...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Quinta-feira, 03 de Novembro, 2011

 

NOTICIAS DO ENORME DO DIA 03/11 

 
Leonardo Jardim: “Só dependemos de nós”
O Sporting de Braga procura a primeira vitória em casa na Liga Europa, no sentido de discutir os lugares de apuramento para a próxima fase. Leonardo Jardim apela à “responsabilidade” do jogo, mas também deixa passar um sinal de confiança. “É uma partida fundamental para o nosso percurso, porque em caso de vitória coloca-nos numa posição de apuramento, independentemente dos resultados dos adversários. Queremos passar esta fase e para tal temos de vencer e colocar-nos nos lugares de apuramento”, vincou o treinador dos bracarenses.
Leonardo Jardim vive o presente a cem por centro, passando ao lado do passado e adia o futuro. A responsabilidade do Braga na Liga Europa “é a mesma de sempre” e afirma que “não cresce nem diminui” pelo facto de ter sido finalista na edição do ano passado. “Se fizermos uma observação do onze que jogou a final de Dublin, o Braga apresenta três jogadores. Reparem que o Custódio e Paulo César ainda nem deram contributo à equipa, mas este ano por causa de lesões quase nem jogaram”, explicou. “Estamos a falar de poucos jogadores dessa altura, por isso mudaram os jogadores e as coisas tornam-se totalmente diferentes”, salientou o treina-dor. E assim como se distancia do passado, também rejeita a ideia de antecipar o futuro. Faltam quatro dias para o duelo com o Benfica, no campeonato, mas Leonardo Jardim só aborda o presente, ou seja, o jogo desta noite com o Maribor. “Temos uma forma de trabalhar que é orientar o nosso trabalho no jogo que vem a seguir e não pensamos no futuro, porque temos de vencer no presente”, apontou o treinador do Sporting de Braga.
O jogo com o Maribor não se reveste de grandes segredos, até porque Leonardo Jardim recusou a ideia de ter sido surpreendido no jogo da Eslovénia. “Conhecemos muito em a equipa do Maribor, e tem uma equipa de qualidade que procura sempre discutir o jogo ao máximo”. Os trabalhos de casa estão feitos, com a missão definida para os jogadores que vão defender as cores do Braga.
“Esperamos uma estratatégia com postura dominante e ambição de vencer para cumprir objectivos nesta fase. Pretende-se uma atitude forte como tem feito até aqui”, salientou Leonardo Jardim, em relação à mensagem que deixou passar para o seu grupo de trabalho.

Quim: “Queremos vencer mais do que ninguém”
O nível de exigência dos adeptos do Sporting de Braga é cada vez maior. Querem sempre mais, e os jogadores estão determinados em corresponder aos desejos do público. Foi com naturalidade que o guarda-redes Quim comentou, por exemplo, o foco de contestação gerado no final da última partida em Coimbra. “O Braga é um club e com responsabilidades e é natural que os adeptos exigem de nós e queiram vitórias. Dentro de campo tudo fazemos por isso, mas às vezes os jogos não correm como queremos. Compreendemos a situação dos adeptos mas mais do que ninguém queremos vencer”, explicou. “O grupo está unido e concentrado num único objectivo que passa por vencer os jogos que temos pela frente”, salientou Quim.
Foi num tom ambicioso e, simultaneamente responsável, que Quim fez a antevisão do embate com o Maribor. Consciente da importância do desafio, Quim destacou ainda “não estamos a obrigados a ganhar somente este jogo, estamos obrigados a ganhar todos os jogos”. No duelo desta noite, salientou que é necessário “estar mais do nunca concentrados e unidos para levar avante sobre este adversário”.
O guarda-redes do Sporting de Braga escusou-se inclusive a falar já do embate para a Liga Portuguesa com o Benfica. “Só pensamos neste jogo (Maribor) e depois vamos pensar no outro adversário (Benfica). Sabemos da responsabilidade deste jogo e para seguir em frente nesta prova temos de vencer este jogo”, vincou Quim, em sinal de concentração máxima do grupo para o desafio da Liga Europa.

Darko Milanic: “Não perder já é bom”
A humildade ficou patente no discurso do treinador do Maribor, Darko Milanic, ao atribuir o favoritismo ao Sporting de Braga para jogo desta noite. Foi mais contundente ao salientar que não perder já será um bom resultado.
Para Darko Milanic, o maior conhecimento da equipa portuguesa adquirido depois do jogo de há duas semanas em Maribor (1-1), não torna a partida mais fácil.
“O Sporting de Braga apresenta um excelente futebol e, além disso, precisa de ganhar, por isso vai ser muito difícil', disse.
A equipa comandada por Leonardo Jardim é a terceira classificada do grupo H com quatro pontos e a do Maribor é quarta e última com um, enquanto Birmingham e Club Brugge, que se defrontam no outro jogo do grupo, lideram com seis pontos. Apesar da classificação, o discurso do técnico não é muito ambicioso, tendo em vista a passagem à fase seguinte da Liga Europa, em que disse ainda acreditar: “Não perder o jogo seria um bom resultado”, frisou
Darko Milanic considera que, apesar de “muito importante, o jogo ainda não é decisivo”, mas assegurou que a equipa “vai fazer tudo o que é possível para ganhar”. O médio Agim Ibraimi, autor do golo do Maribor no jogo na Eslovénia, disse esperar “um jogo muito difícil” e sugeriu a posse de bola como uma das receitas para contrariar o favoritismo bracarense. A grande aposta do Maribor passa por responder em lances de contra-ataque.
CORREIO DO MINHO
 
SC Braga considera fundamental jogo com Maribor
Bracarenses abordam jogo fundamental com boa disposição e confiança. Balneário blindado às críticas do exterior. É hoje dado o primeiro passo num Novembro de máxima exigência.

Onde há um sorriso há esperança. E se houve sentimento que o SC Braga expôs ontem naqueles reduzidos 15 minutos de treino à porta aberta, que antecedem os grande desafios europeus, foi mesmo o de uma alegria aparentemente genuína, sinal de que os ecos da contestação que se seguiram ao jogo com a Académica não ressoaram na consciência no plantel. Sim, um empate com a Académica já não satisfaz o público minhoto nem o quarto lugar no Campeonato sossega os espíritos mais inconformados.

Culpa da Liga Europa, culpa de um passado rico em história na UEFA, que elevou o estatuto do clube e aumentou imenso a responsabilidade da equipa de Leonardo Jardim. O madeirense está tranquilo e fez ontem a apologia do trabalho feito num ciclo que é de renovação. No caso de jogo de hoje, frente a um Maribor que se revelou muito atrevido há duas semanas, ele abre uma série de compromissos em Novembro que coloca os guerreiros perante um quadro de esforço bastante acentuado. Depois dos eslovenos vem o Benfica, para a Liga Zon Sagres, mais tarde o Sporting, para a Taça de Portugal, o FC Porto na 11.ª ronda do Campeonato e, finalmente, o Birmingham, no Axa.


Hélder Barbosa dá o exemplo
Assina 60 por cento dos golos do SC Braga no Grupo H da Liga Europa. O extremo marcou dois ao Birmingham e facturou com o Brugge. Guerreiros somam cinco golos nesta fase da prova.

Hélder Barbosa será um dos argumentos de peso do SC Braga, esta noite, na procura do triunfo sobre o Maribor, e é assim, não apenas pelas jogadas inspiradas que o extremo desenha, mas também pelo magnetismo que o português exibe em relação às balizas adversárias. O melhor marcador dos guerreiros, até ao momento, na temporada é responsável por 60 por cento da facturação atacante da equipa na fase de grupos da Liga Europa.

O Braga não apresenta um ataque devorador, mas há determinação entre os minhotos para elevar o grau de eficácia ofensiva na segunda volta do Grupo H da prova da UEFA. Marcar golos é fundamental para o sucesso que os guerreiros procuram e nessa matéria, há que olhar para Hélder Barbosa como um dos mais calibrados no tiro no plantel bracarense.
A BOLA

Defesa posta à prova
arsenalistas sofreram 6 golos nos últimos 4 jogos europeus
A melhor defesa do campeonato português ainda continua à procura do norte na Europa. Hoje, frente ao Maribor, o sector recuado dos arsenalistas terá uma prova de fogo: vencer é fundamental para continuar a sonhar com a presença nos 16 avos-de-final e evitar os erros cometidos nos últimos jogos da UEFA torna-se obrigatório.

O Sp. Braga soma 4 jogos consecutivos a sofrer golos na prova da UEFA: um do Maribor na deslocação à Eslovénia, dois na derrota caseira frente ao Brugge, um na vitória no terreno do Birmingham e outros dois em casa do Young Boys, ainda no playoff de acesso à fase de grupos. A exceção neste registo negro foi na estreia de Leonardo Jardim na Europa, frente aos suíços, e que terminou num 0-0.
RECORD

Lima só no ataque com apoio de Mossoró
O mesmo "onze" que há duas semanas sentiu na pele o atrevimento do Maribor terá a oportunidade de se "retractar" esta noite. O Braga até reagiu bem ao surpreendente empate europeu (1-1) ocorrido no Estádio Ljudski Vrt, na Eslovénia, ao despachar em casa o Feirense com uns expressivos 3-0, para o campeonato, transmitindo a impressão de que muita coisa iria mudar dali para a frente, mas voltaria à estaca zero em Coimbra, repetindo outra inesperada igualdade, e ainda por cima sem golos, de nada valendo juntar Lima e Nuno Gomes no ataque. Voltou a instabilidade, apareceram inclusivamente os primeiros sinais de contestação ao treinador, e só uma vitória na quarta jornada do Grupo H da Liga Europa poderá devolver a confiança e a paz aos adeptos. Atento aos (poucos) finalistas disponíveis de Dublin, como fez questão de expressar na conferência de Imprensa de projecção do jogo, Leonardo Jardim tentará resolver o problema com uma injecção de criatividade (Mossoró) no meio-campo e, especialmente, com o poder de fogo de Lima.

O brasileiro figura entre os avançados mais rematadores da Liga Europa e o técnico espera dele mais golos para vencer o Maribor, depois de ter "facturado" nos jogos contra o Young Boys (2-2), no "play-off" de apuramento da Liga Europa; e o Birmingham (1-3), na primeira jornada do Grupo H; ambos disputados fora de casa. Pela experiência internacional de Lima, é uma expectativa perfeitamente válida, mas Jardim também já percebeu que algo mais do que o simples azar tem feito com que some apenas três golos em 14 jogos disputados, pelo que resolveu trabalhar a pontaria do avançado no treino de ontem, quando o resto do plantel já se encaminhava para o balneário. Como Nuno Gomes não entrará, desta vez, nos planos iniciais do treinador, Lima voltar a actuar sozinho na linha da frente, a fazer lembrar não só o posicionamento no jogo disputado em Maribor, como também na tal final da Liga Europa. Paulo César, outro repetente de Dublin, já está disponível há mais de uma semana, mas será Hélder Barbosa a dominar as atenções no flanco esquerdo, tanto mais que o extremo é o melhor marcador nesta prova, com quatro disparos certeiros. Será um Braga na máxima força, com a clara intenção de atacar o primeiro lugar no grupo, defendendo o segundo.


Alegria no trabalho e confiança no futuro
A ressaca do jogo com a Académica foi dura. Alguns adeptos juntaram-se no AXA e manifestaram a indignação contra Leonardo Jardim e alguns jogadores, mas isso não lhes roubou a boa disposição nos treinos. Nos 15 minutos que ontem foram abertos à Comunicação Social, nos quais o plantel se limitou a realizar um "meiinho", foram muitos os que não se coibiram de sorrir, mostrando que já superaram o "trauma" de sábado à noite. A partir daí pouco mais se viu, pois as portas fecharam-se para que o treinador ultimasse a estratégia para o encontro com o Maribor em absoluto segredo. 


Rodrigo Galo estreia-se no banco de suplentes
Pela primeira vez esta temporada, Rodrigo Galo vai experimentar a sensação de se sentar no banco de suplentes num jogo da Liga Europa. O lateral-direito contratado no defeso ao Gil Vicente, que foi utilizado por Leonardo Jardim somente no encontro frente ao 1º Dezembro, relativo à III Eliminatória da Taça de Portugal, é a grande novidade da lista de convocados dos arsenalistas para a recepção ao Maribor, que, desta vez, contempla apenas 18 elementos. O brasileiro rende Meyong, uma vez que o avançado camaronês, que chegou a ser lançado no play-off com o Young Boys, não foi inscrito nesta fase, tal como Vinícius (outro dos ausentes). Rodrigo Galo chegou a ser chamado para o embate da terceira jornada da competição, na Eslovénia, mas acabou por ficar na bancada. 


Quim
"O Braga tem responsabilidades"
As obrigações do Braga na Liga Europa são muito mais do que vencer o jogo de hoje, com o Maribor. A opinião foi manifestada, ontem, por Quim, consciente do que o estatuto adquirido pelo clube impõe. "O Braga é um clube com responsabilidades. Os adeptos exigem vitórias e nós tudo fazemos para as obter. Infelizmente, às vezes as coisas não correm como queremos. Mas nós, mais do que ninguém, queremos sempre os três pontos", referiu o guarda-redes, que vê nos arsenalistas "qualidade e valor para vencer o Maribor".

Para que tal aconteça, Quim lembra que "a bola só tem de entrar mais vezes na baliza do adversário" do que na dos bracarenses. No campeonato isso até tem acontecido com alguma regularidade, mas na Liga Europa o cenário tem sido diferente. "Há jogos em que somos mais felizes, mas não é só o guarda-redes que tem a missão de evitar os golos. Sou o menos batido do campeonato, mas não estou preocupado com isso. Quero é que a equipa seja a melhor", completou.


Elderson em vésperas de pausa forçada
Para Elderson, o jogo com o Maribor marcará a despedida momentânea da equipa. O lateral-esquerdo, que apontou o golo do empate na Eslovénia, será forçado a parar por ter visto, na deslocação a Coimbra, o quinto cartão amarelo no campeonato.

Hélder Barbosa na perseguição a Matías Suárez
Depois de ter marcado nos dois primeiros jogos da fase de grupos, Hélder Barbosa ficou em branco na visita a Maribor. Mesmo assim, o extremo ainda figura no segundo lugar da lista de melhores marcadores da prova, com menos dois golos que Matías Suárez, do Anderlecht, que contabiliza cinco tiros certeiros.

Cem eslovenos entre dez mil bracarenses
O Braga-Maribor deve ser visto, "in loco", por sensivelmente dez mil pessoas. São estas as expectativas mais realistas dos responsáveis bracarenses, pois no domingo há um importante jogo com o Benfica. Entre os presentes nas bancadas do Estádio AXA deverão estar cerca de cem adeptos eslovenos.

Chuva de Maribor esperada no AXA
As condições meteorológicas que, há duas semanas, deixaram o relvado do estádio do Maribor em mau estado vão voltar a sentir-se hoje, no AXA. Segundo as previsões, é esperada chuva intensa para a hora do encontro, o que poderá dificultar a acção dos jogadores. Curiosamente, os últimos treinos do Braga foram realizados sob estas condições.


Salvaram-se três de Dublin
Quanto pesa o fardo de o Braga ter chegado à final da Liga Europa na época passada e até que ponto a actual equipa comandada por Leonardo Jardim lida bem com semelhante herança? A dupla questão deixou de ser nova logo no primeiro dia seguinte ao jogo disputado em Dublin, mas volta e meia serve como estetoscópio para medir a pulsação do grupo. Em conferência de Imprensa, Leonardo Jardim repetiu o que sempre achou desde que chegou a Braga e, mantendo a celeuma habitual, até aproveitou para explicar que a sua equipa já só tem três heróis que disputaram a final com o FC Porto na Irlanda. "Para os adeptos e os media tem um peso diferente. Se fizermos uma observação cuidada do onze que jogou a final de Dublin, o Braga actual só apresenta três jogadores, porque o Custódio e o Paulo César têm feito poucos minutos ou nenhuns devido a lesões graves que tiveram. Por isso não deram o seu contributo na totalidade à equipa", argumentou.

Contas feitas, Hugo Viana, Alan e Lima são os únicos sobreviventes no "onze" que esta noite subirá ao relvado do Estádio AXA. O espírito "guerreiro" até poderá manter-se, mas já não se poderá falar do mesmo, pelo menos em matéria de identidades. "É uma equipa totalmente diferente. Noutros clubes, com menos saídas de jogadores, as pessoas falam logo em dificuldades. Com oito, as coisas são totalmente diferentes", repetiu Jardim, dando conta mais uma vez de que o Braga versão 2011/12 deu início a um novo parágrafo ou até a uma história diferente. Para já, é indiscutível que deixaram de existir seis personagens incontornáveis: Artur (Benfica), Miguel Garcia (Orduspor), Paulão (Saint-Étienne), Rodriguez (Sporting), Sílvio (Atlético de Madrid) e Vandinho (Al Sharjah).


Zahovic no "segundo país"
Quem não conhecesse Zlatko Zahovic e o visse ontem nas imediações do relvado, até o poderia confundir com um jogador. De fato de treino vestido, o agora director-desportivo do Maribor multiplicou-se em entrevistas e admitiu ter saudades de Portugal. "Este regresso é muito emotivo. Portugal é o meu segundo país, pois vivi aqui a melhor parte da minha vida", declarou o antigo jogador de Guimarães, FC Porto e Benfica, que continua a seguir com muita atenção o campeonato português. Prognósticos quanto ao campeão, porém, não avança. "A Liga vai ser decidida nas últimas três jornadas", perspectivou.

Hoje é dia de jogo com o Braga, um clube que Zahovic elogia bastante pelo "crescimento verificado nos últimos anos". Contudo, está convencido que o Maribor pode ganhar na Pedreira. "Jogámos mais 13 jogos que o Braga no começo da fase de grupos, mas agora estamos em pé de igualdade. Somos ambiciosos e esperamos vencer", afirmou Zahovic


Darko Milenic só não quer perder
Quem pensa que o Maribor poderia arriscar um pouco mais no encontro de hoje, numa última tentativa de ainda se intrometer na luta pelo apuramento para a fase seguinte, está enganado. A atitude, segundo o Darko Milanic, será a mesma: primeiro tentar pontuar e só depois pensar na vitória. "Para nós, um bom resultado seria não perder o jogo, pois, além deste, ainda teremos mais dois pela frente. Por isso, não é decisivo", analisou o treinador do campeão esloveno. 
O JOGO

Árbitros
Pedro Proença no Braga-Benfica
O lisboeta foi nomeado para dirigir o jogo grande da décima jornada, enquanto João Capela estará no Olhanense-FC Porto. Manuel Mota vai dirigir a receção do Sporting ao Leiria.
Árbitros da 10.ª jornada: Paços de Ferreira-Vitória de Guimarães, João Ferreira (Setúbal); Marítimo-Académica, Nuno Almeida (Algarve); Olhanense-FC Porto, João Capela (Lisboa); Beira-Mar-Feirense, Rui Patrício (Aveiro); Sporting-União de Leiria, Manuel Mota (Braga); Rio Ave-Nacional, Artur Soares Dias (Porto); Vitória de Setúbal-Gil Vicente, Olegário Benquerença (Leiria); Sporting de Braga-Benfica, Pedro Proença (Lisboa).

Sporting de Braga proibido de perder na receção ao Maribor
'Jogo fundamental para seguir em frente '


Leonardo Jardim quer que a sua equipa seja dominante e garante que os jogadores não vão entrar em campo a pensar no Benfica.
Leonardo Jardim quer um Sporting de Braga 'dominante', para vencer o Maribor, e assim ficar mais perto da qualificação para a fase seguinte da Liga Europa. 'É uma partida fundamental para o que pretendemos porque uma vitória coloca-nos num patamar de apuramento', reconheceu o treinador da equipa minhota, finalista da última edição da Liga Europa, na antevisão do jogo.
Para Leonardo Jardim, a campanha que levou a equipa à final de Dublin, em 2010/11, não é um 'peso', tendo frisado que 'esta é uma equipa completamente diferente', e que, do 'onze', que defrontou o FC Porto nessa final, apenas sobram Hugo Viana, Custódio e Paulo César, sendo que os dois últimos 'têm feito poucos ou nenhuns minutos por causa de lesões graves',
Para o jogo com os eslovenos, o técnico disse querer um Braga, 'em termos estratégicos, com uma postura dominante e uma atitude forte', para estar mais perto de vencer, rejeitando que a receção ao Benfica, no domingo, esteja já no pensamento. Leonardo Jardim Considerou ainda que, até ao momento, a equipa está dentro dos objetivos que traçou no início da época. 'No campeonato está em quarto lugar, com uma média de dois pontos por jogo, o que é muito bom, na Liga Europa tem totais hipóteses e depende exclusivamente de si para passar, tem ambições na Taça de Portugal, em que já passou uma eliminatória, a Taça da Liga ainda não se iniciou, por isso está dentro dos propósitos que traçou', confidenciou o sucessor de Domingos Paciência.
Por isso, a contestação de que foi alvo no final do empate com a Académica, em Coimbra, na última jornada, talvez não tenha sido bem encaixada. 'Respeito ao máximo os adeptos, principalmente os que vêm aos jogos do Braga e os que têm a capacidade para analisar o contexto e têm uma opinião imparcial e esses respeito. Acredito que todos queríamos ter mais pontos, ter já resolvida a passagem na Liga Europa. Tal não foi possível, mas não por falta de dedicação ou empenho porque o grupo tem sido irrepreensível', finalizou Leonardo Jardim.
O Sporting de Braga é terceiro classificado, com quatro pontos, e o Maribor é quarto e último, com um, enquanto Birmingham e Club Brugge lideram com seis pontos.

Sem pensar no Benfica. Leonardo Jardim quer a equipa concentrada para esta noite, em jogo importante para o clube

Convocados
Rodrigo Galo está de regresso

O regresso do defesa Rodrigo Galo é a principal novidade nos convocados do Sporting de Braga para a receção ao Maribor. De resto, nota para as já esperadas saídas de Vinícius e Meyong em relação à última convocatória, já que o médio e o ponta de lança não estão inscritos na Liga Europa, enquanto Imourou, Nuno André Coelho, Custódio, Zé Luís, Ukra e Carlão ficaram de fora, devido a lesão.
Lista dos 18 convocados: Guarda-redes - Quim e Berni; defesas: Baiano, Rodrigo Galo, Ewerton, Douglão, Paulo Vinícius e Elderson; médios - Djamal, Salino, Mossoró, Hugo Viana e Mérida; avançados - Alan, Lima, Nuno Gomes, Hélder Barbosa e Paulo César.
O jogo tem início marcado para as 20h05, no Estádio Municipal de Braga, e será arbitrado por Leontios Trattou (Chipre).

Quim

'Temos responsabilidades na prova '
O guarda-redes bracarense espera 'um jogo difícil', mas notou que a equipa 'está obrigada a ganhar todos os jogos', para seguir em frente. 'Temos de lutar, porque temos responsabilidades nesta prova e tudo faremos para ganhar os três pontos', disse Quim, em conferência de imprensa, rejeitando a ideia que os jogadores já pensam no jogo com o Benfica. 


Maribor
'Sporting de Braga é favorito '
O treinador Darko Milanic atribuiu o favoritismo ao Sporting de Braga e assumiu que não perder já será um bom resultado para a equipa eslovena. 'O Sporting de Braga é o favorito. É um jogo muito importante, mas ainda não é decisivo. O Sporting de Braga apresenta um excelente futebol e, além disso, precisa de ganhar, por isso vai ser muito difícil', 
PRIMEIRO DE JANEIRO

Jardim quer Sp. Braga dominador em casa
Leonardo Jardim disse, ontem, que quer ver o Sp. Braga com "uma postura dominante" na recepção ao Maribor, mas fez questão de sacudir a pressão que paira sobre os finalistas da última edição da Liga Europa (0-1, diante do FC Porto).

"Apenas temos três jogadores da final de Dublin. Às vezes, mudam dois ou três e as pessoas falam em dificuldades", anotou, sem beliscar a confiança na vitória frente à equipa eslovena: "Esta partida é fundamental para o nosso percurso. Ganhando, colocamo-nos já nos lugares de apuramento, e é isso que pretendemos."

Sobre a estratégia a apresentar esta noite, foi claro: "Quero uma equipa com uma postura dominante, com ambição para vencer e atitude forte."
Depois, desvalorizou a contestação de que foi alvo por parte dos adeptos do Sp. Braga após o nulo da última jornada em Coimbra: "Respeito-os ao máximo, principalmente os que vão aos jogos. Todos nós queríamos mais pontos, embora considere que estamos dentro dos propósitos traçados. Estamos no quarto lugar, temos uma média de dois pontos por jogo e só dependemos de nós na Liga Europa."

O defesa Galo foi convocado pelo técnico para o jogo de hoje, e o avançado Nuno Gomes deverá sentar-se no banco.
CORREIO DA MANHA


SC Braga x Maribor: Jogo de tolerância zero para Jardim e os «guerreiros»
Tolerância zero. O momento é de risco elevado em Braga pelo que a recepção aos eslovenos do NK Maribor só pode ter essa divisa. Para se manter na corrida pelo apuramento na Liga Europa, só três pontos interessam ao SC Braga de Leonardo Jardim sob pena de se esfumar prematuramente a memória feliz da época passada.

Se o arranque na competição fazia antever um SC Braga à imagem do finalista vencido de 2010/2011, com um triunfo histórico e inédito em solo inglês, sobre o Birmingham, por 1x3, o que se seguiu foi o desmoronar de uma ambição que só pode ter continuidade perante um triunfo esta noite.

A derrota caseira com o Brugge (1x2) e o empate em Maribor (1x1) não deixam mais margem de manobra aos «Guerreiros do Minho», que chegam ao compromisso europeu depois de um empate sem golos em Coimbra. Em Braga ainda é difícil atribuir nota a este primeiro terço da época, mais inconstante que categórico.

Vitória dá lugar de apuramento, tudo o resto só complica
Olhando para a frieza dos números nas contas europeias, sabe-se que perante um triunfo o SC Braga descansa até à próxima jornada num dos dois lugares de apuramento, independentemente do resultado entre Birmingham e Club Brugge. Isso mesmo destacou Leonardo Jardim na conferência de imprensa, pelo que maior motivação não existe.

Em relação à lista de convocados, o destaque vai para o regresso de Rodrigo Galo ao lote de eleitos. Dos 18 escolhidos não fazem parte Vinícius e Meyong, que não estão inscritos nas competições europeias, assim como Carlão, Ukra, Imorou, Nuno André Coelho, Zé Luís e Custódio, todos lesionados.
Da Eslovénia chega uma equipa que pontuou pela primeira vez esta época na Liga Europa na ronda anterior, precisamente frente ao emblema do Minho. Talvez por isso, e apesar do respeito repetido pelo SC Braga, Zahovic, bem conhecido dos portugueses, tenha frisado que os eslovenos estão em Braga «para lutar pela vitória.»  
ZEROZERO

SC Braga "obrigado" a ganhar
A equipa do SC Braga corre à procura de uma vitória
O SC Braga defronta o Maribor, a partir das 20h05, no estádio Axa, em jogo da quarta jornada do Grupo H, da Liga Europa.
Os minhotos estão no terceiro lugar com 4 pontos. Nas duas primeiras posições estão Birmingham e Brugge ambos com 6 pontos.

Os arsenalistas do Minho partem para o desafio com a necessidade de vencer para não deixar fugir os outros dois opositores que hoje jogam entre si.
As previsões são de uma assistência a rondar os 10 mil espetadores mas a chuva pode deixar este número aquém das expetativas.
O árbitro do encontro é Leontios Trattou, do Chipre. 
RTP

Sp. Braga-Maribor : pela Europa, lutar!
O pontapé de saída está agendado para as 20h05
O Sp. Braga joga uma cartada decisiva para as suas aspirações na Liga Europa. Nesta quinta-feira, a equipa de Leonardo Jardim recebe o Maribor e terá de lutar pela vitória para acreditar no apuramento para a próxima fase da competição.

Jardim lembra: onde está o Sp. Braga de Dublin?

Com quatro pontos em três jornadas, o Sp. Braga ocupa a terceira posição do Grupo H, liderado por Club Brugge e Birmingham (seis pontos cada). O Maribor está no último lugar, com apenas um ponto conquistado até ao momento.
Na última jornada, a formação arsenalista empatou precisamente na Eslovénia, um resultado que comprometeu o objectivo de Leonardo Jardim. Ibraimi colocou o Maribor em vantagem, com Elderson Echiejile a garantir o empate em cima do intervalo.

Sp. Braga: Galo é a novidade na convocatória
Rodrigo Galo é a novidade na lista de convocados divulgada por Leonardo Jardim. Imourou, Nuno André Coelho, Custódio, Zé Luís, Ukra e Carlão são os seis lesionados no plantel arsenalista. Vinícius e Meyong foram chamados para a última jornada da Liga mas deixam de entrar nas contas de Jardim por não estarem inscritos na Liga Europa.
MAIS FUTEBOL

publicado por carlitos às 16:14

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Novembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

4

11
12

13
18
19

20
21
25

28
29
30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA