...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Terça-feira, 08 de Novembro, 2011
 
O jogo entre SC BRAGA E SL Benfica do último Domingo trouxe à baila uma questão que abrange várias vertentes mas a sociológica- para este artigo - é a que mais se evidencia.
Quando há algum tempo atrás se falava em apoio benfiquista para além de Lisboa, Braga era a cidade que albergava o maior número de adeptos que em muitos casos ficavam divididos no apoio a dar quando se tratava desse desafio entre arsenalista e benfiquistas.
O último gesto de boa vontade bracarense que me ocorre foi a utilização do 1º de Maio para o jogo entre Moreirense e Benfica. 
E nessa altura ainda não "morava" na estrutura directiva dos arsenalistas, António Salvador.

 

De então para cá e que coincide com a chegada de António Salvador á cadeira de Presidente do grémio arsenalista houve o cuidado de angariar para o SC Braga os supostos indecisos e ao mesmo tempo com uma atitude de marketing contextualizado com visitas a escolas do concelho e outros limitrofes, como por exemplo Vila Verde, com o intuito de criar empatia entre o clube o os mais jovens ao mesmo tempo que havia a "preocupação " de acabar com o benfiquismo entre adeptos do emblema de N.Senhora de Braga.
Salvador que nunca escondeu a sua costela portista, é acima de tudo um homem do Norte ou se quiserem anti-benfica.

 

Isso ficou demonstrado com o apoio a Pinto da Costa em questões do âmbito jurídico e que trouxe para as primeiras páginas dos jornais temas como o apito dourado, entre outros.
Mas o que se destaca é sem dúvida alguma, a subida (de cerca de 3.000 para atingir actualmente cerca de 25.000 sócios!) de sócios e adeptos entre a camada mais jovem ao mesmo tempo que começavam a apresentar um atitude anti-benfica.
E se algo mais fosse necessário para além da atitude e do trabalho no sentido de conseguir mais apoiantes para o clube de Braga, para afirmar o clube como sendo a imagem de uma cidade, outros factos ocorreram que favoreceram o trabalho de Salvador.


O mais mediático foi o caso do tunel e o afastamento aos pés do SC Braga do SL B da final de Dublin.
Mas o primeiro trouxe repercussões desportivas que fizeram com que alguns adeptos vissem no emblema encarnado de Lisboa o seu adversário maior.
O castigo com sabor a injustiça dado a Vandinho e Mossoró - uma das imagens mais marcantes é a forma como Mossoró festejou o seu golo logo após cumprir o castigo - e a duração do castigo ao capitão arsenalista, que em muito contribuiu para que o Benfica vencesse o campeonato onde o SCB terminaria em segundo, foram factos que ajudaram a esse aumentar de tensão entre os dois emblemas.
Contam algumas vozes não fosse esse longo priodo de ausência de Vandinho e as contas finais  seriam outras incluindo a possibilidade de o SCB ter sido campeão nacional.
Acredito que este facto foi o que mais contribuiu para que hoje se assista a um maior apoio ao Sp. Braga ao mesmo tempo que muitos dos benfiquistas em Braga deixaram de o  ser e passaram a apoiar o Braga, também apoiados nas últimas belas performances da equipa na Liga portuguesa e na Uefa.
São os próprios adversários que afirmam que depois dos três grandes o SC Braga é a equipa chamada de 4º grande e até há quem se refira a esse tema dizendo que agora são de outro campeonato.


Sem sombra para dúvidas que o SC Braga "de" António Salvador conseguiu proezas até aí nunca atingidas onde referimos o número de jogos na europa que duplicou, a presença inédita por via do segundo lugar, na Champions, a vitória na extinta Intertoto, o próprio segundo lugar e vários quartos lugares para além de se ter batido um sem número de recordes desde a defesa menos batida do campeonato, passando pelo maior número de pontos conseguido num campeonato, maior número de vitórias, melhor performance em casa e mais vitórias fora do Axa num campeonato....


A visita de emblemas cujo nome dispensa apresentações e que constituem nomes sonantes do futebol mundial já passaram pela Pedreira ou foram visitados pelos gverreiros do minho - Bayern München, AC Milan, Estrela Vermelha, Werder Bremen, Dinamo de Kyiv, Shaktar Donetsk ou Arsenal. Só nesta amostra estão alguns clubes que já venceram a Liga dos Campeõs ou a Taça Uefa para além de no seu país apresentarem palmarés dos mais ricos.


Hoje, e ao contrário do que se assistia no 1º de Maio onde a onde benfiquista abafava a bracarense, no Axa os benfiquistas estão restringidos ao lugar reservado á claque de apoio e apenas meia dúzia de bandeiras de vislumbram no restante espaço do recinto reservado ao público.

Isso é por demais evidente e em conclusão nota-se e confirma-se que com Salvador o Braga passou a ser o clube dos bracarenses e o Benfica passou a ser "persona non grata"
O resto trata a comunicação social de fazer o seu papel muitas das vezes de forma menos imparcial o que só ajuda a que esse apoio se avolume.
Assim, os desfios entre SCB E SLB passaram a ser derby nacional como já eram o FCPorto Sporting e Benfica mas neste contexto vale o sucesso do Sp. Braga, cuja estrutura trabalhou muito para hoje estar no lugar que por mérito próprio ocupa. Não serão escaramuças que afinal podem acontecer a qualquer grande clube que vão beliscar o belo trabalho desta equipa comandada por Salvador e que tecnicamente teve a ajuda de Toni - o primeiro treinador ao leme do SC Braga era Salvador -, Jesualdo Ferreira, Jorge Costa, Carlos Carvalhal, Caldas, R. Gonçalves, Jorge Jesus, Domingos Paciência ou Leonardo Jardim 
ou jogadores que conseguiram carisma: Vandinho, Alan, Quim, Sílvio, Mossoró, Hugo Viana, Rentería, Meyong, Lima, Moisés, Nem, Nunes, Jorge Luís, João Pereira, Luís Filipe ou Wender, Abel, João Tomás, Barroso, Castanheira, Paulo Jorge, Paulo Santos, Andrès Madrid, Wooter, Hugo Leal, Zé do Golo, João Vieira Pinto ou Nuno Gomes....
Nesta amostra quantos se tornaram internacionais AA quando estavam no SCBraga?
Quantos foram considerados dos melhores a jogar na sua posição com real destaque para o sector defensivo?
Quantos passaram a jogar em equipas estrangeiras de grande gabarito ou num dos três grandes?
Quantos guarda-redes se tornaram internacionais com o emblema do Sp. Braga?
Qual será o emblema que não se deve orgulhar de ter recebido nomes como João Tomás ou Quim, JV Pinto ou Nuno Gomes?
Tudo serve para abrilhantar os 90 anos de história deste clube e o seu palmarés que excluindo a Taça de Portugal, conseguiu os maiores desafios os maiores feitos da sua história.
Sinais dos tempos actuais, da pujança da equipa que continua a emiscuir-se entre os grandes e osídolos passaram a ser Alan, Lima Mossoró, Quim ou mesmo Nuno Gomes - dois simbolos do Benfica campeão - em detrimento de jogadores benfiquistas.
Nota negativa sem dúvida para o caso do túnel, para as recentes e polémicas afirmações hipoteicamene proferidas por Javi Garcia de âmbito racista - este assunto ainda vai fazer correr muita tinta que pode muito bem terminar em sanções.
Já se fala em castigo para Alan e... multa para o espanhol...
Onde aqui há alguma semelhança - a acontecer - com o castigo a Vandinho?
Para ver nos próximos tempos a acção da (in)Justiça
publicado por carlitos às 18:44

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

4

11
12

13
18
19

20
21
25

28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA