...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Quarta-feira, 11 de Maio, 2011

por sebastião peixoto

 

  Sebastião Peixoto nasceu em Braga e cedo se lhe conheceram aptidões dignas de autodidacta para a pintura, pois recordo-me dele em plena década de 90, mas sobretudo nos seus primórdios quando tínhamos em comum vários locais de ócio e de divertimento em comum como eram casos do Bar Deslize ou mais perto de nossas casas – vivíamos na zona das Enguardas, S. Victor, a maior freguesia da cidade e a segunda maior a norte do rio Douro – o Tuaregue, hoje Fórum Arte Bar e era neste recinto que vezes sem conta o observava a fazer traços de lápis ou caneta num simples guardanapo. E era cada desenho, meus senhores.

Recordo-me concretamente de uma noite onde nos reunimos mais uma vez nesse tal Bar Tuaregue e pedi-lhe para fazer o “meu boneco” no estúdio da rádio em que colaborava na altura (RUM) a fazer uma emissão. Pois como sempre não se mostrou rogado e com aquele sorriso que lhe era peculiar num par de olhos que marcava a sua perspicácia e talento, anuiu ao meu pedido e em meia dúzia de “segundos” o que lhe pedira estava ali fielmente representado e nem o canelado do papel de guardanapo impedia o seu traço firme, compenetrado e já então eu lhe previa, caso fosse sua intenção, um futuro brilhante no mundo extraordinário das Belas Artes. Pedia apenas para não ser mais uma promessa, um rasto de “pólvora seca” como acontece com inúmeros valores espalhados por esta cidade, por este país.

 

  por sebastião peixoto

                                                                           

Tião, como carinhosamente era conhecido no seu universo de amigos, era assim, um miúdo tímido mas quando se tratava de pintura ou desenho esquecia-se dessa sua característica, e num ápice apresentava-nos trabalhos de ficar de cara á banda.

Felizmente, testemunhei muitos quadros seus ora pintados a óleo, aguarela, ou serigrafias ou então tão singelo como o traçado do lápis, esta vertente muitas vezes usada em grupo de amigos, todos à volta de uma mesa onde se iam acumulando as cervejas que animavam mais uma conversa enquanto esperávamos por mais uma”obra em guardanapo”do nosso querido amigo.

Em relação aos meus, os que muito honrosamente ainda hoje guardo, vejo-os sempre aliados a um tempo de esperanças, de descobertas de tempos que corriam depressa mas de feição aos sonhos se nós quiséssemos muito esse sonho. Nada era capaz de impedir. E isso aconteceu com Tião que o encontrei anos mais tarde, já ambos tínhamos passado a juventude e vivíamos já tempos de adulto, homens feitos e servidores da sociedade. Soube que felizmente foi um dos que seguiu o rasto dos seus sonhos e conseguiu o curso de Belas Artes, agradeci aos deuses e coloquei logo a minha cabeça a funcionar: Caso fosse avante o meu projecto de fazer um 4 em 1: cafetaria, livraria, discoteca e local de exposições, decerto podia contar com o Tião para colocar debaixo das luzes da ribalta os seus quadros, para que se espalhasse a sua qualidade o seu por entre o publico que iria passar por aquele que queria um ponto de encontro em pleno casco velho da cidade. Ainda não saiu do papel, mas sei que será mais uma valia não só para o espaço que gostava de um dia possuir onde se respirasse acima de tudo cultura, com exposições, workshops, tertúlias até quem sabe o partilhar de experiências e aí o Tião seria para além de um ilustre da casa mais um nome em que podia apostar e decerto haveria muita juventude ávida de tentar as Belas Artes.

De resto as 3 ou 4 obras de sua autoria que apresento junto com este post falam por si.

 

 

 por sebastião peixoto

 

Obra de grande impacto, que evoluiu bastante em relação aquela a que muitas vezes assisti na década de 90. Mas enquanto nessa altura Tião estava em crescimento artístico e a evoluir como devia ser, como acontece com todo o bom artista, apenas amadureceu as ideias, os traços ficaram mais seguros de si, quiçá por que se sentia ele também mais seguro das suas capacidades. Depois as entrevistas que deu a publicitação dos seus trabalhos mostram um universo muito seu, por vezes para lá do imaginário, um mundo em que podemos ser aquilo que bem entendemos. Assim vejo eu o traço do meu querido amigo Sebastião Peixoto.

Peca por tardio teste artigo pois graças a um encontro fortuito entre ambos é que ele é escrito hoje com este conteúdo, mas que será sempre diferente e sempre a acrescentar algo mais neste blogue, disso podem ter certeza.

E para o Tião apenas mais um reconhecimento, desta vez vindo do seu círculo de (velhas) amizades daquelas que tem tanto para contar, de que a sua obra é digna de ser exposta e eu acredito que se o timing for o mais apropriado brevemente este meu amigo não terá mãos a medir com exposições sem esquecer o seu trabalho como ilustrador freelancer. Por isso se algum leitor deste espaço estiver interessado pelos seus serviços com base não apenas nas suas obras aqui apresentadas, mas se quiser através do seu blogue http://brufen600.blogspot.com/ que depois ainda o orientará para outros hiperligações de igual interesse.

 

 

 

Certamente que seguidor da arte moderna, prosseguindo o caminho traçado pelos artistas de vanguarda do tempo em que desenhava os tais “bonecos” em guardanapo. Aliás agora lembro-me que ofereceu por alturas do aniversário da minha namorada da altura uma pintura em aguarela da qual recordo em posição altiva e proeminente Mozart e depois aplicando o seu estilo muito próprio com o campo e a cidade a cruzarem-se, o resto não me recorda porque já lá vão muitos anos. Mas fixei esse quadro que muitas vezes tentei resgatar sempre sem sucesso.

Acredito que as primeiras experiências deram-se no desenho, especialmente como caricaturista. As tais alturas em que só o víamos com lápis e caderno de folhas lisas debaixo do braço. E sempre que o via pensava que quem amava a arte daquela forma com persistência, amor e paixão só tinha de singrar, não podia ficar perdido ou que fosse um sonho interrompido a meio. Não. Nada disso se houvesse justiça, Tião tinha que um dia mais tarde de conseguir olhar para trás e dizer que tudo valeu a pena. Só para agora testemunhar de um lugar diferente do usual toda a sua obra. E que Obra!  

Assim, meu amigo Tião continua com a tua obra que quem sabe um dia terei o prazer único de expor no espaço meu as tuas pinturas e quiçá alguma boa recordação daqueles tempos da década de 90. Parabéns e bem hajas por te ter como Amigo. CAR

 

publicado por carlitos às 23:36

 

Os jogadores do SC Braga esperam no próximo dia 18, em Dublin, no estádio Aviva, fazer o jogo das suas vidas. Trata-se de um jogo especial em campo neutro e onde nem sempre o mais forte sai vencedor.

Custódio, que já esteve numa final, contra o CSKA Moscovo, depois de terem conseguido essa final graças ao cantinho directo no jogo das meias-finais de Alkmaar, de outro bracarense, Miguel Garcia, referiu que desta vez vai ser diferente: «agora é para vencer, temos um bom grupo e boas possibilidades. Estamos numa enorme felicidade, para a maioria será a sua primeira final de nível europeu e estamos com espírito de sacrifico, mas de triunfo, estamos muito calmos»

Vandinho afirmou que "a maior alegria é trazer para Braga o troféu de vencedores da Europa League, mas mesmo que não se consiga esse objectivo, já  somos uns vencedores, da história já ninguém nos tira. É o culminar de duas épocas épicas e fantásticas".

Quem teve oportunidade para manifestar a sua opinião sobre a final, como foram exemplo Artur Moraes ou Lima, guiaram-se pelo mesmo diapasão: Que apesar do sonho que se está a viver, as pessoas parecem mais alegres, as conversas de café acabam sempre neste  assunto, é necessário manter os pés bem firmes no chão para não serem surpreendidos.

Todos pedem para que o jogo de daqui auma semana exactamente, chegue o mais rápidamente possivel. CAR

publicado por carlitos às 19:40

 

 A notícia que nenhum adepto, sócio ou simpatizante do SC Braga queria ouvir, aconteceu: Domingos Paciência vai mesmo deixar o comando técnico dos bracarenses no final desta época que foi extraordinária, aconteça o que acontecer até ao cair do pano, até à saída de cena, muito menos em vésperas de duas verdadeiras finais em igual número de jogos que podem definitivamente colocar o Sp. Braga no sétimo céu: 3º lugar, ou se quiserem o segundo melhor lugar de sempre conquistado pelo clube depois de ter alcançado o 2º lugar, apenas UM ANO ANTES. E depois a atmosfera que se vai já imaginando que vaisair das bancadas do Aviva Stadium. (foto)

 Finalmente (?) fez-se luz em relação à novela ou ao tabu "Domingos Paciência" que aproveitando o «open day» sempre decretado pela Uefa nestas alturas da competição para abordarem a final e para TODOS os jogadores terem a oportunidade de deixar o seu parecer, lá foi dizendo, mesmo que por palavras pontuadas pela sua habitual calma e serenidade que a final na Irlanda seria mesmo o último jogo á frente da equipa técnica dos gverreiros do minho, do Sp.Braga.

 Se assim é, venha daí uma grande vitória para que seja ainda mais recordado, que receba um último gesto de carinho e de agradecimento pela obra feita.

 Pessoalmente desejo-lhe toda a sorte deste mundo, á excepção, como é evidente, dos jogos contra o Sp. Braga, mas conhecedor do futebol doméstico, por saber com que linhas se cose este desporto em Portugal, o espírito das claques e outros que tal; ou muito me engano ou Domingos ainda vai chegar um dia e pensar que afinal, como sempre apregoava, o dinheiro não é tudo. O clima lá para os lados de Alvalade é de cortar à faca a cada derrota, apesar de cada vez mais se irem habituando, tal como acontece em termos classificativos, já vai sendo hábito o Sporting ser visto pelo retrovisor do monolugar do SCBraga.

Se aqui em Braga, à excepção do Presidente António Salvador, em Janeiro e talvez tenha sido essa a data "culpada" por um maior desgaste psíquico entre os dois e aí ter residido a causa da promessa para com Godinho, todos acreditavam que o clube ia dar a volta por cima...do décimo lugar!!! que então ocupava a equipa dos gverreiros do minho. E conseguiu, pé ante pé até ao... 3º lugar!

Quando abordava a questão da sua saída, as primeiras palavras foram dirigidas ao público afecto ao clube: «Eu acho que os adeptos já me entenderam e sabem o que  eu quero - eu por exemplo ainda não sei!- e quais as minhas intenções. Sei que eles me perdoam porque sempre fui fiel» (é verdade, sim senhor).

 Ainda sobre a final de dia 18: «A época foi fertil em acontecimentos altos quer para mim quer para os jogadores destabrava equipa, um prémio mais que merecido pela luta, pelo treino trabalhado diáriamente, pelo empenho e acima de tudo o profissionalismo destes atletas, este prémio da presença numa final europeia é merecido, foi uma grande epopeia que queremos ver acabar bem para os lados do Minho.. Nesta altura sinto-me mais tranquilo, mais capaz de lidar com tempos de pressão, e acredito que muitas pessoas que jamais julgaram que um dia podiam vir a apoiar o SC Braga vai mesmo fazê-lo pois eu sou conhecedor de muitos casos. não um, nem dois ou três. São muitas as pessoas que vão estar ao lado do Braga em Dublin. 

 Domingos ainda acerca da mais que provável saída do emblema da cidade dos arcebispos não levantou o véu sobre o clube para onde vai depois de duas épocas de sonho ao comando técnico dos arsenalistas onde conseguiram verdadeiros feitos heróicos e classificativos outrora jamais alcançados como foi caso a posiçãode vice-campeão 2010/2011. No inicio do ano corrente quando quase todos diziam que seria dificil subir a parada ou de alcançar idêntico resultado, eis que mesmo á falta da última jornada contra o Sporting, seu opositor directo nal uta pelo terceiro lu gar, e ainda aquele que será em abono  da verdade o jogo de toda uma vida, duma carreira para a esmagadora maioria do plantel, este nãofoi tão regular como naépoca transata, mas mesmo assim pode dar parao terceiro lugar, porque as forças também estavam viradas para a "Champions"primeiro e depois paraa Europa League, onde aconteça o que acontecer jáescreveu, jáse fez história.

É só lembrar quedaqui a dez, vinte outrintaanos, nos jornai, revistas, rádios, internet ou televisão o clube da cidade de Braga vai ser lido e falado pois como finalista tem direito a esse factor importante em termos de palmarés. Mesmo não vencendo (bato três vezes na madeira da secretária onde escrevo no portátil) irá figurar para todo o sempre nessa galeria. Na restrita galeria das 101 equipas que atingiram semelhante etapa.O Sp. Braga foi precisamente o 101º clube a conseguir essa façanha. E já agora que lá vamos estar, e como já dizia o outro "as finais são para se jogar e...ganhar". Ganhemos, pois então! 

publicado por carlitos às 00:35

 

A UEFA já decidiu para a final de 18 de Maio, entre portistas e braguistas, quem será o visitado e o visitante.

Assim o sorteio ditou um FCP x SCB.

O jogo, como é do conhecimento geral terá lugar no estádio Aviva da capital irlandesa, Dublin.

 

Se o SCB fica com o lugar de visitante, não vamos pensar que foi nesta condição que na Europa League o clube perdeu os dois jogos até à final - em Poznan e em Lisboa. Se pensarmos que desta vez é só "no papel" pois ambas as equipas vão, neste caso fazer precisamente o mesmo número de quilómetros, exceptuando, para os arsenalistas a deslocação de Braga ao Aeroporto, mas em muitos casos até é mais "ela por ela". Juntado a isto a possibilidade de se contrariar o ditado «não há duas sem três» e trocá-lo pelo bem mais apetecível «á terceira é de vez»

VAMOS A ISSO, Rapazes? CAR

 

 

publicado por carlitos às 00:00

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab



15
18
19

22



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA
subscrever feeds