...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Quarta-feira, 19 de Outubro, 2011

Karoglan, o adepto especial dos Balcãs

Karoglan volta a vibrar na bancada com o 'seu' Braga. Viaja hoje de Zagreb até Maribor para cumprimentar a comitiva minhota. Confia na vitória e no sucesso arsenalista na Liga Europa.

Seis anos no SC Braga foram suficientes para despertar uma paixão mútua. Karoglan jamais esquecerá o clube minhoto que representou nos anos 90, assim como os adeptos têm reservado para o croata um cantinho especial nos seus corações. Já passaram mais de 10 anos, é verdade, mas Karoglan ficou bracarense e continua a seguir atentamente o trajecto do clube onde fechou a sua carreira.

«Claro que vou ver o meu Braga», reage assim quando aparece à reportagem de A BOLA num hotel de Zagreb, um encontro breve com o agora treinador dos juvenis do NK Hask, horas antes de mais um jogo do Dínamo Zagreb, equipa que também costuma seguir com atenção.

A Bola

 

O núcleo duro está de volta

JARDIM RECUPERA EQUIPA MAIS TITULAR

Quim, Baiano, Paulo Vinícius, Ewerton, Elderson, Djamal, Hugo Viana, Salino, Alan, Lima e Hélder Barbosa. O onze mais habitual de Leonardo Jardim está de volta, sendo que a única dúvida que persiste é a mesma de sempre e tem a ver com o posicionamento atrás do avançado, mas Leandro Salino parece levar clara vantagem. O brasileiro, aliás, esteve em bom plano nos últimos 2 jogos, ganhando mais rodagem para se afirmar como titular, mas há sempre Nuno Gomes nestas contas...

A realidade é que Leonardo Jardim recupera o seu núcleo duro ao fim de mais de 15 dias em que deu para respirar um pouco e perceber até que ponto pode alargar as suas escolhas em profundidade. Nos últimos jogos, na Marinha Grande, com a U. Leiria e em Sintra, ante o 1.º Dezembro, Jardim operou 11 mexidas no total. Uma anormalidade que se entende apenas pelo cariz dos dois jogos, o primeiro logo após a derrota caseira com o Club Brugge e o segundo com uma equipa que abria lugar a uma maior gestão, mas já com alguns dos notáveis de volta à titularidade, como foi o caso de Lima e Hélder Barbosa.

Record

Mossoró titular  

A subida do pano no Maribor-Braga deve revelar uma novidade nos bracarenses: Mossoró, que tem tido uma utilização intermitente esta temporada, deverá reaparecer como titular. É verdade que, hoje, os arsenalistas ainda realizam mais um treino, já no palco do encontro de amanhã, mas a hipótese tem sido analisada nos últimos dias por Leonardo Jardim, pois o treinador madeirense sabe que os resultados obtidos nas duas jornadas frente ao campeão esloveno, actual último classificado do Grupo H, poderão ditar (ou não) a qualificação para a fase seguinte da Liga Europa. A conquista de pontos é fundamental e, por isso, tudo indica que o técnico vai apostar num onze de carácter ofensivo, com o Mágico a jogar livremente nas costas de Lima, um pouco à imagem do que sucedia com Domingos Paciência.

Após uma semana de "descanso" devido aos compromissos das selecções nacionais, Mossoró está, utilizando uma expressão famosa, "fresquinho como uma alface". O brasileiro chegou a ser incluído na lista de convocados do Braga para Sintra, onde a equipa disputou o jogo da III Eliminatória da Taça de Portugal, frente ao 1º Dezembro, mas limitou-se a segui-lo do banco de suplentes na companhia de Quim, Djamal e Alan, três intocáveis de Leonardo Jardim que também regressão agora ao onze. A ausência do médio, cujos minutos encurtaram esta temporada com a chegada de Nuno Gomes e a subida de rendimento de Salino, inseriu-se precisamente no plano de poupanças promovido pelo treinador madeirense a pensar no encontro com o Maribor.

Confirmando-se a entrada de início, será a terceira vez esta temporada que Mossoró gozará do estatuto de titular na Liga Europa. Até ao momento, o brasileiro, de 28 anos, contabiliza apenas dois jogos no onze inicial. Curiosamente, foram ambos realizados no conforto da Pedreira: o primeiro logo na estreia (play-off), com os suíços do Young Boys, com o Braga a não ir além de um empate sem golos; o segundo frente aos belgas do Brugge, que terminou com a derrota dos bracarenses e, desta forma, reduziu a sua margem de erro na competição. O Mágico, como os adeptos arsenalistas gostam de o apelidar, ainda soma mais uma aparição na prova, mas como suplente utilizado em Berna, onde entrou a 13 minutos do fim para ajudar os minhotos a carimbar o passaporte para a fase de grupos.

 

Regresso de Paulo César é a novidade nos convocados

A entrada de Paulo César é a grande novidade da lista de convocados elaborada ontem, após o treino matinal, por Leonardo Jardim. O atacante, cuja única experiência de competição esta época se resume a alguns minutos no encontro com o Birmingham, melhorou substancialmente a condição física e, por isso, o treinador não hesitou em chamá-lo para o embate com o Maribor. Baiano e Elderson, que não viajaram até Sintra para defrontar o 1º Dezembro, são as outras entradas promovidas por Jardim, que deixou de fora Vinícius e Meyong, por questão burocráticas - não estão inscritos -, e Imorou, por lesão.

 

Alternativas de Jardim

Se até à hora do jogo com o Maribor, Leonardo Jardim resolver mudar de ideias em relação a Mossoró, então Salino e Nuno Gomes são os jogadores que surgem mais bem colocados para ocupar o lugar do Mágico. Tanto um como outro foram utilizados de início contra o 1º Dezembro e, no caso do brasileiro, as críticas até acabaram por ser positivas, pois ele marcou um golo e fechou bem o lado direito da defesa após a saída de Imorou (Rodrigo Galo passou para a lateral canhota).

 

Relva testada às 19h00

A agenda do Braga para hoje é simples: viagem para Maribor, descanso no hotel e um treino ligeiro agendado para as 19h00 já no relvado do estádio Ljudski Vrt. Será a última oportunidade para Leonardo Jardim afinar a máquina arsenalista, que tem voo marcado para as 9h30.

 

Imorou é incógnita

Não há certezas, para já, quanto ao tempo de paragem do lateral-esquerdo Imorou. Um exame ecográfico ajudará a dissipar as dúvidas do departamento médico, mas esse passo tem sido protelado pela existência de um derrame na zona do adutor do defesa, que terá de passar.

 

Sócios pagam 5 euros

 

Dobrado o jogo com o Maribor, a próxima etapa do Braga chama-se Feirense. O jogo está marcado para domingo, e os sócios do clube minhoto apenas terão de pagar cinco euros, à excepção dos sub-14, que terão entradas grátis. Público em ge-ral e cativos pagam 10 e 20 euros.

 

Maribor é um vulcão quando joga em casa

Deixou de ser um exclusivo das equipas britânicas o aconchego dos adeptos funcionar como trunfo extra. Será um dos reflexos da globalização do futebol, de tal forma que até na Eslovénia o factor casa já fez vítimas, como aconteceu com o Glasgow Rangers no play-off de apuramento para a Liga Europa. No Ljudski Vrt, a casa do Maribor, com capacidade para 13 mil espectadores, a equipa escocesa perdeu por 2-1; em Glasgow, na segunda mão, não foi além de um empate (1-1), acabando afastada. Jokanovic, ex-técnico do Nacional, conhece bem o ambiente adverso que espera o Braga desde que resolveu seguir de perto os jogadores Mihelic e Skolnik, ambos ex-Maribor. "O estádio é pequeno, mas os adeptos fazem um barulho infernal", testemunhou.

 

Na relva, seja fora ou em casa, o adversário de amanhã dos minhotos "não se assusta" com ninguém. "É claro que vão respeitar muito o Braga, pois sabem que se trata de um dos finalistas da Liga Europa de 2010/11, mas já têm muita experiência. Todos os anos estão envolvidos em provas europeias", explicou Jokanovic, dando conta de uma equipa cheia de caras novas ("muitos jovens") e com apenas três repetentes: os médios Filipovic e Mezga e o avançado Marcos.

 

Sob o comando de Darko Milanic, antigo companheiro de Zahovic na primeira selecção da Eslovénia a disputar um Mundial (na Coreia e Japão), o Maribor espalha-se em campo à inglesa (em 4x4x2), mas pratica um futebol bastante latino. "São dotados tecnicamente e seguram muito bem a bola", descreveu Jokanovic, destacando dois jogadores-chave: "Mezga é fantástico; recupera muitas bolas e ataca bem. É um Lampard em ponto pequeno. Depois há Marcos na frente, um jogador manhoso: parece lento, mas é muito perigoso. Desequilibra através de mudanças de velocidade e faz golos", avisou.

 

Ganham e depois vendem

Salvo as devidas distâncias, o Maribor está em pé de igualdade com o Braga em grandes transferências. Esse será um dos segredos do crescimento do clube esloveno. Em Agosto de 2010, até fez mais: afastou o Palermo da Liga Europa e depois vendeu, aos italianos, o defesa Andelkovic e os médios Kurtic, Ilicic (apontado ao Milan) e Bacinovic.

O Jogo

 

Sp. Braga: Retomar o trilho do sucesso

O Sp. Braga ruma esta manhã à Eslovénia, numa viagem inédita do clube minhoto àquele país em provas europeias. Até agora, o Benfica foi o único clube português a defrontar equipas eslovenas na UEFA. Para o Maribor será também uma estreia com emblemas lusos.

 

Curiosidades à parte que não valem mais nada que isso mesmo, este duelo marca um importantíssimo primeiro de dois jogos seguidos entre as duas equipas, que podem ditar muito das contas do grupo para o apuramento para os 16 avos-de-final da competição, sobretudo, relativamente às pretensões dos bracarenses.

E porque o Clube Brugge (2-0 em casa) e o Birmingham (2-1 fora) não falharam com o Maribor, nas duas primeiras jornadas, deixando os eslovenos no último lugar do grupo H, com zero pontos, adivinham-se dificuldades acrescidas para o Sp. Braga nesta terceira ronda. Isto é, para o Maribor será o ‘tudo ou nada’ no sonho europeu, já que uma derrota é quase o fim.

 

Por outro lado, o Brugge recebe o Birmingham no outro jogo, que pode ajudar ou complicar a missão do Sp. Braga em recuperar a liderança do grupo, o grande objectivo de Jardim, treinador que aposta forte em manter vincado o estatuto de vice-campeão da Liga Europa do Sp.Braga nesta fase da prova.

 

Paulo César de volta aos eleitos

O regresso do avançado brasileiro Paulo César é o principal destaque da lista de convocados do Sp. Braga para o jogo de amanhã, na Eslovénia, com o Maribor, referente à terceira jornada do Grupo H da Liga Europa. < br />

 

Ausente das últimas convocatórias por decisão técnica para salvaguardar a recuperação total do atleta, recorde-se que o experiente jogador, de 31 anos, lesionou-se durante a pré-temporada, no início do mês de Agosto onde contraíu uma rotura muscular num particular com o Trofense, e só recuperou em Setembro, tendo sido convocado para os jogos com o Birmingham (Liga Europa) tendo entrado aos 89 minutos, e Vitória de Guimarães (campeonato) no qual nem chegou a sair do banco. Depois dessas chamadas, Paulo César ressentiu-se da lesão, mas agora já está novamente a cem por cento como prova este regresso às opções de Jardim.

Poupados no jogo de sábado, em Sintra, da Taça de Portugal, contra o 1.º de Dezembro, os defesas laterais Baiano e Elderson também estão de regresso à convocatória do treinador do Sp. Braga e certamente para o onze titular em Maribor.

Em relação à última convocatória, registam-se as saídas de Vinícius e Meyong, que que não estão inscritos na Liga Europa.

 

O lateral esquerdo Imorou, que saiu lesionado do jogo da Taça, com uma mialgia na perna esquerda também fica fora deste jogo europeu. Além do francês, continuam ainda a recuperar de lesões Nuno André Coelho, Custódio, Zé Luís e Ukra.

Lista dos 19 convocados:

Guarda-redes: Quim e Berni

Defesas: Baiano, Ewerton, Douglão, Paulo Vinícius, Elderson e Rodrigo Galo

Médios: Djamal, Salino, Mossoró, Hugo Viana e Mérida

Avançados: Alan, Lima, Nuno Gomes, Hélder Barbosa, Carlão e Paulo César

Correio do Minho

 

Uma arte como escola de vida

“As duas palavras unidas ‘arte’ e ‘marcial’ pretendem significar a grande escola da vida. A arte marcial é a escola que ensina o homem a combater o seu grande inimigo - o seu eu - ou seja, a falta de confiança em si mesmo. O medo não deve distrair-nos, devemos responder sem timidez”.

É o caminho dos pés e das mãos através da mente. Mais do que uma modalidade desportiva, o Taekwondo assume-se como uma autêntica escola de vida. Arte marcial proveniente da Coreia, cuja origem remonta há dois mil anos, é considerada desporto olímpico desde os Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, e tem a particularidade de assentar numa filosofia que consiste na valorização da perseverança, integridade, auto-controlo, cortesia e espírito indomável. É um exercício completo para a mente e para o espírito e uma das modalidades que mais medalhas oferece a Portugal. As duas últimas vieram para Braga. Cidade considerada capital do Taekwondo nacional.

O bracarense José Rodrigues sagrou-se vice-campeão da Europa no escalão de juniores, na categoria de peso de mais 78 kg, nos europeus que se disputaram no Chipre. A par da prata, Júlio Ferreira - outro atleta do Sp. Braga - conquistou a medalha de bronze de menos 73 kg. Um feito inédito para a modalidade, que pela primeira vez conquista duas medalhas em juniores.

“Foi um sentimento de muito orgulho conseguir esta medalha de prata, a primeira para Portugal. Nunca me senti assim tão orgulhoso por conquistar uma medalha, foi a minha melhor conquista de sempre. Os combates nunca são fáceis, o cansaço já estava acumulado e dei tudo por tudo para marcar pontos na final, mas não deu para mais”, revelou o vice-campeão José Rodrigues.

Segundo o jovem, de 17 anos, o momento mais especial aconteceu na subida ao pódio: “senti um orgulho enorme ao ver a bandeira de Portugal subir, foi uma satisfação imensa, senti orgulho pelos meus pais e treina-dores”. Lembrando que a conquista da medalha pode ajudar a divulgar a modalidade, José Rodrigues aponta agora ao ouro.

“Daqui para a frente, é dar o meu melhor a nível sénior. Segue-se o Open de Portugal e o ouro, quero sempre alcançar o primeiro lugar”, destacou.

Quanto ao Taekwondo, “é uma modalidade que nos faz querer sempre conquistar os nossos objectivos e que tem um espírito indomável muito grande, faz-nos ser persistentes”.

Júlio Ferreira foi o outro atleta do Sp. Braga medalhado no Europeu. Uma estreia em grande em provas internacionais do jovem atleta bracarense que conquistou a primeira medalha da carreira.

 

“Foi uma nova experiência. Sou estreante em termos internacionais e foi algo muito bom obter duas medalhas, porque nunca ninguém tinha conseguido. Sentia que ia ser difícil e lesionei-me no terceiro combate no pé. Mas no final senti-me bem, foi uma boa estreia, fenomenal”, sublinhou o atleta.

 

Júlio Ferreira começou a praticar Taekwondo aos seis anos;por conselho médico”, “porque era uma criança muito irrequieta”. E aconselha. “A verdade é que ajudou, porque melhorei o auto-controlo e disciplina. Fiquei mais calmo. O Taekwondo é algo fantástico”.

“Integrar um atleta na equipa olímpica”

Olhos postos nos Jogos Olímpicos de 2012. Depois das recentes conquistas da secção de Taekwondo do Sp. Braga, no campeonato da Europa, o próximo objectivo passa por integrar atletas bracarenses na equipa olímpica portuguesa.

“O próximo passo é procurar colocar na equipa olímpica portuguesa pelo menos um atleta do Sp. Braga. A quota é só para quatro atletas, dois por género, e pretendemos, até Dezembro, participar em provas pontuáveis para o ranking. O objectivo é colocar um atleta na equipa olímpica para tentar acesso aos Jogos Olímpicos do próximo ano”, revelou Joaquim Peixoto.

O seleccionador nacional - e treinador do Sp. Braga - lembra que a conquista das medalhas de prata e de bronze, por intermédio de José Rodrigues e Júlio Ferreira, respectivamente, “é o culminar do trabalho de longos anos” e “um feito inédito para a própria modalidade”, o que “orgulha ainda mais”. “Significa que estamos a fazer um bom trabalho”, acrescentou o treinador.

Joaquim Peixoto considera que estas duas medalhas conquistadas pelos atletas do Sp. Braga podem abrir caminho a uma maior divulgação da modalidade: “pode resultar como aconteceu quando tivemos o nosso primeiro atleta olímpico, o Pedro Póvoa, que abriu horizontes a todos os jovens. Estas medalhas também resultam dos horizontes abertos pelo Pedro. Abriu mentes, o português começou a acreditar que é possível. E pode ser um exemplo para os cadetes e futuros atletas verem a possibilidade de que alcançar medalhas é uma realidade”.

Classificando a geração como “de ouro” - pelos feitos já alcançados - o treinador confessa estar optimista quanto ao futuro. “É uma geração que tem uma margem de progressão ainda muito grande e imensa. São jovens com 16 e 17 anos, o que significa que poderemos ainda vir a falar de medalhas em outros escalões”.

O trabalho desenvolvido no ‘Konceito Fitness’ associou-se, em 2009, ao Sp. Braga. Um processo que deu mais visibilidade e responsabilidade à modalidade. “Na altura, achava que faltava esta união, porque vínhamos a fazer um trabalho há muitos anos e o crescimento da modalidade teria que passar pela associação ao clube da cidade. Criaram-se as condições e julgo que temos correspondido bastante às expectativas da direcção”, referiu.

Desde então, os títulos não param. A par de José Rodrigues e Júlio Ferreira, Mário Silva sagrou-se vice-campeão olímpico júnior; Michel Fernandes foi vice-campeão do mundo em juniores; Eduardo Rodrigues medalha de bronze no Mundial Universitário, tal como Pedro Póvoa, e Ana Coelho soma sete títulos nacionais.

CORREIO DO MINHO

 

Sporting de Braga hoje na Eslovénia

Paulo César nos convocados após recuperar de lesão

O avançado brasileiro pode fazer a sua estreia oficial esta época caso Leonardo Jardim o chame para defrontar o Maribor.

 

O avançado Paulo César faz parte dos convocados para o jogo de amanhã, frente ao Maribor, a contar para a terceira jornada do Grupo H da Liga Europa. O jogador brasileiro lesionou-se durante a pré-temporada e só recuperou em meados de setembro, tendo sido convocado para os jogos com o Birmingham (Liga Europa) e Vitória de Guimarães (campeonato), mas não chegou a sair do banco. Depois destas chamadas, Paulo César ressentiu-se da lesão e deixou de poder ser opção para Leonardo Jardim, estando agora de regresso. Baiano e Elderson também estão de volta aos eleitos depois de terem falhado o jogo da Taça de Portugal. Face à última convocatória, registam-se as saídas de Vinícius e Meyong, que não estão inscritos nas competições europeias.

 

Lista dos 19 convocados: Guarda-redes - Quim e Berni; defesas - Baiano, Ewerton, Douglão, Paulo Vinícius, Elderson e Rodrigo Galo; médios - Djamal, Salino, Mossoró, Hugo Viana e Mérida; avançados - Alan, Lima, Nuno Gomes, Hélder Barbosa, Carlão e Paulo César.

A comitiva minhota parte para a Eslovénia esta manhã (9h30), e treina às 19 horas no Estádio Ljudski, apronto precedido pela conferência de imprensa de antevisão do jogo.

Regresso. Paulo César pode fazer a sua estreia oficial, esta época, caso seja opção para defrontar o Maribor

PRIMEIRO DE JANEIRO

Avançado na convocatória do Sp. Braga para a visita ao Maribor

Paulo César volta às opções de Jardim

O regresso do avançado Paulo César é a grande novidade na lista de convocados do Sp. Braga para a deslocação à Eslovénia, onde os minhotos vão defrontar amanhã, às 18h00, o Maribor.

O brasileiro, de 31 anos, foi preterido por Leonardo Jardim nas últimas quatro semanas, tendo somado apenas um minuto em jogos oficiais, frente ao Birmingham, na primeira jornada da Liga Europa. Os defesas Baiano e Elderson também estão de volta, depois de terem sido poupados no compromisso da Taça de Portugal frente ao 1º de Dezembro, ganho pelos minhotos por 3-1. Fora do jogo, ficou o lateral-esquerdo Imorou, devido a lesão, e ainda o mé-dio Vinícius e o avançado Meyong, que não foram inscritos pelo Sp. Braga nas competições europeias.

 

André Coelho, Ukra, Custódio e Zé Luís continuam indisponíveis devido a lesões graves.

CORREIO DA MANHA

 

Paulo César de regresso aos convocados do Braga, Imourou de fora

O avançado Paulo César regressou à lista dos convocados do Sporting de Braga, para a deslocação ao terreno do Maribor amanhã em jogo da terceira jornada do grupo H da Liga Europa de futebol.

 

Baiano e Elderson também estão de volta aos eleitos depois de terem falhado o jogo de sábado da Taça de Portugal, diante do 1.º de Dezembro, no qual Imourou se lesionou, falhando, portanto, a deslocação à Eslovénia.

 

Face à última convocatória, registam-se as saídas de Vinícius e Meyong, que que não estão inscritos na Liga Europa.

 

Além de Imourou, continuam a recuperar de lesões Nuno André Coelho, Custódio, Zé Luís e Ukra.

 

A comitiva minhota parte para Maribor parte hoje às 9:30, e treina às 19:00 no Estádio Ljudski, apronto precedido em meia hora pela conferência de imprensa de Leonardo Jardim e de um jogador bracarense, de antevisão do jogo.

 

O jogo começa às 18:00 de quinta-feira, no Estádio Ljudski, em Maribor, e será arbitrado pelo suíço Stephan Studer.

Lista dos 19 convocados:

- Guarda-redes: Quim e Berni.

- Defesas: Baiano, Ewerton, Douglão, Paulo Vinícius, Elderson e Rodrigo Galo.

- Médios: Djamal, Salino, Mossoró, Hugo Viana e Mérida.

- Avançados: Alan, Lima, Nuno Gomes, Hélder Barbosa, Carlão e Paulo César

ANTENA MINHO

 

 Comitiva a caminho da Eslovénia, presidente quer um SC Braga «guerreiro»

 

A comitiva do SC Braga já partiu do aeroporto Francisco Sá Carneiro com destino à Eslovénia, onde a equipa vai jogar com o Maribor para a terceira jornada da Liga Europa.

A chefiar a comitiva, o presidente António Salvador, a pedir um Braga guerreiro: «Teremos de fazer um grande jogo. É que ao contrário que as pessoas pensam, o adversário é difícil. Mas se o Braga for guerreiro e jogar com união, certamente iremos ultrapassar o Maribor.»

Quanto ao desejo de dar um campeonato ao clube na sua presidência, Salvador pede paciência. «Toda a gente sabe que o clube tem crescido, está na linha da frente, mas quanto ao título não tenho um dedo que adivinha... O que sei é que o Braga vai sempre lutar para ganhar, é o que garanto», disse à partida para a Eslovénia.

A BOLA

 

 «Acredito num grande jogo» - António Salvador

O SC Braga já está a viajar para a Eslovénia, onde, amanhã, defronta o Maribor, em jogo da terceira jornada da Liga Europa.

A derrota caseira, na ronda anterior da competição, frente ao Club Brugge, não desmotivou os guerreiros do Minho e, antes de embarcar no avião que levou a comitiva até Maribor, o presidente António Salvador revelou-se confiante num bom resultado e em novo triunfo fora de portas, depois dos minhotos terem ganho em Birminghan, Inglaterra.

«Acredito que o SC Braga pode fazer um grande jogo, mas temos a consciência de que vamos defrontar uma boa equipa, composta por bons jogadores e que está a realizar um bom campeonato. Mas estamos conscientes das nossas qualidades e se formos guerreiros como já demonstrámos noutras situações vamos ultrapassar este obstáculo», afirmou o presidente do SC Braga.

A derrota com os belgas atrapalhou as contas dos minhotos no grupo H, mas continua tudo em aberto, conforme salientou o dirigente:

- Será um desafio importante, mas apesar daquilo que aconteceu na última partida da Liga Europa, confio num bom resultado. Agora, teremos uma jornada dupla frente ao Maribor e se o Braga somar dois bons resultados então é dado um passo importante rumo à qualificação.»

«Sempre a crescer»

Confrontado sobre a luta pelo título de campeão nacional, o líder dos bracarenses preferiu responder com os desafios mais próximos:

«Este clube tem crescido imenso e vai continuar a crescer e estar na linha da frente. O SC Braga vai lutar sempre para ganhar, mas neste momento estou a pensar no jogo com o Maribor e depois vou pensar no Feirense.»

A Bola


Treinador do Maribor sobre jogo com o SC Braga: «Temos mesmo de ganhar»

Darko Milanic espera evitar erros do passado e garante Maribor de ataque na recepção ao SC Braga, para a Liga Europa.

«Sabemos que o SC Braga é uma equipa muito forte, que joga de forma muito ofensiva e que também é muito bom na defesa. Mas é um jogo que temos mesmo de ganhar. O Maribor estará também mais empenhado em marcar golos, com uma organização ofensiva mais forte que o habitual e com o objectivo de ganhar. Após a derrota com o Birmingham, aprendemos que, na Liga Europa, os erros custam caro. Vamos tentar não os repetir frente ao Braga», disse Milanic em conferência de imprensa, destacando Hugo Viana como o jogador que mais admira na equipa minhota.

«É um jogador muito bom, inteligente e que, ainda por cima, tem à sua frente avançado também eles inteligentes e de grande qualidade. É um excelente jogador», atirou.

O treinador da equipa eslovaca mostrou-se indignado com as sugestões de que o Maribor poderia aproveitar as condições climatéricas e do relvado para fazer um jogo mais duro: «Jogar argumentos físicos faz parte do passado. Esta geração do Maribor sabe jogar futebol e lutar pela vitória com fair play. É isso que vamos fazer mas nunca compactuarei com jogo duro», atirou.

A BOLA

 

António Salvador quer um SC Braga forte

António Salvador pede à equipa do SC Braga união para ultrapassar o adversário

O SC Braga partiu, esta manhã, para a Eslovénia, onde amanhã defrontará o Maribor, em jogo a contar para a terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa. "Fazer um grande jogo"foi o desejo expresso à partida pelo presidente dos minhotos, António Salvador.

 

O líder dos "arsenalistas do Minho" reconhece que o Maribor é um adversário difícil. "Temos que fazer um grande jogo para ultrapassar este obstáculo. O Maribor é uma equipa difícil com bons jogadores e está a fazer um bom campeonato. Se o SC Braga for uma equipa guerreira e unida poderemos ultrapassar este obstáculo", acentuou António Salvador.

A habitual conferência de imprensa de antevisão do desafio está marcada para as 18h30, com a presença do treinador Leonardo Jardim e de um jogador. Logo a seguir será tempo para a realização de um treino de adaptação ao relvado e iluminação.

Paulo César é a grande novidade na lista de convocados. O brasileiro regressa após um mês de ausência.

O líder dos minhotos reconhece que uma vitória fora é um grande resultado. "Uma vitória amanhã será um passo em frente e importante para a qualificação", acentuou.

RTP

 

Os árbitros Paulo Baptista e João Ferreira, que estão a contas com processos disciplinares da Comissão Disciplinar da Liga, estão nomeados para dois jogos da oitava jornada do campeonato.

Eis as nomeações para os jogos da 8.ª jornada:

Beira-Mar-Benfica, Paulo Baptista

 

Marítimo-V. Setúbal, Artur Soares Dias

 

Sporting-Gil Vicente, João Capela

 

Rio Ave-UD Leiria, Rui Costa

 

FC Porto-Nacional, Cosme Machado

 

P. Ferreira-Académica, Duarte Gomes

 

Olhanense-V. Guimarães, Olegário Benquerença

 

SC Braga-Feirense, João Ferreira

A Bola

 

publicado por carlitos às 14:13

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab


2
3
4
8

9
12
14


25
27
29



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA