...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Quinta-feira, 10 de Novembro, 2011

O museu Casa da Memória pretende ser uma 'casa de encontro' da cidade de Guimarães com o indivíduo, retratando a 'cidade Património da Humanidade' através de cada vimaranense e será construído ao abrigo da Capital Europeia da Cultura 2012.

O projeto está a cargo da artística plástica brasileira Bia Lessa e prevê um investimento de quatro milhões e meio de euros para transformar a antiga fábrica de plástico 'Pátria' no 'retrato sentido' de Guimarães.

Em entrevista à Agência Lusa, Bia Lessa explicou que a Casa da Memória difere dos outros museus 'porque é um museu do anónimo' em que o 'grande tesouro' é a 'individualidade da memória, dos pensamentos, do que cada um come, ouve e da forma como anda'.

Sem revelar peças artísticas concretas, Bia Lessa adiantou que na Casa da Memória pretende 'retratar uma cidade que é Património da Humanidade através das suas gentes'.

Isto porque, defendeu, 'o património não se faz só de monumentos e mesmo esses monumentos são feitos por alguém, por gente'.

A artista, que se descreve como sendo uma 'apaixonada pelo indivíduo', vai 'compor' o museu com as 'histórias de Guimarães, contadas pelo cidadão anónimos e não apenas pelas pessoas famosas'.

Assim, as 'gentes' de Guimarães vão 'povoar' a Casa da Memória com o 'riso, as histórias, profissões, gestos, musicas, sons e sabores'.

Para isso, revelou Bia Lessa, e com a ajuda da Universidade do Minho, 'estão a ser feitas centenas de entrevistas aos indivíduos vimaranenses, desde cutileiros, pasteleiros, cozinheiros, artistas, uma imensidão de pessoas'.

Situado nas instalações da antiga 'Pátria', este 'novo' museu tem por objetivo 'por o homem de Guimarães a falar para o mundo'.

'Estas pessoas moram em Guimarães mas podem falar para o mundo. E o Mundo pode cá vir falar com estas pessoas. A beleza deste museu vai ser essa: cada visitante vai fazer parte do museu que se transforma a cada visita', explanou.

O 'desejo' de Bia Lessa é que a Casa da Memória se transforme numa 'casa de encontro' de Guimarães pois, na conceção da artista, 'um museu contemporâneo deve ser um espaço de encontro lúdico, de lazer e de pensamento da própria cidade'.

Bia Lessa revelou ainda que a Casa da Memória irá ter 'indicações de vários percursos da cidade' e 'exposições temporárias em constante mudança'.

Este 'museu-casa' será, assim, 'um ponto de partida para conhecer Guimarães e conhecendo Guimarães quem visita o museu conhece o mundo'.

Sobre a Capital Europeia da Cultura, Bia Lessa afirmou que vê nesta iniciativa uma 'oportunidade'.

'Uma Capital da Cultura deve é um momento de convergência de culturas do mundo todo. É um momento de diálogo. As muralhas estão aqui mas estão abertas. Ter esta oportunidade é ter a hipótese de dialogar com o mundo contemporâneo', disse.

Para Bia Lessa, Guimarães tem 'um encanto especial', não só pela 'história milenar' mas porque também 'conta a História do Brasil, que também começou em Guimarães'.

A oportunidade de conhecer e 'trabalhar Guimarães' é assim para a artista 'o realizar de um conto de fadas que aprendeu na escola mas que agora pode ver e sentir'.


publicado por carlitos às 14:58

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

4

11
12

13
18
19

20
21
25

28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA