...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Domingo, 12 de Dezembro, 2010

 

 

Com uma equipa de recurso (não, não quero fazer disto desculpa) onde metade da equipa esteve ausente, o Sp. Braga perdeu esta noite no estádio da Luz por duas bolas a zero em jogo dos 1/16 finais que esteve para ser jogado á alguns dias atrás no fim de semana da cimeira da NATO, mas que por esse facto (segurança) teve de ser jogado hoje. Uma vitória feliz pois no jogo jogado qualquer equipa podia sair vencedora tal o equilibrio patentado. Porém um golo de Saviola, aos 37 minutos num lance que já não se usa, através de um lançamento de linha lateral começou por deitar por terra o sonho de sair vencedor de Lisboa. O segundo da autoria de Pablo Aimar já em periodo de descontos ditou injustiça no placard. Um jogo cauteloso pois era a eliminar e qualquer erro podia ser fatal, como aconteceu no lance do golo de Saviola. Continua assim a malapata bracarense na casa dos encarnados com apenas uma vitória em todo o seu historial. Assim depois de 45 minutos jogados taco a taco em que sobressairam algumas exibições de jogadores do Sp.Braga mormente Sílvio, Guilherme e Artur que parece vai lutar mano a mano com Felipe mercê de mais uma exibição segura apesar dos golos sofridos, sem culpa, diga-se em abono da verdade. Objectivo falhado pelo Sp. Braga que há 12 anos não chega ao Jamor, mas como referiu Domingos equilibrio foi predominante faltou uma pontinha de sorte algumas acções do árbitro - sobretudo no segundo amarelo que não foi mostrado a Maxi Pereira e a David Luís, jogar com menos jogadores podia ser mais fácil possivelmente chegar a outro resultado. A verdade é que mesmo o encostar da mão na face do adversário costuma mandar o prevaricador para fora de jogo mas hoje não foi o caso. Foram dois lances mal ajuizados por Carlos Xistra pois foi indiscutivel o lance de D. Luís na face de Alan e mesmo a entrada por trás á margem das leis de M.Pereira devia dar segundo amarelo. Enfim mais do mesmo! O Sp. Braga revelou ainda algumas dificuldades em chegar á baliza de Júlio César mas as poucas que conseguiu criou perigo, obrigando numa delas o brasileiro a arrojar-se para evitar memso na linha de golo o tento arsenalista. Realmente a ausência de jogadores fulcrais no xadrez da equipa - apesar de, como referimos mais uma vez, os substitutos estiveram á altura, mas o perfume não é óbviamente o mesmo, fez-se sentir. Foram-se os anéis, agora vamos continuar a lutar pelo campeonato e pensar já no jogo da próxima sexta-feira, frente a um adversário este ano directo como é o caso da Académica. Das quatro competições, em abono da verdade a Champions não era objectivo chegar á final, mas pode ser que a Liga Europa traga algo de bom para as hostes bracarenses, para já continua-se a acreditar que esta equipa ainda vai dar uma (ou mais) alegria aos seus sócios, adeptos e simpatizantes. Vamos esperar pela Taça da Liga onde mediremos forças com os amigos de Guimarães num duelo sempre digno de ser visto. Creio que passado esse obstáculo e não querendo menosprezar os outros adversários, no caso P. Ferreira e Arouca a final fica mesmo ali á mão. Depois é esperar por um jogo onde o campo não esteja como de costume inclinado para um dos lados. A cereja em cima do bolo era uma final entre minhotos: um SCBraga vs Gil Vicente. Isto para além do campeonato onde ainda temos uma palavra a dizer. Nada está perdido, pois estamos a poucos pontos de distância quer do lugar que ocupamos a época passada no final, quer dos lugares eufeiros, por isso nada de lastimar o que ainda pode ser remediado com bons resultados. Mais uma vez não querendo usar qualquer tipo de desculpa - jamais o farei nestas colunas - a verdade é que o Sp. Braga é o grémio que mais jogos tem nas pernas neste momento, mas eu também não queria o contrário pois época após época com andanças habituais quer na C.League quer na L.Europa ou nas taças domésticas e Liga, o hábito há-de fazer o monge e mais cedo ou mais tarde teremos uma cultura de jogar duas vezes por semana que vai tornar as coisas mais fáceis e por isso mais fácil chegar aos troféus em jogo. Assim nascem e crescem as grandes equipas, pois mesmo as que estão habituadas a esse ritmo de dois ou mais jogos por semana nem sempre aguentam o ritmo e fazem o minimo exigivel. Por isso haja calma que atrás do tempo o tempo vem...

publicado por carlitos às 23:12

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
14
16

21
22
23
24

26
27
28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA