...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Terça-feira, 30 de Dezembro, 2008

Estando a praticamente 24 horas do final de 2008, a minha alma de bracarense mas primeiro de braguista, “obriga-me” a desejar para o próximo ano muitos sucessos desportivos para o meu Braguinha.

Se em relação a este ano, num pensamento geral não temos muitas queixas, apesar de saber a pouco a nossa presença nas taças nacionais (da Liga na sua 1ªedição e a de Portugal onde temos uma honra a defender) já na UEFA a passagem aos 1/16 avos de final onde caímos aos pés de um Werder Bremen vindo como 3º classificado da “Champions” (injustamente, se atendermos que no jogo de primeira mão podíamos ter trazido um resultado melhor da Alemanha e que acalentasse outras aspirações na eliminatória) apesar de representar pior resultado que na época anterior onde paramos nos 1/8 com os ingleses do Tottenham, não deixa de ser resultado de montra se atendermos que pela própria Direcção qualquer resultado que passe a fase de grupos é positivo, nós na qualidade de adeptos que queremos sempre mais até pode saber a pouco. Aliás acho que esse deve ser o pensamento de alguém que vê no SCBraga uma colectividade que a curto prazo, conseguindo manter a média de performances, aliado a uma boa politica de contratações e que estas não saiam goradas nas suas expectativas como muitas vezes acontece, pode sair campeão da Liga ou como tanto deseja o “nosso” presidente pelo menos vencedor duma tacinha.

Voltando ao raciocínio anterior relacionado com a taça UEFA porque entretanto ainda lá nos mantemos como dignos representantes de Portugal, devo deixar aqui depositadas as minhas esperanças na passagem aos 1/8 de final e dessa forma pelo menos igual a melhor performance uefeira dos guerreiros do Minho (em todo o seu historial) apesar de acreditar piamente (porque passando o Standard Liège teremos quase de certeza umas continhas a ajustar com os germânicos do Wolfsburg, pois não vejo, actualmente argumentos suficientes ao Paris Saint Germain, de levar de vencida os alemães) que podemos bater recordes com essa presença nos quartos de final da taça UEFA e então aí meus senhores desculpem lá mas tudo é possível, inclusive a tal tacinha que o presidente Salvador tanto fala.

De volta á lides domésticas, o 7º lugar não foi consentâneo com os últimos resultados tendo inclusive sido o pior da era Salvador contra dois 4º e um 5º lugar (se excluirmos a primeira época deste presidente que rés vês conseguiu a manutenção partindo depois para o sucesso desportivo que todos conhecemos, mas nela entrou já na parte final ainda a tempo da...salvação) mas se atendermos que via Intertoto conseguimos resultados meritórios que nos levaram para já aos 1/16 avos de final deixando pelo meio verdadeiras epopeias por essa Europa fora como foi exemplo o facto de Eduardo se ter tornado no guarda-redes português com mais minutos conseguidos sem sofrer golos, e não fora um remate digno dos deuses do futebol como Ronaldinho e para além de ter aumentado o numero de minutos a nossa equipa tinha sido naquela quinta-feira saído de San Siro com um resultado histórico e de todo merecido, sabendo a pouco o próprio empate quanto mais a fatídica derrota, conjugando estes dados podemos considerar bastante meritório o percurso do SCBraga na UEFA via Intertoto, esperando com bastante expectativa pelo mês de Fevereiro altura em que vamos receber no Estádio Axa os belgas para podermos pensar noutras contas com os germânicos e assim poder escrever mais uma bela página na história de (quase) 88 anos do SCBraga. Vamos aguardar e enquanto isso, continuar a campanha na Liga para tão breve quanto possível, se atinja o patamar mínimo exigível para a qualidade do plantel desta época do Sp. Braga: o 4º ou 5º lugares e assim conseguir mais uma classificação para a UEFA, apesar de no meu íntimo, se conseguirmos uma boa regularidade nas próximas jornadas e nos colarmos aos primeiros podemos mais lá para a frente estar mano a mano com os habituais 3 grandes a lutar por um lugar no pódio. Assim seja escrito nos jornais e revistas em finais de Maio. Assim desejo tudo de bom para os nossos guerreiros para o resto da temporada que é já ali ao virar do ano.

 

 

sinto-me:
música: "blue Navajo" - Zamfir (velhinho...)
tags:
publicado por carlitos às 23:22

Vivam todos que este blogue visitam!

 

É de meu interesse com a publicação deste blogue dar a conhecer a amigos e outros que passam nesta área navegável, artigos por mim escritos e publicados na revista "LexForum" ou outros títulos  que entretanto possam aparecer para eu abraçar, para além de pensamentos ociosos, as chamadas mensagens (muito)suaves (onde é que já li isto?)  junto com pensamentos de outro cariz que seja para refletir e intervir senão no momento quando descobrir esta nova forma de comunicar.

 No caso do artigo "fim de ano", antecipo-me á própria publicação que vai acontecer na primeira semana de Janeiro, mas não estando a roubar direitos de autor, creio que mantenho neste cantinho as minhas propriedades (desde que a mão alheia não venha e estrague tudo...)

 

Por isso a todos que se reúnam neste blogue desde já e quando estamos a pouco mais de 24 horas do final do ano de 2008, desejos de boas entradas que o ano de 2009 seja cem por cento positivo e que traga bons ventos ao contrário deste que agora finda que ficará rotulado como o ano das crises dos preços absurdos e do desemprego desenfreado.

sinto-me:
música: the cristal ship - the doors
tags:
publicado por carlitos às 15:19

 

O final do ano, surgiu, mais uma vez repentinamente, como acontece todos os anos. Prenúncio de que corremos céleres na celebração de cada Natal de cada Páscoa que as férias chegam depressa em cada Verão das nossas vidas. Até parece que os dias de hoje são mais pequenos do que os de ontem. A vida afinal acontece tão depressa que urge celebrar cada ocasião como se fosse a última.

Na minha infância Dezembro era o mês mágico. Da magia vinda dos presépios que criavamos com todo o cuidado com as figuras biblicas colocadas estrategcamente sobre o musgo que tinha trazido do monte ás postas e do pinheirinho que assinalava a luz do nascimento e que emprestava á casa um aroma a pinho que ficou para sempre na minha memória.

O Dezembro era a minha libertação. Sonhava o ano inteiro com o dia em que ia ao monte que ficava logo ali bem pertinho de casa de meus avós e de lá trazia a magia carregada ao colo. Eram outros os tempos. Tempos que passavam devagar para que nos deliciassemos de cada momento porque seriam únicos e porque afinal eram tempos de infância. Um tempo tão pequeno quanto nós.

Certamente, por isso mesmo, o que mais saudades traz nesta época de final de ano. Depois seria tempo de crescer e de deixar as magias para trás. Ou como escreve o Carlos Tê na música do Rui Veloso “É triste ser-se crecido e não ter mais redea solta.Ir descobrir o sentido Do mundo à nossa volta É triste dizer adeus Aos nossos velhos cantinhos E ouvir a nossa mãe A mandar-nos ir sózinhos” Ou que triste é ter de trocar os calções pelo colarinho apertado, ter cartão de Identidade já com outro penteado. É tudo verdade sim senhor. É com estas músicas que vamos crescendo e dando sentido á nossa vida. Hoje tudo é diferente. Desapareceram as pessoas que mais amamos por que envelheceram e pereceram, as mesmas que nos sorriam a cada chegada do mês de Dezembro, para passar o Natal e Fim de Ano. Pais, Avós, tios, primos pessoas que nos ajudaram a construir esses sonhos e que recordamos com saudade a cada ano que passa. Agradeço ter meus pais para me ajudarem a lembrar alguns cantinhos esquecidos dessa meninice feita com musgo e pinheiros, com rabanadas e aletria. Com foguetes feitos de canas de milho ou ainda daquela lareira que estava sempre acesa para nos aquecer depois de uma jornada ao frio cortante dos montes que ficavam nas faldas do Gerês.

Apesar de tudo ser diferente, hoje venho aqui com alegria porque afinal sempre posso sonhar que dali o mundo até parecia um lugar feliz onde era bom viver. Por isso, ás vezes lembro que o Carlos Tê continua a ter razão: É triste ser responsável Guardar horas na cabeça Ter tantas obrigações Que fazem andar depressa Ai como é bom recordar Esse tempo de criança Às vezes queria parar Crescer muito também cansa.

música: lucy - nick cave and the bad seeds
tags:
publicado por carlitos às 15:11

Segunda-feira, 29 de Dezembro, 2008

 

  Nascido no Concelho de Vieira do Minho, na freguesia de Parada de Bouro, muito conhecida pela qualidade dos seus vinhos e frutos, sobretudo laranjas, muito cedo fui para Braga com a idade de 3 anos e onde ainda vivo actualmente.

  Já exerci bastantes profissões desde Farmácia até á Animação de Internet na Delegação de Braga da INATEL, inserido no programa "Net para todos", passando pela Rádio e Jornalismo onde actualmente exerço na qualidade de free-lancer, colaborando com a mui nóvel revista "LexFórum"; cujo 1º número sai no ínicio de 2009. Nas Rádios estive práticamente na actividade uma década com passagens por rádios como as já extintas Baixo Minho ou 2000 (actual Antena Minho) Televisão do Minho ou Vila Verde até ás ainda existentes Rádio Universitária do Minho e Rádio Castelo de Lanhoso.

  Repartindo funções tão variadas, passei por vários departamentos como foi o caso da R.U.M. onde para além de Animador/Locutor com o grande programa que foi "Sons da Pátria" ainda dividia tempo com o jornalismo e actividades administrativas. Foi aqui que dei o 1º passo como profissional, depois seguiriam-se as rádios de Póvoa de Lanhoso e a Rádio Televisão do Minho. Na primeira fui chefe de redacção e lá vivi bons momentos que deram para travar conhecimento com grandes figuras dos mais variados quadrantes da sociedade. Desde o 1º Ministro até ao Presidente da República (Mário Soares) passando por Arcebispos, Políticos, entidades do Desporto Nacional... Na última fui responsável pelo programa nocturno "Fora d´horas" tendo ainda apresentado novamente o programa "Sons da Pátria". Programa que a altura da RUM, batera o recorde de horas (2000) sendo de programação diária havendo uma época que transmitia 2 horas por dia 5 dias por semana.

Seguiu-se um periodo de "reflexão" onde passei por outras actividades até aos dias de hoje onde trabalho como Animador/Monitor de Internet na Inatel de Braga e colaboro jornalisticamente com a citada revista "LexForum".

sinto-me:
música: "stolen memories" e "Yeroushalem chel zahav" - Berlin Simpho
tags:
publicado por carlitos às 23:54

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
31


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA
subscrever feeds