...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Sábado, 19 de Março, 2011

Agora venham os Ucranianos, para ajuste de contas (e ranking)

 

O sorteio da Liga Europa não contemplou qualquer embate entre equipas portuguesas nos quartos-de-final da competição, permitindo assim que Portugal se habilite a colocar três equipas entre as quatro que vão disputar as «meias». Até lá, há adversários bem distintos para ultrapassar.

O Benfica, actual campeão nacional, vai medir forças com o líder do campeonato holandês, o PSV Eindhoven . A equipa de Fred Rutten, que eliminou o «carrasco» do Sporting, Glasgow Rangers, já não tem Afellay, mas continua com jogadores de qualidade em vários sectores, especialmente no ataque . Há ainda a curiosidade de ser a reedição da célebre final da Taça dos Campeões Europeus de 1988, que os holandeses ganharam nos penalties.

Se ultrapassar o PSV, o Benfica pode vir a enfrentar...o Sp. Braga . Para isso é necessário que a equipa de Domingos ultrapasse o Dínamo Kiev , um rival que promete complicar e que chega de um país que não traz boas recordações, após os duelos com o Shakhtar Donetsk, na Liga dos Campeões. Contudo, os ucranianos também não têm grandes recordações de Portugal e quem elimina o Liverpool pode aspirar a tudo e até há quem fale em vencer a Liga Europa. Os minhotos são a única equipa portuguesa que joga primeiro fora de portas , tal como aconteceu na eliminatória com o Lech Poznan.

Pelo outro lado, corre o F.C. Porto. Os dragões sabem que só enfrentarão rivais portugueses na final e, até lá, é preciso derrotar o Spartak Moscovo , de Ibson, primeiro, e o vencedor do Villarreal-Twente, depois. Os dragões regressam à Rússia do frio e dos relvados sintéticos, para enfrentar um rival inédito e que até nem achou grande piada ao sorteio.

Jogos dos quartos-de-final:
(7 e 14 Abril)

F.C. Porto-Spartak Moscovo
Benfica-PSV Eindhoven
Villarreal-Twente
Dinamo Kiev-Sp. Braga

Meias-finais:
(28 Abril e 5 Maio)

Sp. Braga/Dínamo Kiev-Benfica/PSV
F.C. Porto/Spartak-Villarreal/Twente

Final
(18 Maio, em Dublin)

 

O Dínamo Kiev é o próximo adversário do Sp. Braga na Liga Europa. Fundado em 1927, os «Brancos e Azuis» têm no seu currículo três taças europeias: a dos Vencedores das Taças em 1975 e 1986; e uma Supertaça, também em 1975, tendo perdido a de 86.

A nível interno, se somados os campeonatos ucraniano e soviético, conquistou 26 títulos, o último em 2009, e 18 taças, com o troféu mais recente a dizer respeito a 2007. Nunca desceu de divisão, tendo alcançado o primeiro troféu continental para a URSS no tal longínquo 1975, frente aos húngaros do Ferencváros (3-0). Bateria depois o Bayern na Supertaça. Em 1986, idêntico resultado frente ao Atlético de Madrid e novo troféu. É curiosamente da autoria do Benfica a sua maior derrota na UEFA, em 1992 e na fase de grupos da Champions, por 5-0. César Brito e Iuran bisaram, Isaías também marcou.

Longe vão os tempos da força temível do Dínamo. Valeriy Lobanovskyi, um dos grandes responsáveis pelo sucesso, em duas «eras» com o seu nome, morreu em 2002, pouco depois do segundo fôlego dos ucranianos na competição. Liderado pela poderosa dupla atacante Rebrov e Shevchenko, o Dínamo chegaria aos quartos-de-final da Liga dos Campeões de 1998 e às meias-finais da edição seguinte.

O desaparecimento de Lobanovskyi coincide com a perda do domínio do futebol ucraniano. Depois de nove títulos consecutivos veriam o Shakhtar festejar. Seria com esta equipa que dividiria os campeonatos seguintes: seria campeão em 2002/03, 2003/04, 2006/07 e 2007/08, enquanto o rival festejaria em 2004/05, 2005/06, 2007/08 e 2009/10. Este ano, uma diferença de nove pontos separa os dois, com vantagem para os de Donetsk.

O terceiro fôlego europeu surgiu em 2009 e ainda está em vigor. Então, também sob o comando do ex-seleccionador russo Yuri Semin, foi derrotado pelo Shakhtar nas meias-finais da última Taça UEFA. Na temporada passada, com Valery Gazzayev ao leme, não evitou o último lugar de um grupo de Champions que contava com Barcelona, Inter e Rubin Kazan. Agora, novamente com Semin, poderá voltar a fazer história.

Yuri Semin notabilizou-se como treinador (1992/2005 e 2009/10) e presidente do Lokomotiv (2007). Antigo futebolista, representou sobretudo clubes de Moscovo como o Spartak, o Dínamo e o Lokomotiv, e só não foi treinador do primeiro. De 2007/09 levou o Dínamo ao título e à tal meia-final da Taça UEFA, mas em Maio decidiu voltar ao Lokomotiv. Infeliz, voltaria em Dezembro passado a Kiev.

A caminhada para os quartos começou na 3ª pré-eliminatória da Liga... dos Campeões. Eliminou o Gent (3-0 e 1-3), mas perdeu o play-off com o Ajax (1-1 e 2-1). Seguiu-se a fase de grupos da Liga Europa. Empatou com o BATE (2-2), perdeu com o Sheriff (2-0) ganhou ao AZ (1-2). Na segunda volta, voltou a bater os holandeses (2-0) e os bielorrussos (4-1), e empatou com os moldavos (0-0). Seguiram-se o Besiktas e duas goleadas (1-4 em Istambul, 4-0 em Kiev) e, finalmente, o Manchester City (2-0 em casa, derrota fora por 1-0).

O último onze: Shovkovskiy; Danilo Silva, Leandro Almeida, Yussuf e Popov; Eremenko e Vukojevic; Gusev, Ninkovic (Zozulya, 46) e Yarmolenko (Betão, 90); Shevchenko (Garmash, 62).

No plantel, óbvio destaque para Shevchenko. No ataque estará bem coadjuvado por Gusev e Milevskiy. Eremenko é referência no meio-campo, e na baliza estará o esforçado Shovkovskiy.

Plantel:

Guarda-redes - Olexandr Shovkovskiy, Stanislav Bogush, Maxym Koval e Denys Boyko;

Defesas - Danilo Silva, Betão, Goran Popov, Taras Mikhalik, Andriy Nesmachniy, Badr El Kaddouri, Yevhen Khacheridi e Leandro Almeida;

Médios - Tiberiu Ghioane, Ognjen Vukojević, Facundo Bertoglio, Denys Garmash, Oleh Gusev, Gérson Magrão, Roman Eremenko, Milo¿ Ninković, Ayila Yussuf e Vladyslav Kalytvyntsev;

Avançados - Andriy Shevchenko, Andriy Yarmolenko, Artem Milevskiy, Frank Temile, Artem Kravets, Roman Zozulya e Guilherme.

 

É curto o registo de confrontos europeus do Sp. Braga com equipas ucranianas. Resume-se ao duplo embate com o Shakhtar Donetsk, nesta temporada, a contar para a fase de grupos da Liga dos Campeões, e saldou-se por duas derrotas: 0-3 em Braga, e 2-0 em Donetsk.

Já no que se refere ao Dínamo Kiev, a lista de confrontos com equipas portuguesas é bem mais extensa, com a particularidade de ter sempre saldo positivo para os representantes lusos.

Assim, nos 10 jogos já efectuados, há 7 vitórias lusas e apenas três dos ucranianos. O ciclo de embates começou em 1987, com a dupla vitória do F.C. Porto, nas meias-finais, rumo ao título europeu em Viena. O último confronto foi também com o F.C. Porto, e a equipa então comandada por Jesualdo Ferreira rectificou em Kiev a derrota sofrida no Dragão, seguindo em frente na Liga dos Campeões:

1986/87, Taça dos Campeões (meia-final): F.C. Porto-Dínamo Kiev, 2-1
1986/87, Taça dos Campeões (meia-final): Dínamo Kiev-F.C. Porto, 1-2
1991/92, Liga dos Campeões (fase de grupos): Dínamo Kiev-Benfica, 1-0
1991/92, Liga dos Campeões (fase de grupos): Benfica-Dínamo Kiev, 5-0
2001/02, Liga dos Campeões (fase de grupos): Boavista-Dínamo Kiev, 3-1
2001/02, Liga dos Campeões (fase de grupos): Dínamo Kiev-Boavista, 1-0
2007/08, Liga dos Campeões (fase de grupos): Dínamo Kiev-Sporting, 1-2
2007/08, Liga dos Campeões (fase de grupos): Sporting-Dínamo Kiev, 3-0
2008/09, Liga dos Campeões (fase de grupos): F.C. Porto-Dínamo Kiev, 0-1
2008/09, Liga dos Campeões (fase de grupos): Dínamo Kiev-F.C. Porto, 1-2

 

REACÇÕES ao sorteio:

 

O treinador do Dínamo Kiev, Yuri Semin, está alerta para os perigos que o Sp. Braga pode trazer para a sua equipa, na Liga Europa, embora admita que ainda não conheça ao pormenor o rival que lhe calhou em sorte.

«Vamos precisar de estudar o Sp. Braga ao pormenor. Mas vi os jogos com o Shakhtar, na Liga dos Campeões, e é uma equipa que eliminou o Liverpool nos oitavos-de-final. Ficaram em segundo lugar no último campeonato português. É uma equipa ambiciosa», afirmou Yuri Semin, em declarações ao site oficial do clube.

Semin garantiu, ainda, que «não tinha preferência» no sorteio e lembrou que na preparação do encontro «nada pode falhar».

 

 

 

 

 

publicado por carlitos às 00:44

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
9
11

17

20
21
22
23
24
25

27


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA
subscrever feeds