

Daúto Faquirá, treinador do Olhanense, depois da derrota diante do Sp. Braga (0-2), em jogo em atraso da 23ª jornada da liga:

«Penso que foi um jogo em que não começámos bem. Na primeira parte estivemos abaixo das nossas possibilidades, com dificuldade em ter o que é importante, a bola, para podermos descansar com ela e levar a equipa para imediações da baliza do Braga. Faltou-nos isso na primeira parte, com uma equipa que não esteve compacta. Na segunda parte melhorámos mas não foi suficiente para ganhar, nem sequer empatar. Isso penalizou-nos. Andámos mais à procura, mas não conseguimos aproveitar a forma de defender do Braga, que o fazia de forma subida. Tivemos três ou quatro bolas nas suas costas mas sem aproveitar essas ocasiões e, no fim, sofremos um golo que matou o jogo. Melhorámos, mas faltou alguma chama. Nós temos ainda seis jogos para disputar e temos de perceber que temos ainda muitos pontos para conquistar. O objectivo passa por ultrapassar a barreira estabelecida em relação ao ano passado. Não foi possível hoje, perante uma equipa que aproveitou as nossas debilidades e falta de alguma alma que patenteámos. Quando fomos à procura, faltou aqui e acolá algum engenho».

[Ciclo maus resultados?]
«Não é minimamente preocupante. Nós antes deste ciclo também perdemos com o FC Porto e num jogo menos conseguido na Madeira. Empatámos com o Sporting, empatámos, de forma imerecida, em Setúbal. A forma como nós olhamos os factos depende do que queremos tirar deles. Já tivemos ciclos menos conseguidos na primeira volta. O que devemos realçar é que temos o nosso principal objectivo conseguido, acalentamos agora alcançar maior número de pontos, mais do que no ano passado, e chegar perto de equipas que almejam de forma legítima, pela sua estrutura, outros objectivos. Perdemos alguns jogadores e isso não nos condicionou nem mexeu com a forma de encarar a nossa identidade. Não vamos fugir a essa linha condutora. O objectivo estabelecido no início foi conseguido, agora todos ¿ jogadores, equipa técnica e adeptos ¿ queremos acabar o campeonato de forma honrosa e deixar uma imagem mais consentânea com o que fizemos noutros períodos da época. Queremos acabar o campeonato de forma mais colorida».

[Relaxamento com o objectivo alcançado?]
«Não quero acreditar nisso. Lidamos com jogadores que são seres humanos e, se isso acontecesse, seria défice da equipa técnica. Mas não é isso que acontece e quem vê os jogadores a trabalhar diariamente, percebe que isso não acontece. Encontrámos hoje também uma equipa em ascensão, muito boa, com jogadores bons. Fiquei com a sensação, porém, de que com um pouco mais de crença podíamos ter tido um resultado diferente»

[Lance do penalti?]
«Não tenho opinião... Não me vou manifestar sobre as decisões da equipa de arbitragem. Já transmiti as minhas opiniões ao Elmano e nem falei com o Ricardo Batista sobre isso».

 

DESTAQUES

Abram alas para Alan e Ukra

Ainda não se paga portagem nos corredores do José Arcanjo. Então, aproveite-se a borla! Foi o que fizeram Ukra e Alan, com grandes auto-estradas para acelerarem. Sem portageiros-Suarez e Carlos Fernandes estiveram em greve-os aceleras do Minho construíram o golo por essa via. Alan bisou no final, num penalty marcado com¿ Djalmir como guarda-redes, por via da expulsão de Ricardo Baptista.

Uma Lima que incomoda

Sozinho ou com apoio este Lima desbasta qualquer defesa. Teve marcação em cima, à zona, mas o brasileiro arranjava sempre maneira de descobrir uma saída. É daqueles avançados «chatos» que não vira a cara à luta, estando por isso sempre muito em jogo, sempre a «cheirar» oportunidades. Antes de sair, arrumou com o jogo, conquistando uma grande penalidade para Alan bisar.

 

Sílvio: «Só sei do F.C. Porto pela imprensa»

 

Apontado como reforço do F.C. Porto para a próxima época, Sílvio garante só ter sido confrontado com essa possibilidade na comunicação social.
«Sou jogador do Sp. Braga e só penso ajudar a equipa. Só sei do F.C. Porto pela imprensa», afiançou o lateral, ao reintegrar o estádio da Selecção Nacional, que reconhece como «a maior montra». «É sempre um bom trampolim», acrescentou, quando confrontado com o elevado número de clubes que «espiou» o Portugal-Chile, que terminou empatado a uma bola.
Lançado no encontro de Leiria para o lugar do lesionado João Pereira, Sílvio entende que «não foi o jogo ideal» para mostrar serviço. «Defrontámos uma equipa complicada. Melhores jogos virão», desejou.
Embora não tenha ficado muito satisfeito com a sua exibição, o jogador do Sp. Braga «arrisca-se» a ser titular frente à Finlândia, já que João Pereira foi dispensado por lesão (luxação no cotovelo direito). «É um jogo para somar mais uma internacionalização. A única ansiedade é essa», respondeu Sílvio, assumindo ainda que prefere jogar no lado direito da defesa, ainda que faça questão de frisar que gosta é de jogar futebol

Liga  classificação 

LugarEquipaJVEDGMGSPontos
F.C. Porto 24 22 2 0 56 8 68
Benfica 24 18 1 5 51 21 55
Sporting 24 10 8 6 33 25 38
Sp. Braga 24 11 4 9 39 29 37
P. Ferreira 24 8 9 7 24 30 33
V. Guimarães 24 9 6 9 27 31 33
Nacional 24 8 7 9 21 27 31
U. Leiria 24 8 6 10 19 27 30
Beira Mar 24 6 11 7 28 28 29
10º Marítimo 24 7 7 10 28 25 28
11º Olhanense 24 6 10 8 19 27 28
12º Rio Ave 24 7 6 11 22 27 27
13º Académica 24 6 7 11 29 39 25
14º V. Setúbal 24 5 9 10 20 33 24
15º Portimonense 24 4 7 13 23 40 19
16º Naval 24 3 8 13 20 42 17

 

 

tags:
publicado por carlitos às 03:37

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA