...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Quinta-feira, 13 de Outubro, 2011

Paulo Bento admite «vantagem» pela 2ª mão em casa

  • O selecionador frisa que a Bósnia esteve a um pequeno passo de garantir o apuramento e que a seleção está consciente do difícil ambiente que irá encontrar em solo bósnio.
Paulo Bento admite «vantagem» pela 2ª mão em casa

 

O selecionador de futebol Paulo Bento considerou hoje que Portugal poderá ter uma «ligeira vantagem» por jogar em casa frente à Bósnia-Herzegovina o segundo encontro do “playoff” de apuramento para o Euro2012.

«Já sabemos o ambiente que nos espera, poderemos ter alguma vantagem por jogar o segundo jogo em casa», afirmou Paulo Bento, em declarações à Antena1.

O treinador luso lembrou que a Bósnia-Herzegovina, tal como Portugal, «esteve muito perto» de conseguir o apuramento.

«A Bósnia esteve a poucos minutos de alcançar o primeiro lugar e causou muitas dificuldades à França, que acabou por vencer o grupo», disse o selecionador português, acrescentando: «Agora temos de fazer o nosso trabalho».

Paulo Bento, que esteve presente no sorteio do "playoff" realizado em Cracóvia, na Polónia, considerou que agora o essencial é que a equipa portuguesa analise o potencial individual e coletivo, classificando a Bósnia como uma seleção «com qualidade e algumas individualidades».

O selecionador português voltou a assumir a responsabilidade pela derrota na Dinamarca (2-1), que impediu Portugal de garantir a qualificação direta, e não quis comentar as recentes declarações de Carlos Queiroz, seu antecessor no cargo.

«No apuramento, ao fim de dois jogos, Portugal estava com um ponto, depois, em 18 possíveis, fez 15», disse Paulo Bento, acrescentando: «Não me peçam para assumir responsabilidades do que se passou antes de eu chegar».

Confrontado com algumas críticas ao setor defensivo, Paulo Bento considerou que o essencial é olhar para coletivo e não para o individual.

«Estamos a ir por um caminho que não é correto, estamos a focar-nos em alvos individuais, quando os nossos erros foram mais abrangentes, tanto no processo ofensivo como no defensivo», disse.

Portugal, que há dois anos garantiu frente à Bósnia-Herzegovina o apuramento para o Mundial2010, visita a seleção dos Balcãs a 11 ou 12 de novembro, e recebe-a a 15 do mesmo mês, provavelmente em Lisboa.

 

«Não era o adversário mais desejado»

O diretor desportivo da FPF pensa que o jogo com a Bósnia voltará a ser em Zenica, onde a seleção jogou no playoff de acesso ao Mundial 2010.

 
«Não era o adversário mais desejado»

 

O diretor desportivo da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) considerou hoje que a Bósnia não era o adversário mais desejado para o "playoff" de apuramento para o Europeu2012, embora Portugal tenha a vantagem de efetuar o primeiro jogo fora.

«Não é o adversário que mais desejávamos, mas há a mudança em relação ao último confronto, que é a vantagem de disputarmos o primeiro jogo fora. Vamos enfrentar um ambiente muito difícil», disse Carlos Godinho, em declarações reproduzidas na TSF.

O dirigente federativo referiu que ainda vai falar com os seus responsáveis da Bósnia, mas disse acreditar que o encontro se disputará em Zenica, no estádio Bilino Polje.

«Penso que o jogo será em Zenica, onde jogámos há dois anos. Lembro-me que as condições não eram as melhores, o relvado era um pantanal», referiu Carlos Godinho, recordando-se do "playoff" que ditou a presença de Portugal no Mundial da África do Sul, depois de ter vencido a equipa bósnia por duplo 1-0.

Em relação ao embate em Portugal, Carlos Godinho disse que o palco do jogo ainda não está decidido, referindo apenas haver um entendimento inicial de que será em Lisboa, mas que a decisão deverá ser anunciada ao final da tarde de sexta-feira, após reunião de direção.

 

 

 

Nuno Gomes: «Acredito que este ano vai ser mais difícil»

 

O avançado do SC Braga, Nuno Gomes, esteve ao lado de João Moutinho no NorteShopping, em Matosinhos, numa iniciativa de uma marca desportiva, e deitou um olhar sobre os dois jogos que Portugal vai ter disputar frente à Bósnia-Herzegovina, no play-off rumo ao Campeonato da Europa de 2012, na Polónia e na Ucrânia.

 

Instado a comparar o duelo de há dois anos com o do próximo mês, Nuno Gomes diz que agora será bem mais complicado: «Acredito que este ano vai ser mais difícil. A nossa equipa não é a mesma e eles estão mais experientes», referiu o camisola «21» de Portugal e antigo capitão da selecção das quinas.

 

Ainda assim, Nuno Gomes aceita que Portugal é favorito, embora isso tenha de ser provado em campo: «Teoricamente somos mais fortes, temos melhores individualidades, mas teremos de o demonstrar dentro das quatro linhas», rematou.

Por SAPO Desporto c/ Lusa

publicado por carlitos às 15:13

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Outubro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab


2
3
4
8

9
12
14


25
27
29



ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA