...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Segunda-feira, 28 de Fevereiro, 2011

 

 

 Naval 1.º de Maio e o Sporting de Braga empataram hoje, 0-0, em partida que encerrou a 21.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, disputado no estádio José Bento Pessoa, na Figueira da Foz.

 

O Sp. Braga e a Naval 1º de Maio da Figueira da Foz empataram nesta cidade a zero nummau jogo para a propaganda do futebol. Aparentando timidez de parte a parte assistiu-se a uma partida cinzenta e isenta de ideias sobretudo a meio campo, onde nos bracarenses, apareceu Vinícius no papel de um falso 10 e por aí talvez tenha estado o pecado capital de Domingos ao deixar Mossoró no banso de suplentes (entraria na segunda parte, precisamente para o lugar do ex.olhanense. Com a entrada do nº 8 assistiu-se a um maior caudal ofensivo do Sp. Braga havendo um enorme desperdício na frente de ataque com realce para um remate de Alan á trave da baliza de Salin, logo a abrir a segunda parte. A espaços o jogo ganhava alguma expectativa mas a sua maior parte esteve sempre entregue a um jogo sem fio condutor sem jogadas com principio meio e fim, onde o avançado Lima estava quase sempre vigiado por diversos defesas registando apenas na sua conta pessoal sete foras de jogo.

 Registo apenas para alguns remates inofensivos sem trabalho para os guarda-redes, ficando na retina um falhanço do tamanho da terra de Meyong que com tudo para fazer golo fez a bola passar rente ao poste da equipa navalista. Mais tarde mesmo ao expirar dos 90 minutos, já nos descontos, outra falha em tudo idêntica á do avançado bracarense mas agora do outro lado, com Artur a fazer uma boa mancha que evitou que o remate do avançado da Naval tomasse o caminho da baliza o que colocaria injustiça no resultado. Num jogo morno com constante supremacia das defesassobre o ataque, o nulo serve mais os propósito dos navalistas que passam o Portimonense, entregando aos algarvios a lanterna vermelha enquanto o Sp. Braga volta a falhar o assalto a lugares uefeiros, igualando a União de Leiria no sexto lugar, com 28 pontos, a quatro pontos do quarto lugar que pertence a pacenses e vimaranenses e a cinco do terceiro lugar que ainda pertence ao Sporting.

 Com um leque de jogos de supra importância a aproximar-se já no próximo domingo dia em que o Sp. Braga recebe a visita sempre difícil do Benfica para se deslocar quatro dias depois até Liverpool para jogar em Anfield Road na primeira mão dos oitavos de final da Liga Europa.

 Assim, foi mau este resultado conseguido na Figueira numa jornada em que não souberam aproveitar os deslizes de Guimarães Beira-Mar e de Leiria, vamos esperar que não deixe mazelas e que Domingo seja sinónimo de mudança nos resultados negativos conseguidos nos últimos três jogos para a Liga Portuguesa.

CAR

 

 Ficha de jogo

 

Data: 28/02/2011
Estádio: Municipal Jose Bento Pessoa, na Figueira da Foz
Jornada: 21ª jornada
Árbitro: Joao Ferreira, de Setubal
Auxiliares: Luis Ramos e Valter Pereira
4º árbitro: Luis Reforco
4x3x3   4x2x3x1
N.º Nome  
17 Romain Salin  
 7 Carlitos  
26 Gomis  
13 João Real  
45 Camora  
25 Godemeche  
 5 Manuel Curto  
11 Edivaldo Bolívia  
77 Marinho  
28 Fábio Júnior  
 9 Michel Simplício  
 
N.º Nome  
    1 Artur Moraes  
  15 Miguel Garcia  
    4 Kaká  
    2 Alberto Rodriguez  
  28 Sílvio  
  27 Custódio  
    6 Vinicius  
  30 Alan  
  45 Hugo Viana  
    7 Ukra  
  18 Lima  
Suplentes                                                                                                  Suplentes
  24 Bruno Jorge  
  91 Rogério Conceição  
    6 Daniel Cruz  
  30 Giuliano  
  15 Hauw  
  20 João Pedro  
  19 Previtali  
Treinador: Carlos Mozer 
 
26 Marcos  
48 Aníbal  
40 Guilherme  
  8 Márcio Mossoró  
25 Leandro Salino  
10 Hélder Barbosa  
19 Meyong  
Treinador: Domingos Paciência 

 

Substituições

64' Marinho substituicao João Pedro
86' Fábio Júnior substituicao Previtali
 
45' Vinicius substituicao Márcio Mossoró
58' Alan substituicao Hélder Barbosa
79' Lima substituicao Meyong
Disciplina
   
31' catão amareloMiguel Garcia
36' catão amareloHugo Viana
Golos
Ao intervalo: 0 - 0

 

  • Ao minuto
90' FINAL DO JOGO! Naval - 0 Sp. Braga - 0. Termina sem golos um jogo morno. Simplício teve oportunidade de ouro em cima do apito final mas não desfez a igualdade. As duas equipas marcam passo na luta pelos seus objectivos.
  90' INCRÍVEL!!! Simplício tira Kaká do caminho, entra na área, e com tudo para dar a vitória à Naval, atira ao lado. Desespero no banco figueirense com este falhanço do brasileiro.
86' SUBSTITUIÇÃO Naval . Sai Fábio Júnior entra Previtali. Dificuldades físicas para o avançado brasileiro.
  85' QUE PERDIDA DE MEYONG! Arrancada pela direita de Hélder Barbosa, passe atrasado para Meyong que, com tudo para marcar, atira ao lado.
  84' Simplício puxa para o pé direito e dispara forte mas por cima. Tinha João Pedro em boa posição, na direita.
79' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Lima entra Meyong
  76' Contra-ataque da Naval, conduzido por João Pedro. A bola chega a Simplicio, na esquerda, que remata para a defesa de Artur.
  73' Hugo Viana corta um canto da Naval e Godemeche tenta a sorte de longe. Sai ao lado.
  70' QUASE O AUTOGOLO DE RODRIGUEZ! Cruzamento de João Pedro na direita e Rodríguez, sem oposição, corta para o lado da baliza. Artur estava batido, mas a bola morre nas malhas laterais. Perigo nas duas balizas, nesta altura.
  68' O SP. BRAGA QUASE MARCA! Na resposta ao livre, Lima isola-se pela direita, entra na área e remata. Salin defende com o o pé para a frente e na recarga Ukra atira contra um defesa figueirense.
  67' Livre para a Naval ainda longe da baliza. Manuel Curto remata mas sai fraco e fácil para Artur.
  65' Mossoró aproveita um ressalto à entrada da área para encher o pé, mas o remate sai ao lado.
64' SUBSTITUIÇÃO Naval . Sai Marinho entra João Pedro
  62' João Real alivia na defesa e acaba por deixar Fábio Junior em boa posição. Artur sai da baliza e afasta a pontapé.
  60' Canto estudado da Naval, acaba com um remate de Carlitos que passa muito ao lado.
58' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Alan entra Hélder Barbosa
  57' Bom cruzamento de Camora para conclusão de Fábio Júnior, num remate enrolado que não sai longe do alvo!!
  56' Livre de Curto para desvio de cabeça de Edivaldo, fácil para Artur!
  46' ALAN AO FERRO!! A passe de Mossoró, o brasileiro trabalha bem e acerta na barra!!
46' RECOMEÇA A PARTIDA
45' SUBSTITUIÇÃO Sp. Braga . Sai Vinicius entra Márcio Mossoró
45' INTERVALO NA PARTIDA ENTRE Naval e Sp. Braga. Jogo muito fraco, em que a Naval parece apostar na controlo de bola enquanto os minhotos tentam o contra-ataque. Oportunidades de golo? Só uma, para os da casa, por Godemèche.
  41' Que mau, Marinho!! O extremo foge pela esquerda, flecte para o meio, mas ao passar para a direita fá-lo sem nexo e a bola sai pela linha lateral!
36' CARTÃO AMARELO para Hugo Viana (Sp. Braga )
  34' Remate de Alan, muito por cima!
  32' Livre lateral de Curto, sacode Artur com os punhos!
31' CARTÃO AMARELO para Miguel Garcia (Sp. Braga )
  30' Remate de Ukra, para defesa segura de Salin!
  28' Que disparate de Fábio Júnior: o centro saiu-lhe mal e a bola sai pela linha de fundo!
  27' Salin tem de sair dos postes para impedir um ataque do Braga...
  22' Jogo sem oportunidades até agora...
  14' Está um jogo entretido, como diria Quinito, mas na fase de definição tem havido muita confusão de parte a parte.
  9' Salin resolve uma aproximação de Alan com um golpe de karaté para lançamento lateral!
  7' Centro largo de Simplício, fácil para Artur!
  5' Boa jogada da Naval! Camora abre para Marinho, que mete para a corrida de Godemèche e, este, na passada, remata cruzado um pouco ao lado do alvo!
  2' Os minhotos revelam ligeiro ascendente e jogam a favor do vento...
1' COMEÇA A PARTIDA ENTRE Naval e Sp. Braga
  0' Tudo a postos para começar o jogo!
  0' Já do lado do Sp. Braga, que convocou 20 jogadores, calhou a Marco Ramos e Keita ficarem de fora.
  0' Bruno Moraes, que estava de regresso aos convocados, foi o 19º elemento da Naval e vai ver o jogo da bancada.
  0' Já há algum público nas bancadas, mas apenas algumas dezenas de espectadores...
  0' Mas o grande desafio mesmo é conseguir o feito inédito de bater os bracarenses. O primeiro adversário à tona da água, o V. Setúbal, perdeu nesta jornada e, desta forma, a fronteira da salvação poderia ficar a escassos dois pontos, além de ser necessário responder ao triunfo do Portimonense em Aveiro. A permanência deixou de ser uma miragem na Figueira.
  0' Os figueirenses têm marcado sempre desde a última mudança de treinador e isso permite-lhe ficar mais perto de vencer. A equipa soma quatro jogos consecutivos sempre a pontuar mas apenas num deles, com a Académica, conseguiu os três pontos. Se não perder esta segunda-feira, completará um mês completo sem derrotas.
  0' Ambição é o que não tem faltado à Naval de Carlos Mozer. Depois de deixar a lanterna-vermelha para o Portimonense, as atenções dos jogadores viram-se agora para a delicada missão de ultrapassar a linha-de-água, à distância de cinco pontos - já esteve a quatro e estava a oito quando o brasileiro chegou.
  0' O árbitro da partida será João Ferreira, de Setúbal, auxiliado por Luís Ramos e Valter Pereira. O quarto árbitro será Luís Reforço.
  0' SP. BRAGA: Artur Moraes; Miguel Garcia, Rodriguez, Kaká e Sílvio; Custódio e Vinícius; Alan, Hugo Viana e Ukra; Lima.Outros convocados: Marcos, Guilherme, Aníbal, Salino, Mossoró, Hélder Barbosa e Meyong.
  0' NAVAL: Salin; Carlitos, Gomis, João Real e Camora; Manuel Curto e Godemèche; Marinho, Edivaldo e Simplício; Fábio Júnior.Outros convocados: Bruno, Rogério Conceição, Daniel Cruz, Alex Hauw, João Pedro, Giuliano e Previtali.
  0' Já há equipas oficiais!
  0' O Sp. Braga vem, até, de duas derrotas consecutivas nesta prova, diante de F.C. Porto e P. Ferreira, numa época marcada pela irregularidade, em que, por exemplo, nunca conseguiu algo tão simples como engrenar duas vitórias de seguida.
  0' Quase um ano depois, a demonstração de pujança dos comandados de Domingos Paciência não se enquadraria no actual cenário. A equipa tem marcado passo nas competições internas, enquanto vai coleccionando sucessos pela Europa, e ninguém se atreverá, neste momento, a apostar numa goleada bracarense no encerramento da 21ª jornada da Liga.
  0' A Naval jamais ganhou ao Sp. Braga, quer em casa, quer fora. Na Figueira, o melhor que conseguiu, em oito jogos, foram três empates. O último, em 2007, já que as duas mais recentes deslocações minhotas ao reduto navalista saldaram-se por triunfos forasteiros, com destaque para a goleada imposta na época passada, quando os arsenalistas não desarmavam na luta pelo título com o Benfica: 0-4.
  0' Guarda-redes: Artur Moraes, Marcos; Defesas: Miguel Garcia, Rodriguez, Aníbal, Kaká, Sílvio, Marco Ramos e Guilherme; Médios: Custódio, Vinícius, Hugo Viana, Salino e Mossoró;Avançados: Ukra, Alan, Meyong, Hélder Barbosa, Keita e Lima.
  0' Vandinho, Paulão e Quim são os outros lesionados do plantel.
  0' Marcos, Marco Ramos, Guilherme e Keita também regressam à convocatória pela mesma razão, saindo Cristiano, Dani, Peterson, Paulo César e Elderson, os dois últimos, que jogaram diante dos polacos, por problemas físicos.
  0' Ukra e Vinícius estão de volta aos eleitos depois de terem ficado de fora da jornada europeia de quinta-feira (triunfo sobre o Lech Poznan e qualificação para os oitavos de final da Liga Europa), porque não estão inscritos na UEFA.
  0' Os regressos de Ukra e Vinícius e a saída de Paulo César são os destaques dos convocados do Sp. Braga para este jogo.
  0' Lista de convocados da Naval:Guarda-redes: Romain Salin e Bruno Jorge; Defesas: Carlitos, Gomis, Rogério Conceição, João Real e Daniel Cruz; Médios: Manuel Curto, Godemèche, Giuliano, Alex Hauw e Camora; Avançados: João Pedro, Previtali, Fábio Júnior, Bruno Moraes, Michel Simplício, Edivaldo e Marinho.
  0' Os dois jogadores entram para os lugares de Diego Silva, Orestes e Hugo Machado, respectivamente. Davide, recentemente operado, falha a partida, assim como o resto da época, enquanto Tiago Rosa e Godinho completam o lote de atletas preteridos por opção técnica.
  0' Os regressos do guarda-redes Bruno, do central Gomis, este após castigo, e do extremo João Pedro são as principais novidades na lista de convocados da Naval para o jogo desta segunda-feira.
  0' Já os figueirenses, em penúltimo, com 15, procuram aproximar-se do V. Setúbal (19), que perdeu esta jornada em Paços de Ferreira e é a primeira equipa acima da linha de água. O triunfo do Portimonense em Aveiro, levou os algarvios a igualá-los na tabela, logo há mais uma razão para tentar bater os minhotos!
  0' Os bracarenses, ainda na ressaca de mais um sucesso europeu, chegam a este jogo em oitavo lugar, com 27 pontos, mas podem chegar ao sexto, em caso de vitória.
  0' Está uma temperatura razoável na Figueira (12 graus), mas há algum vento, o que torna a noite desagradável. O relvado parece estar em condições razoáveis e público, nem vê-lo...

 

COMENTÁRIOS:

 

Carlos Mozer, treinador da Naval, no final do nulo com o Sp. Braga, esta segunda-feira, na Figueira da Foz:

«Este empate serve à Naval, porque vai somando pontos. Qualquer ponto que se soma, é sempre ponto. Do meu ponto de vista, se perdemos dois, sim, perdemos. Foi um jogo com intensidade grande, tivemos bastantes oportunidades de golo e o Braga também algumas. Nos últimos segundos, temos uma perdida incrível pelo Simplício, que se fosse concretizada teríamos ganho o jogo, o que nos assentaria bem. Fomos rápidos, defendemos com pressão alta, e conseguimos anular o Sp. Braga. Estamos Tristes porque fizemos tudo para ganhar mas continuamos cientes de que equipa está cada vez mais forte e não vamos desistir do nosso objectivo que é a manutenção.»

João Real, central da Naval, em declarações no final do empate a zeros com o Sp. Braga, esta segunda-feira, na Figueira da Foz:

«Foi um jogo agradável, ambas as equipas jogaram para ganhar. Tentámos impor um ritmo forte, eles também tiveram oportunidades como nós. Mas, no último lance, faltou-nos sorte, porque se tivéssemos marcado pelo Simplício, acabaria por nos assentar bem a vitória. Quando vem um novo treinador, traz sempre a sua imagem e maneira de trabalhar, mas acho que o mérito de Mozer foi mais a nível psicológico. Fez-nos ter mais coragem e acreditar em nós. Mas o mal já vem de trás. As coisas não correram bem logo de princípio. Não está fácil para nós mas não vamos desistir. Encurtar a distância para a linha-de-água dá sempre alento mas fica-nos um sabor amargo porque poderíamos ter encurtado ainda mais a diferença.»

 

Domingos Paciência, treinador do Sp. Braga, no final do nulo na Figueira da Foz, diante da Naval, nesta segunda-feira:

«O empate não serve a nós de maneira nenhuma. Fomos quem mais procurou o golo e quem podia ter resolvido o jogo cedo. Pecámos na finalização. A nossa estratégia funcionou: conseguir jogar com o último passe na linha defensiva da Naval, pena que tenhamos falhado, assim como o árbitro. Há sete foras-de-jogo mal assinalados em que ficaríamos isolados com o guarda-redes. Tenho consciência que vêm aí jogos difíceis, contra grandes equipas, e que podemos fazer mais e melhor mas este foi um jogo atípico: com pouca posse de bola e muito jogo directo. O nosso jogo é outro. Com o Benfica, será outra forma de jogar.»

Domingos Paciência, treinador do Sp. Braga, e Eduardo Almeida, treinador-adjunto da Naval, em declarações à Sport TV, no final do empate sem golos no jogo que fechou a 21ª jornada da Liga:

«É fácil fazer a leitura deste jogo. Podíamos ter ganho, perdemos dois pontos. Tivemos situações para marcar, mas infelizmente não concretizámos e até poderíamos ter perdido depois do minuto 90, quando não merecíamos. Jogámos contra uma equipa que tem estado bem. Foi pena que a nossa estratégia não surtisse efeito. A equipa de arbitragem deveria ter trabalhado este jogo tendo em conta a forma como joga a Naval. Poderia ter sido outro jogo. Não esperávamos empatar, os jogadores estavam com uma vontade enorme de ganhar aqui três pontos. Este ano já temos mais de 30 jogos. Comparando com o foi a temporada passada, esta factura paga-se.»

 

Hugo Viana, jogador do Sp. Braga, comentando à Sport TV o nulo verificado na deslocação dos minhotos ao terreno da Naval:

«Foi um jogo muito disputado. Tivemos duas oportunidades claras e a Naval só teve uma agora no final. Pelo que sei houve sete foras-de-jogo mal tirados. Um, dois, ok...sete é muita coisa. Não foi por isso que perdemos, mas com jogadores isolados talvez a sorte fosse outra. Houve intranquilidade no final, porque o tempo passava e nós não marcávamos. Vamos pensar agora no Benfica. Se nos deixassem fazer as oportunidades que podíamos ter feito poderia ser diferente. Um ponto é melhor que nada, mas vínhamos para levar os três.»

 

                           CLASSIFICAÇÃO

 

LugarEquipaJVEDGMGSPt
F.C. Porto 21 19 2 0 49 7 59
Benfica 21 17 0 4 44 17 51
Sporting 21 9 6 6 32 25 33
V. Guimarães 21 9 5 7 25 26 32
P. Ferreira 21 8 8 5 22 22 32
Nacional 21 8 5 8 18 23 29
U. Leiria 21 8 4 9 19 25 28

SC BRAGA

21 8 4 9 34 28 28
Olhanense 21 6 9 6 19 21 27
10º Beira Mar 21 5 10 6 23 24 25
11º Rio Ave 21 6 5 10 21 26 23
12º Académica 21 6 5 10 27 35 23
13º Marítimo 21 5 7 9 21 24 22
14º V. Setúbal 21 4 7 10 17 31 19
15º Naval 21 3 6 12 18 37 15
16º Portimonense 21 3 5 13 19 37 14


 

publicado por carlitos às 23:03

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

2
4

6
7
8
9
10
11

14
15
18

20
23
25
26



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA