...onde o facto pactua com a verdade... sempre!!!

contador
Terça-feira, 23 de Agosto, 2011

Arranque habitual alimenta o enguiço

De que forma deve ser analisado o arranque do Braga na Liga? A pergunta tem várias hipóteses de resposta, dependendo sempre do ponto de vista. O adepto mais exigente dirá que os arsenalistas perderam dois pontos, pois encostaram o Rio Ave à parede, tiveram várias oportunidades para lhe dar o golpe fatal, mas nunca atinaram com a pontaria. O mais benevolente entendê-lo-á como a conquista de um ponto, uma vez que, historicamente, a equipa bracarense não costuma ser feliz no estádio dos vila-condenses, no qual não ganha desde 2005/06. O enguiço dos "Arcos" parece estar, por isso, para durar e desta vez foi alimentado por uma tradição associada a Leonardo Jardim. É que em sete temporadas como treinador principal, o madeirense só conseguiu vencer por uma vez na primeira jornada de um campeonato. E foi já em 2005.
Seja como for, ao Rio Ave deve ser atribuído o mérito de não ter perdido a compostura a defender. Mesmo nos períodos de maior aperto do Braga, os vila-condenses nunca se desorganizaram e contribuíram para o apagão de Nuno Gomes, Meyong e Lima (também passou pelo centro do ataque). As únicas intervenções mais exigentes para Paulo Santos surgiram na sequência de acções de Alan e Pizzi, os grandes dinamizadores do ataque arsenalista, daí que a subtracção do português na parte final do jogo tenha merecido muitos assobios por parte dos adeptos.
Antes de ser encostado às cordas, o Rio Ave ainda foi capaz de pregar alguns sustos a Quim, que voltou ontem à competição, um ano e três meses depois de ter realizado o seu último jogo oficial. A estratégia foi quase sempre a mesma: transições rápidas e eficazes, aproveitando o espaço resultante do balanceamento da equipa de Leonardo Jardim para o ataque, cabendo ao Braga a missão de definir as jogadas. Na primeira, o multifacetado atacante acertou no poste; na segunda, obrigou o guarda-redes bracarense a aplicar-se para evitar um golo que, como se perceberia depois, nunca viria a aparecer.
Ainda assim, não foi por falta de tentativas que o Braga surgiu mais rápido após o intervalo. Para isso foi fundamental Imorou, cujas incursões pelo flanco esquerdo criaram inúmeras dificuldades a Zé Gomes e companhia. Jardim gostava do que via, mas queria mais e, por isso, lançou Mossoró, Meyong e Hélder Barbosa, alterações às quais respondeu Carlos Brito com a entrada de Tiago Costa para o lado direito. Objectivo: travar o lateral bracarense e o reforço do meio-campo. As ameaças mantiveram-se até ao fim, mas tiveram o mesmo resultado do jogo: nulo.

Rio Ave 0-0 Braga
Jogo no Estádio do Rio Ave FC, em Vila do Conde.
Assistência: Cerca de 4.500 espetadores.
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa).
-
Rio Ave
Paulo Santos, Zé Gomes (Rafinha, 80), Gaspar, Jeferson, Tiago Pinto, Wires, Vítor Gomes, Braga (Jorginho, 65), Saulo, João Tomás e Pateiro (Tiago Costa, 59).
(Suplentes: Huanderson, Tiago Costa, Dinei, Rafinha, Gilmar, Jorginho e Éder).
Braga
Quim, Baiano, Paulo Vinicius, Ewerton, Imorou, Djamal, Pizzi (Hélder Barbosa, 85), Hugo Viana, Alan, Nuno Gomes (Mossoró, 65) e Lima (Meyong, 75).
(Suplentes: Berni, Nuno Coelho, Vinicius, Mossorá, Hélder Barbosa, Meyong e Salino).
-
Acção disciplinar: Cartão amarelo para Tiago Pinto (60), Saulo (90+4).


Filme do jogo

2'
Braga acerta no poste.
24'
Pizzi tira Gaspar do caminho, entra na área e remata para uma boa defesa de Paulo Santos.
36'
Braga recebe a bola na esquerda, flecte para o meio e dispara. Quim voa para lhe negar o golo.
41'
Remate fraco de Lima que Paulo Santos encaixa facilmente.
45'
Canto de Hugo Viana na direita. Paulo Vinícius sobe bem, mas atira por cima.
52'
Imorou ganha em velocidade a Saulo e cruza largo para Alan, que cabeceia na direcção da baliza. Paulo Santos afasta em cima da linha.
55'
Alan tenta surpreender Paulo Santos com um chapéu, mas o guarda-redes, atento, defende para fora.
73'
Mossoró liberta-se de dois adversários na esquerda e serve Pizzi, que atira fraco.
90'+3'
Paulo Santos, na derradeira tentativa do Braga, desvia o tiro de Hélder Barbosa.


Braga um a um

Quim 5
Ao pouco trabalho que lhe passou pelas mãos deu a resposta adequada.

Baiano 5
Muito discreto nas subidas para dar maior atenção ao que Braga andou a fazer no seu flanco.

Paulo Vinícius 5

Um cabeceamento a sair por cima da baliza do Rio Ave, a fechar a primeira parte, reforçou uma actuação segura no eixo defensivo.

Ewerton 5
Tranquilo e com disposição para pôr a bola a circular.

Imorou 5
Nota-se que tem predisposição para dar profundidade ao flanco esquerdo.

Djamal 5
Mais aguerrido na contenção do jogo, ajudou a travar o crescimento do meio-campo do Rio Ave na primeira parte.

Hugo Viana 5
Teve alguns dificuldades, mas acabou por acertar os ponteiros para impor a ordem no centro do terreno. Mas isto só depois do intervalo.

Alan 6
Carregou o jogo ofensivo, sobretudo na primeira parte, na procura de espaços para criar oportunidades na área adversária. Foi ele, aliás, quem gizou o lance do primeiro sinal de perigo do Braga. E, na segunda etapa, ainda teve fôlego para assinar, com três minutos de diferença, duas excelentes ocasiões.

Lima 4
Um remate e pouco mais saiu dos pés de um jogador ainda em fase de adaptação à ala-esquerda.

Nuno Gomes 3
Abandonou o relvado sem glória, restando-lhe de consolo uma jogada de combinação com Pizzi aproveitada num remate de Lima.

Mossoró 5
Completou o jogo 100 em Portugal e trouxe maior mobilidade ofensiva, precisamente no período de crescimento da equipa.

Meyong 2
Era suposto que criasse mais oportunidades, pois foi para isso que entrou.

Hélder Barbosa -

Um remate ao cair do pano ilustrou os cerca de cinco minutos do seu jogo 100 na I Liga

A figura: Pizzi 6
Luz apagou-se aos 85'


Fosse na direita, onde se postou no início; fosse na esquerda, para compensar a saída de Lima, Pizzi deu largas à imaginação e iluminou um ataque sem soluções. Criou a primeira oportunidade do Braga (24') e correu léguas a tentar encontrar o buraco da agulha.


Pizzi
"Só faltou o golo"


Pizzi, o melhor em campo, gostou da exibição do Braga, ainda que tenha reconhecido que a sua equipa "entrou com alguma ansiedade". "Praticámos bom futebol, trocámos a bola durante a maior parte do jogo e só faltou finalizar", comentou o extremo.


Leonardo Jardim
"Faltou-nos capacidade de finalização"


Ainda não foi desta que o Braga quebrou o enguiço em Vila do Conde. Leonardo Jardim queixou-se da ineficácia dos seus jogadores. "O Braga, neste momento, em termos de opções ofensivas, só tem os jogadores que foram aqui apresentados. Estamos limitados, mas temos a noção que devemos acrescentar mais unidades ao plantel. O grupo e os associados vão ter de perceber que vamos encarar estes jogos com este lote de soluções. Não foi por falta de atitude que não vencemos", relatou. O Braga mudou da primeira para a segunda parte, "altura em foi extremamente dominante. Não deixámos o adversário entrar no nosso meio-campo, mas faltou-nos maior capacidade de finalização", observou Jardim. Quanto aos assobios pela substituição de Pizzi, interpretou-os como sinal de carinho. "É normal que os sócios queiram vê-lo dentro de campo", rematou.


Chelsea na bancada

O jogo em Vila do Conde atraiu prospectores de vários pontos da Europa. O mercado está aberto até ao final deste mês, e, nesse sentido, Chelsea, Everton, Anderlecht e Metz passaram por Vila de Conde em busca de potenciais reforços que o Rio Ave ou o Braga possam oferecer.


Young Boys no estádio

Olheiros dos Young Boys, adversário do Braga no play-off da Liga Europa, estiveram em Vila do Conde para actualizarem as informações sobre os bracarenses, com vista ao jogo de quinta-feira. Benfica, Guimarães, Académica, Nacional, Setúbal e Feirense também espiaram.

 

Como na devida altura não foi possível apresentar coentários e outros dados ao jogo dos Arcos, em Vila do Conde e que significou oi arranque de mais uma edição da Liga Zon Sagres, e porque mais vale tarde que nunca comm um único objectivo de  dar a conhecer ao leitor todas as partidas do SCB nesta época quer no plano nacional, como no internacional, e recorrendo a uma das fontes por nós usada, são poucas como poucas são as vezes ainda e sempre sob o objectivo de um informar. BOA ÉPOCA para TODOS!!!

CAR

publicado por carlitos às 03:29

Outra Cidade de Braga
mais sobre mim
Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

16
17
18
19

22
27

30


ELEVADOR DO BOM JESUS DO MONTE
pesquisar
 
últ. comentários
ola Sílvia.Como amigo que fui do Mário, não podia ...
Olá Carlos!Peço imensa desculpa por não ter respon...
Força Sporting!!! Vamos ganhar Zurich!!!!
Se foi apanhado nas malhas do doping só terá de pa...
Creio que virá a ser uma grande jogador!! já tinha...
É bom ver que grandes marcas como a HP têm em cont...
Será verdade? Este Alan gosta muito de picar o Jav...
Sinceramente acho que este senhor ficou tempo dema...
Poderíamos ter uma equipa já apurada para a próxim...
Vale é que muitos pais avós (agora promovidos a am...
LARGO do PAÇO BRAGA
BRAGA
JARDIM SANTA BÁRBARA - BRAGA
BANCO DE PORTUGAL - BRAGA
SC BRAGA
Outra Cidade de Braga
VICE-CAMPEÃO NACIONAL
ESTÁDIO AXA