...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Segunda-feira, 31 de Outubro, 2011

Trovante comemoram 35 anos com quatro concertos

 

O grupo português Trovante arranca na segunda-feira com uma série de quatro concertos que marcam mais um reencontro dos músicos em palco e assinalam 35 anos de carreira.

A banda, fundada por Luís Represas (voz), João Gil (guitarra) e Manuel Faria(teclas), atua a 31 de outubro e a 01 de novembro no Coliseu de Lisboa, a 04 de novembro no Coliseu do Porto e a 12 de novembro no Pavilhão Multiusos de Guimarães.

"Nós gostamos de nos reencontrar volta não volta, mas às vezes é preciso algum pretexto. Passamos pelos 35 anos de vida e esses 35 anos cumprem-se naquele personagem que é o Trovante, naquele artista que servimos durante 16 anos, assim como de cada um de nós individualmente nas nossas vidas profissionais", disse Luís Represas à agência Lusa.

A banda, fundada em 1976, terminou em 1990, ano de que data o último álbum de originais, "Um Destes Dias", mas voltou a reunir-se algumas vezes depois.

Os Trovante atuaram em setembro na Festa do Avante e em maio do ano passado, a propósito dos 25 anos do festival Rock in Rio Lisboa, a organização convidou-os a reunirem-se em palco.

Esta "celebração", defende João Gil, "não é só dos músicos".

"Não é só a nossa reativação e junção enquanto músicos, que tiveram um prazer enorme em ter feito isto, mas creio que é servir as pessoas, servir essa memória e arranjar um pretexto, a propósito dos 35 anos, de mostrar que estamos todos vivos e bens de saúde", afirmou.

O grupo é responsável por êxitos como "Namoro II", "125 azul", "Perdidamente", "Timor", "Saudade", "Balada das sete saias" e "Fizeram os dias assim".

Quando questionado sobre se estas e outras músicas terão influenciado outros artistas, Luís Represas é perentório: "Quem são os maiores influenciados pelos Trovante? Somos nós".

"Continuando a nossa vida, a grande dose de influência dos Trovante está em cada um de nós, naquilo que cada um faz. Nós fomos de facto os grandes inoculados pelo vírus do Trovante e por essa influência. São vários trabalhos únicos que saem, com várias vertentes, vários outros tipos de influências, vários caminhos, mas em que se nota perfeitamente a impressão digital do Trovante", sustentou.

Nos quatro concertos, em palco estarão os oito músicos que ao longo dos 35 anos fizeram os Trovante: José Martins, José Salgueiro, João Nuno Represas, Manuel Faria, Fernando Júdice, Luís Represas, Artur Costa e João Gil.

A história do grupo está contada no livro "Trovante - Por Detrás do Palco", assinado por Manuel Faria e editado em 2003.

tags:
publicado por carlitos às 11:54

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab


2
3
4
8

9
12
14


25
27
29



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA