...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Terça-feira, 18 de Outubro, 2011

 

 

NOTÍCIAS DO ENORME DO DIA 18/10

 

 

 «Braga é equipa de Champions» - Zahovic

Zahovic abastece de elogios a equipa minhota. Desde 2008 que é director desportivo do Maribor. Promete uma equipa motivada e estádio cheio para ganhar aos arsenalistas.

 

O director desportivo do Maribor é uma figura conhecida e respeitada em Portugal. Em dois períodos distintos, Zlatko Zahovic espalhou magia no futebol português, primeiro no V. Guimarães e FC Porto, mais tarde no Benfica, no regresso à segunda pátria depois de experiências no Olympiacos e Valência. Foram 12 anos «inesquecíveis», nos quais consolidou a imagem de jogador temperamental e talentoso, que tratava o couro com requinte.

 

No final da época 2007/2008, Zahovic foi convidado a fazer parte da estrutura desportiva do Maribor, numa fase em que as finanças não autorizavam loucuras. «Recuperámos da fase difícil que o clube atravessou. Hoje a equipa é forte e tem muitos internacionais sub-21. Conciliámos a parte financeira com os êxitos desportivos», congratula-se.

 

O jogo com o SC Braga é aguardado com grande expectativa pelos adeptos do Maribor. «Vamos ter boa casa, os últimos indicadores apontam mesmo para lotação quase esgotada» no Ljudski vrt Stadion, que tem capacidade para 12.994 espectadores. «Estamos na presença do finalista vencido na última edição da Liga Europa, mas mesmo assim é um jogo para vencer», antecipa Zahovic.

 

Zahovic está «surpreendido» com o crescimento que o SC Braga conheceu nos últimos anos. Nos tempos em que jogava no Vitória de Guimarães [1993-96] os rivais minhotos partilhavam estatutos semelhantes. «O Braga é capaz de vencer os grandes e entrar na discussão de qualquer competição, até europeia. É incrível como cresceu! Isso só pode ser mérito do presidente António Salvador e da estrutura que ele montou à sua volta», analisa.

 

«Para mim o SC Braga não é apenas uma equipa da Liga Europa. É uma equipa de Champions, repleta de bons jogadores e com grande ambição», elogia.

A Bola

 

Atenção virada para Maribor

O Sp. Braga realizou, ontem, mais uma sessão de treino tendo em vista a deslocação à Eslovénia onde defronta, na próxima quinta-feira, o Maribor, em jogo da Liga Europa.

 

Num treino que decorreu à porta fechada, Leonardo Jardim continua a dedicar a sua atenção à preparação da equipa para tentar regressar às vitórias depois do desaire no último jogo da prova frente ao Club Brugge.

 

O plantel encontra-se algo fragilizado com o número de jogadores indisponíveis por lesão a aumentar. Enquanto Nuno André Coelho, Ukra e Zé Luís continuam tratamento para recuperar de cirurgias, Custódio trabalha para tratar a lesão do ligamento lateral interno do joelho.

 

Também a realizar tratamento enquanto aguarda pelo resultado da avaliação à lesão que o aflige, Imorou procura debelar a lesão no adutor da coxa esquerda, pelo que Elderson, que foi poupado na Taça, regressa para a esquerda.

 

O plantel arsenalista volta hoje a treinar à porta fechada, às dez horas, sendo a convocatória para o jogo contra o Maribor anunciada no final da apronto.

 

Bilhetes à venda

Depois de uma pausa, as emoções da Liga Portuguesa de Futebol estão de regresso e os bilhetes para a recepção ao Feirense já estão à venda.

 

Para esta partida da oitava jornada da prova, que se disputa no dia 23, às 20.15 horas, os adeptos podem adquirir os bilhetes nos locais habituais.

 

Sócios: 5€

Sub-14: grátis

Público: 10€
Cativos 20€

Lugar Anual: jogo incluído

Correio do Minho

 

Zahovic

"Crescimento é impressionante"

Braga e Maribor podem estar a poucos dias de se defrontarem, mas a luta pelos pontos na Liga Europa não rouba o discernimento a Zlatko Zahovic. O agora director-desportivo do clube do Norte da Eslovénia, que viveu os melhores momentos da carreira futebolística em Portugal, está admirado com a evolução do emblema arsenalista, que quando jogava ainda sonhava em atingir o patamar em que se encontra hoje. "O crescimento do Braga tem sido absolutamente impressionante. Desde que António Salvador se tornou presidente, o clube aproximou-se muito do FC Porto, do Benfica e do Sporting, e é agora um dos grandes de Portugal", referiu Zahovic a O JOGO, rendido ao trabalho desenvolvido "nos últimos seis ou sete anos" nos bracarenses, que na última temporada tiveram um dos resultados desportivos mais marcantes da sua história: a presença na final da segunda prova mais importante da UEFA. Aliás, a campanha dos homens então liderados por Domingos Paciência é, para o antigo internacional esloveno, "um exemplo para todas as equipas" vistas como de menor dimensão na Europa. "Todos admiram bastante o Braga pelo que alcançaram", assegurou.

Apesar de tudo, tamanha admiração pelo percurso recente do Braga não deve ser entendida como um sinal de receio. Pelo contrário. Se há alguém que deve ter cautelas na quinta-feira, segundo Zahovic, são os Guerreiros do Minho, pois o Maribor não é um anfitrião muito bondoso. "Respeitámos o Braga, mas queremos ganhar o jogo para ainda podermos discutir o apuramento", avisou o esloveno, convencido que o ambiente que os adeptos costumam criar no estádio irá "ajudar a equipa a crescer para o adversário". "Temos um grupo de jogadores jovens e talentosos, mas, contra o Birmingham, não fomos felizes. De qualquer forma, não merecíamos ter perdido. Espero que contra o Braga a sorte esteja pelo nosso lado", desejou o director-desportivo dos "violetas", que, antes de penduras chuteiras, realizou 18 encontros contra os minhotos. E, tendo em conta saldo (onze vitórias, seis empates e apenas uma derrota), não se pode queixar de grande falta de sorte.

 

Dirigentes modelo

De Pinto da Costa (FC Porto) a Luís Filipe Vieira (Benfica), sem esquecer Pimenta Machado (Guimarães), foram vários os dirigentes com quem Zahovic trabalhou em dez temporadas em Portugal e que, hoje, servem de modelo para a sua nova carreira como dirigente. "Foi aí [Portugal] que aprendi tudo o que sei sobre o futebol. Convivi com presidentes e directores-desportivos bastante bons e tentei sempre beber o máximo de informação possível de cada um deles. Isso tem-me sido bastante útil nesta função", assegurou o director-desportivo do Maribor.

 

Saudades do dérbi

Apesar de só ter alinhado em quatro, Zahovic recorda com saudade os dérbis do Minho em que participou pelo Guimarães. "Foram sempre jogos especiais e muito bonitos de se jogar", conta o ex-médio dos vitorianos, por quem marcou os primeiros dois golos da carreira ao Braga (em 1994/95 e 1995/96). Todavia, foi também pelo clube da Cidade-Berço que sofreu a única derrota da carreira frente aos bracarenses. Foi na época de 1994/95, num jogo realizado no Estádio 1º de Maio, em que Sérgio, Karoglan e Toni fizeram os golos da equipa da casa.

 

Carlão outra vez no trampolim

O pânico que se apoderou de Carlão quando ocorreu um dos maiores terramotos da história do Japão não lhe roubou o saudável hábito de marcar golos. Apenas serviu para pensar no bem-estar da família e numa forma de regressar quanto antes a Portugal, onde sempre foi feliz, sem "abanões" terrestres, porque os milhares de "ienes" que o Kashima Antlers lhe pagava não cobriam tantos sustos. Quem tinha dúvidas, ficou sem elas na última eliminatória da Taça e nem precisou esperar muito: um minuto depois de ter saltado do banco, lá estava o avançado a facturar, fixando em 1-3 o jogo com o 1º de Dezembro. Caiu por terra o mano-a-mano entre Lima e Nuno Gomes no que diz respeito a golos assinados por pontas-de-lança e a equipa saiu claramente a ganhar, da mesma forma que Leonardo Jardim tem agora uma agradável dor de cabeça.

 

Recuando três épocas no tempo, só o técnico Manuel Fernandes tinha uma noção aproximada sobre o potencial goleador de Carlão. "Convenceu-me depois de ter estado três semanas à experiência. Ele e o Cássio formaram a melhor dupla ofensiva do Leiria (então na Liga Orangina) dos últimos anos", recordou, nada surpreendido com a estreia do brasileiro a marcar pelos minhotos. "Nunca duvidei dele e até pode render mais se a equipa jogar com outro avançado em 4x4x2, pois gosta de cair entre o lateral e o central para tabelar", explicou. Alcançado o primeiro golo, Manuel Fernandes acha que Carlão deve continuar a abrir caminho. "O Braga funcionará como trampolim para outros grandes clubes", estimou.

 

"Pode chegar aos 15 golos"

Perseguir Hulk na lista dos melhores marcadores não está ao alcance de qualquer um e Carlão chegou a fazer parte dessa elite. Em Dezembro, quando o portista já somava 13 golos (terminou a época de 2010/11 com 23), o avançado do Leiria contabilizava nove disparos certeiros e, na opinião de Manuel Fernandes, será capaz de muito mais. "Jogando com regularidade, marcará, no mínimo, aí uns 15 golos", perspectivou.

 

Gérson Magrão negoceia rescisão com o Dínamo de Kiev

O que era impensável em Agosto terá pernas para andar em Janeiro, na reabertura do mercado de transferências: a contratação de Gérson Magrão a custo zero. O médio-ofensivo deixou de contar, em definitivo, para o técnico Yuriy Syomin e está prestes a acertar com o Dínamo de Kiev a rescisão do seu contrato, válido em teoria até 2014, tornando-se um jogador livre para assinar por qualquer clube. Falhado o empréstimo do brasileiro de 26 anos, o Braga resolveu avançar para a cedência de Mérida, pertencente aos quadros do Atlético de Madrid, mas a intermitência permanente de Mossoró poderá reacender o interesse em Magrão para um assalto em força à segunda volta do campeonato.

 

Alan e Elderson certos no onze

Poupados no jogo da Taça, frente ao 1º de Dezembro, Alan e Elderson devem reaparecer nos corredores do Braga contra o Maribor. Leonardo Jardim quer a equipa na máxima força numa das jornadas mais importantes da Liga Europa e ambos são encarados, nesta altura, como indispensáveis. Se por um lado a titularidade de Elderson ganha força face à lesão de Imorou; por outro, é igualmente certo que Baiano regressará à posição de lateral-direito, por troca com Rodrigo Galo.

Stephan Studer apita jogo com o Maribor

Stephan Studer foi o árbitro escolhido pela UEFA para apitar o jogo de amanhã entre o Maribor e o Braga, relativo à terceira jornada do Grupo H da Liga Europa. O juiz suíço tem 35 anos e é internacional desde 2009, tendo dirigido a 29 de Março deste ano o jogo particular entre Portugal e Finlândia (2-0, a favor de Portugal), disputado em Aveiro. Já no começo da época, a 27 de Julho, apitou a recepção do Benfica aos turcos do Trabzonspor, na primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que terminou com o triunfo da equipa portuguesa, por 2-0, com golos de Nolito e Gaitán.

O Jogo

 

Na semana em que o Sp. Braga pode dar um passo decisivo na sua qualificação para a próxima fase da Liga Europa, com um jogo na Eslovénia, os responsáveis bracarenses reforçam a necessidade de continuarem a faturar para além das provas nacionais. Esta consciência não é exclusiva do presidente e da administração, com a mensagem a ser também transmitida ao plantel. Treinadores e jogadores sabem que é proibido travar nesta autoestrada que na última época rendeu 18,7 milhões de euros em receitas, sendo mais que decisiva no balanço positivo de 5,2 milhões.

Esta época o Sp. Braga não está na Champions e já sabe que vai faturar muito menos, mas a estratégia passa por manter a máquina de calcular a funcionar com números positivos, potenciando receitas colaterais, como seja a bilheteira e, sobretudo, a valorização dos jogadores. O plantel tem uma avaliação contabilística de 5,55 milhões de euros, mas vale muito mais, pois esta conta diz respeito apenas aos valores de aquisição, como se reforça no último relatório e contas. Onde, aliás, o próprio António Salvador refere a necessidade de o Sp. Braga continuar à procura “de maior projeção nacional e internacional”, algo vital, como sublinha, “para o equilíbrio financeiro”. Um equilíbrio que pode ficar garantido se no final de dezembro o Atlético Madrid acionar a opção sobre Pizzi, acrescentando 15 milhões aos 7 milhões que já rendeu a transferência de Sílvio para o clube colchonero. Ou seja, o Sp. Braga pode garantir muito em breve mais um exercício muito positivo, valendo-se muito da sua projeção internacional.

Record

publicado por carlitos às 09:13

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab


2
3
4
8

9
12
14


25
27
29



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA