...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Sábado, 28 de Maio, 2011

Os candidatos dos maiores partidos ás Legislativas 2011 cujo escrutínio acontece de amanhã a uma semana, passam a maior parte deles a Norte, como é o caso de Passos Coelho com grande parte do dia a ser percorrido no Distrito de Braga, enquantos os socialistas se dividem entre o Alto Minho e o Distrito do Porto.

 Já o CDS/PP escolheu Mangualde para depois seguir mais para sul, ao Distrito de Leiria. Os comunistas ficam pelo Distrito de Setúbal.

Fancisco Louçã e o BE optaram por Caldas da Raínha, Entroncamento e Santarém, Distrito onde detêm a sua única Câmara Municipal - Salvaterra de Magos.

 

Á margem desta campanha nota de referência para Sócrates que juntou esta manhã em Caxinas, Vila do Conde, um apoio de peso à "equipa". Fábio Coentrão, que se constava não apareceria, afinal apareceu, mais para apoiar o Presidente de Câmara, Mário e Almeida, um dos mais antigos Presidentes de Câmara do país, do que José Sócrates. O líder do PS disse que Coentrão é um exemplo de força e pediu um autógrafo para levar para os filhos.

 

Depois de aberta "a ferida" sobre o aborto já se conhece uma posição da Igreja sobre o assunto que vê na sugestão de Pedro Passos Coelho de reavaliar a lei do aborto a possibilidade de voltar a trazer o tema para a ordem do dia. Sem falar em referendo, o bispo do Porto apela para já a "um debate amplo".

Nem o período eleitoral em curso - propício a promessas de vária ordem - nem o facto de as as palavras do líder laranja terem sido proferidas aos microfones da Rádio Renascença (cuja audiência é maioritariamente conservadora) beliscou o agrado com que os meios eclesiásticos acolheram a ideia. "Todas as ocasiões são oportunas para relançar o debate. Apesar dos resultados do último referendo, a Igreja não baixou os braços e continua com esta batalha. Não contra ninguém mas a favor da vida", afirmou ao JN o secretário da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), Manuel Morujão.

 

Incidentes entre campanha do PS e PSD e ameaças a jornalistas

Campanhas cruzaram-se em Braga e tiveram que ser separadas pela polícia, mas não se evitaram trocas de mimos e alguns encontrões

Apoiantes de PS e PSD cruzaram-se esta tarde em Braga e houve troca de insultos, empurrões e os ânimos só acalmaram quando a polícia fez um cordão para os separar.

Os incidentes ocorreram no centro de Braga, após uma concorrida arruada do PSD, com início às 16:00 e que terminou às 17:40. Na mesma altura, chegavam à praça os apoiantes do PS, para o comício que alí se realizaria às 18:00.

Houve insultos de parte a parte, encontrões e ameaças a jornalistas. «Vocês não tinham nada que vir para cá», gritava um elemento da organização socialista para os apoiantes laranja e jornalistas presentes.

publicado por carlitos às 18:02

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab



15
18
19

22



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA